A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/10/2013 08:40

Motociclista morre atropelado por carro que invadiu pista contrária

Bruno Chaves e Graziela Rezende
Segurança voltada do trabalho quando foi atingido (Foto: João Garrigó)Segurança voltada do trabalho quando foi atingido (Foto: João Garrigó)
Vítima teve traumatismo craniano e lesão cervical (Foto: João Garrigó)Vítima teve traumatismo craniano e lesão cervical (Foto: João Garrigó)

Na volta do trabalho, o segurança Cleder Batista dos Santos, 31 anos, morreu após ser atingido por um veículo que trafegava em alta velocidade na BR-163, Anel Viário de Campo Grande. O acidente ocorreu por volta das 7h30 de hoje (27).

Veja Mais
Homem sem habilitação atropela e mata motociclista na Capital
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

A vítima pilotava uma moto e foi atingida por um Ford Mondeo, que invadiu a pista contrária em uma curva.

Segundo a médica plantonista do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Cleder sofreu traumatismo craniano encefálico grave e lesão cervical grave, devido a força da colisão. No local, era possível ver massa encefálica espalhada.

O piloto do carro, com placas de Terenos, José Vitório da Silva, 51, informou que seguia para o trabalho na BR-163, sentido saídas Três Lagoas/São Paulo.

“Fui fechado por uma carreta e o motoqueiro entrou na minha frente”, relatou. Ele não apresentou documentação e a polícia ainda investiga se ele possui CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

A vítima estava retornando do trabalho em uma moto YBR/Factor, informou a polícia. Cleder seguia na direção contrária.

Outra versão – De acordo com Cleferton Fernandes Castro, 35, que presenciou todo o acidente, o motorista do Mondeo vinha fazendo ultrapassagens perigosas desde a altura do viaduto da BR-163, na saída da cidade para Três Lagoas.

A testemunha contou que dirigia um carro e foi ultrapassada por José Vitório. “Ele foi fazer ultrapassagem da carreta na curva, perdeu o controle da direção, invadiu a pista contrária e atingiu o motociclista”, afirmou.

Os bombeiros estão no local sinalizando o trânsito. O tráfego flui normalmente, apesar de estar lento por causa de curiosos.

O sargento do Corpo de Bombeiros que atendeu a ocorrência afirmou que embora o motorista estivesse com os olhos avermelhados, não foi necessário realizar teste de alcoolemia, já que ele não estava com odor etílico.




UM GRANDE AMIGO, PARCEIRO TINHA FALADO COM ELE UMAS HORAS ANTES SO FICA NA LEMBRANÇA AQUELA RISADA EXTRAORDINARIA QUE ALEGRAVA QUALQUER UM, VAI COM DEUS AMIGO . AO CONFORTO PARA FAMILIARES
 
ANDREI SOUZA OLIVEIRA em 28/10/2013 19:21:53
Fatalidade Juliana Cabrera????? Nunca, a partir do momento que a pessoa decide beber e posteriormente assumi a direção de qualquer meio de locomoção, está assumindo totalmente o risco de cometer um crime, na minha opinião, de forma dolosa, pois sabia que não tinha condições de dirigir. Fatalidade é muito diferente disso!!!! Este senhor não tem noção do desastre que ele causou para esta família!!!
 
Karen Rezende em 28/10/2013 09:38:44
Conheço o senhor José Vitorio há muitos anos. O pior de tudo é saber que o vício causou toda essa tragédia, duas famílias completamente destruídas. E não adianta nenhum 'dono da verdade' dizer o contrário! Essa Porcaria de bebida tem causado dor e sofrimento a muitas famílias. O certo seria a proibição de bebida alcoólica para toda a população, aí sim essas tragédias quem sabe se reduziriam e não teríamos que ler reportagens como essas. Antes de julgar e condenar, é preciso lembrar que muito próximo de nós sempre existe alguém que bebe, e que também pode ser causador de uma fatalidade como essa.
 
Juliana Cabrera em 28/10/2013 09:16:39
E muito triste isto por que um irresponsável mata um trabalhador pai de família nada vai acontecer com ele! deveria sair algemado direto pra cadeia e com responsabilidade de dolo! por quem dirige assim tem intenção de matar. mas nossa justiça e branda e protege o infrator.
 
Silas Nunes em 28/10/2013 08:20:04
Assinem a petição Nãofoiacidente.com e vamos tentar por um fim nestes crimes de trânsito>
 
cleidiane mendes em 27/10/2013 20:19:14
Nossa, muito triste. Mais uma estrelinha no asfalto de Campo Grande, olha... sem palavras. Veja mais sobre o rapaz no link http://estrelanoasfalto.com.br/place/cleder-batista-dos-santos/
 
Aline Silva em 27/10/2013 18:46:36
Rapaz e pra ficar indignado com um negocio desses, tinha que pegar um motorista desse e arrepiar pq a lei nossa não vai acontecer nada com esse irresponsável. cleder um cara hiper trabalhador, vai em paz
 
humberto bueno em 27/10/2013 17:19:06
Passei pelo local na hora do acidente, muito triste ver um trabalhador morrer por causa de pessoas irresponsáveis.
 
Rosilene Alves de Oliveira em 27/10/2013 16:04:43
Aqui no Brasil nós só teremos um trânsito mais humano no dia em que os assassinos do volante forem punidos, como qualquer outro assassino. Eu nunca entendi porque, quem mata usando um automóvel, não precisa responder pelo crime ou, quando isso ocorre, é enquadrado em artigos do CP que nem dão cadeia. Por quê dirigir sem CNH não é crime, como é nos países civilizados? É preciso uma mudança urgente da legislação e do judiciário, para que os assassinos motorizados também respondam por seus crimes...
 
Adriano Roberto dos Santos em 27/10/2013 13:08:14
Concordo contigo caro Samuel Gomes, esta passando da hora de darmos um basta nesses absurdos que ocorrem tanto nas Brs como nas ruas.
Meus sinceros sentimentos aos familiares desse trabalhador, que teve uma morte tão estúpida.
 
Neyde de Oliveira em 27/10/2013 12:07:35
é sempre assim, sabado dia 19 de outubro, estando parado no semáforo da candido mariano quase esquina com a rua vasconcelos fernandes, quando derepente um motoqueiro bateu na lanterna traseira do lado do passageiro e rodopiando pela divisa das faixas tambem atingiu um ônibus que passava na outra faixa e vindo parar atingindo meu carro, resumindo, tanto o condutor da moto como o condutor do primeiro carro envolvido se evadiram, e os policiais disseram que nao podiam mandar multa por evasão, uma vez que isso seria o correto. não deu em nada,
INFELIZMENTE ESSE É O NOSSO PAIS, PAIS DA IMPUNIDADE.
 
gedson almeida santos filho em 27/10/2013 11:27:10
Todo errado, todo irregular, com um carro velho, vai indenizar como, com a sucata?
 
Marco Aurélio em 27/10/2013 10:55:07
Esperamos que essa testemunha segure o rojão, motorista irresponsável, tem que ser punido com todo do rigor da lei, conversa fiada dele não pode prevalecer .
 
geraldo cançado em 27/10/2013 09:48:56
Um cara desse deveria sair dali algemado e não ficar querendo justificar o homicídio que cometeu e que matou um trabalhador. Somente na segunda ou terça feira a policia vai investigar se ele possui CNH até lá ele já escapou do flagrante. Estamos cansados de ver esses ases do volante fazendo loucuras nas BRs com suas possantes caminhonetes e carros de luxo. mais um caso que não vai dar em nada.
 
samuel gomes-campo grande em 27/10/2013 09:17:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions