A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

06/08/2011 09:26

Motociclistas morrem e duas pessoas ficam feridas em 3 acidentes na Capital

Ângela Kempfer

Vítima morreu no Aero Rancho e outro acidente destruiu carro na Bandeirantes

Acidente na Bandeirantes deixou duas pessoas feridas. (Foto: Simão Nogueira)Acidente na Bandeirantes deixou duas pessoas feridas. (Foto: Simão Nogueira)

Dois motociclistas foram vítimas de acidentes na madrugada deste sábado em Campo Grande. Um morreu na hora e outro a caminho do posto de saúde.

Por volta das 5 horas da manhã, Carlos Cesar dos Santos Lopes, de 29 anos, voltava para casa de moto quando perdeu o controle do veículo e bateu em um poste de iluminação.

O acidente ocorreu na rua Thirson de Almeida, esquina com avenida Rachel de Queiroz, no Conjunto Aero Rancho.

Com o impacto, o capacete quebrou a trava de encaixe e se desprendeu. Carlos acabou batendo a cabeça no poste de concreto.

A vitima chegou a ser socorrida pelo SAMU e encaminhada ao Posto de Saúde do Bairro Aero Rancho, mas não sobreviveu.

O irmão, Aldenir Lopes, estava na garupa e saltou ao perceber que haveria a colisão e teve apenas arranhões nas pernas.

Outro motociclista morreu na hora, no bairro Pioneiros. Douglas Roberto Cansado de Brito, de 18 anos, morreu na rua Luiz Pereira. Ele dirigiaa moto quando foi atingido por um carro.

Os dois seguiam no mesmo sentido da via, mas a Polícia ainda não sabe informar qual o motivo do acidente.

Feridos - Pouco antes, às 4h40 da manhã, outro acidente fez duas vítimas na avenida Bandeirantes.

Segundo a Ciptran (Companhia Independente de Trânsito), o motorista de um Gol perdeu o controle do veículo e bateu em um poste.

O acidente ocorreu quase na esquina com a rua Santa Helena. O condutor e a pessoa que estava ao lado foram encaminhados à Santa Casa com ferimentos graves.

A Polícia acredita que o veículo, com placas de Campo Grande, chegava de viagem e o motorista dormiu ao volante.




TRÂNSITO. ESTÁ FICANDO UM ABSURDO EM CAMPO GRANDE, CADA DIA MAIS.
MAS O INTERESSANTE É QUE A MAIORIA DA S PESSOAS, CONDUTORES, CRITICAM OS EQUIPAMENTOS ELETRÔNICOS, CHAMAM DE INDUSTRIA DE MULTAS, O QUE EU NÃO CONCORDO. ACHO QUE MUITOS DESSES ABUSOS OCORREM MESMO PELA FRACA FISCALIZAÇÃO E PUNIÇÃO, MULTA SIM, TEM QUE DOER NO BOLSO, AÍ SIM PODEREMOS VER MELHORAS. QUER VER UMA PROVA DISSO, NOS SEMAFOROS, 8 EM NOSSA CICADE, QUE CONTROLAM O AVANÇO, A FAIXA DE RETENÇÃO, E A VELOCIDADE, NÃO TEM OCORRIDO ACIDENTES, NEM ABUSOS OU DESRESPEITOS A SINALIZAÇÃO. E POR QUE??? BOLSO, MULTA, AÍ SIM OS INFRATORES RESPEITAM.
 
ROBERTO NABUCO em 09/08/2011 05:21:33
é muito fácil descobrir o problema, basta andar pelas ruas, a pessoa tira carteira, mas não aprende, nem dirigir nem pilotar, o que é mais importante...
 
absinto predador em 08/08/2011 09:52:32
Tenho moto a 7 anos e tenho 27 anos, nunca sofri acidente algum de moto. O que acontece é simples os acidentes acontecem de madrugada depois ou antes das festinhas. Se o motoqueiro andar sabendo que algum loco vai cortar sua frente ele não se acidentará. Sempre ande esperando a cagada dos outros que vc se da bem!
 
Nicolas Piero Campestrini em 07/08/2011 12:16:32
Aproveitando o assunto "acidente de trânsito", no anel viário que liga a saída de Sidrolândia ao Indubrasil, proximo a primeira ponte, sentido Sidrolandia/indubrasil, existe um depressão, bastante significatica, no alfalto e no sentido contrário, existem três depressões bem acentuadas e seguidas, fazendo com que, mesmo dentro do limite de velocidade da via, Caminhões 80km/h e veículos de passeio 110km/h, o carro balança muito tendendo a sair da Br. É lógico que quem já conhece o local se previne antes, porém a possibilidade de acidente é evidente. Será que vão esperar acontecer, para corrigir o defeito na pista?
 
Celso Souza Martins em 07/08/2011 10:40:54
O momento em que vivemos traz grandes oportunidades de adquirirmos motos e carros
e a visão dos jovens de curtirem a vida as vezes acaba trazendo trajedias as suas familias.Os acidentes não possuem causa unica,eles acontecem apos uma sequencia de falhas,falta de fiscalização,abuso de velocidade,consumo de bebidas alcoolicas e condutores despreparados,não consigo acreditar que um jovem que adquire uma moto aos seus (18) dezoito anos tem capacidade suficiente de pilotar neste transito de Campo Grande,trabalho com moto a (11) onze anos e percebo a dificultade de trafegar nas ruas e avenidas,não existe respeito de ambos os lados motos e carros, a competição é clara por um espaço sempre a frente e a falta de paciencia é total,fica meu pedido aos condutores de moto,que ao ler esta noticia tenham mas prudencia e cuidado com a sua propria vida,para que não sejam noticia de acidente nos jornais de nossa capital.obrigado e vamos celebrar a vida..
 
Paulo Dantas em 07/08/2011 10:18:19

Acho que a imprudência e a falta de educação no trânsito são os dois principais ingredientes para a ocorrência de tragédias diárias. Hoje, no final da tarde, sai de casa e fui visitar uns parentes. Ao percorrer a Rua 26 de agosto desde a Av Bandeirantes até o cruzamento com a Rua Rui Barbosa, eu parei em todos os cruzamentos, devido aos sinais estarem vermelhos. Mas, os carros que passavam ao meu lado, não paravam e seguiam, cometendo as infrações à regra básica do tânsito. Um veículo gol branco, cruzou pelo penos dois sinais vermelhos. E se viessem outros veículos nos cruzamentos?
E a moto que anda encima da faixa que divide as pistas? vc não sabe se ela vai cruzar na tua prente prá direita ou prá esquerda? Eu tenho medo, não cruzo o sinal vermelho e dirijo a 32 anos em Campo Grande. Já vi muitos acidentes horríveis com pessoas jovens, na flor da idade. Quando é que os destemidos vão passar a ter mais cuidado? Nunca.
 
João F. Lopes em 07/08/2011 08:13:05
Caro Sr. José Pereira Filho.
Nos dias que correm não cabe este tipo de pensamento,
"... dificultarem a habilitação para motociclista e também a venda de motos. Imaginem como será nosso transito daqui a uns 10 anos.

JOSÉ PEREIRA FILHO em 06 de agosto de 2011 - sábado às 14:38
O fato de as pessoas não saberem conduzirem é parte responsabilidade dos governantes sim, pois não há rigor na lei nem fiscalização nas escolas de condução, não é dificultando a aquisição de CNH que se resolve o problema, mas ajudaria muito se aumentassem as exigências na perícia em condução e conhecimento do código de transito brasileiro dos alunos, porque o que vemos são centros de formação de cadáveres, e uma fabrica de dinheiro, quantos mais passarem rapidamente mais dinheiro em caixa, pois tem que desocupar o lugar para o próximo "aluno". a questão sobre dificultar a compra de motos, isso não cabe na cabeça de ninguém, não podemos andar para traz.

 
Silmar oliveira em 07/08/2011 04:50:26
Precisa ter blitze nas madrugadas, principalmente , sexta e sabado, são muitos os motoristas embriagados e dirindo perigosamente, diminui as blitze durante o dia, e aumenta a noite por um período, e veremos as estátisticas mudarem..vces estão visando os trabalhadores somente...!!!
 
daniela rodrigues em 07/08/2011 02:37:36
Deveriam proibir a venda e fabricação deste veículo.
 
Antonio Marques Lucas em 06/08/2011 12:06:17
na esquina da thirson com raquel de queiroz, existe um grande desnivel no asfalto, sempre que passo nesse trecho tem que reduzir bastante senão é acidente na certa. é um perigo mesmo, a prefeitura deveria refazer o asfalto retirando esse desnivel.
 
pedro cabanhas em 06/08/2011 11:04:04
NEM SUÉCIA NEM PROIBIÇAO DE PRODUÇAO OQUE TEM QUE SER FEITO É UMA AÇAO CONJUNTA DETRAN, POLICIA MILITAR, CIPTRAN CADE O SISTEMA QUE LIGA UMA CONCESSIONARIA AO DETRAN E QUANDO CHEGA ALGUEM SEM HABILITAÇÃO E COMPRA UMA MOTO A 1 REAL E SAI COM A TAL TODA DOCUMENTADA E EMPLACADA MAS NAO PEDEM HABILITAÇAO DE QUEM ESTA COMPRANDO!! POR FAVOR VAMOS FAZER ESTA CAMPANHA PARA QUE ESTE PROGRAMA SEJA CRIADO!! E QUEM MAIS É DE DIREITO, BLITZ NAO ADIANTA, DESNIVEL NA RUA NAO É CULPA DE NADA!! PARA PERDER O CONTROLE DA DIREÇÃO BASTA PISCAR ENQUANTO SE ESTA ACIMA DA VELOCIDADE PERMITIDA AINDA MAIS NAS RUAS DE UM BAIRRO!! NAO SEI SE ESTAVA INDO TRABALHAR OU CHEGANDO DE ALGUMA FESTINHA MAS COM CERTEZA DEVAGAR NAO ESTAVA!! ENQUANTO SONO E DIREÇÃO, SERÁ QUE PRECISAMOS FICAR OUVINDO QUE SE FOR FAZER UMA VIAJEM LONGA AO SENTIR QUE NAO ESTA EM CONDIÇÕES ENCOSTE EM UM POSTO MAIS PROXIMO E DESCANSE?? SERÁ QUE PRECISAMOS FICAR DISCUTINDO SOBRE ESTAS COISAS QUE SAO A PRIMARIA DE QUEM SE MATRICULA EM UMA AUTO ESCOLA?? VELHOS JOVENS CONDUTORES POR FAVOR, MOTO NAO É JATINHO!! E CARRO DE PASSEIO NAO É "FERRARI"!! TRISTEZA!!
 
carlos damasceno em 06/08/2011 10:24:20
É muito triste e doloroso ver nossos jovens morrendo de forma tão violenta no trânsito.
Conheciamos o jovem Douglas,um menino educado e carinhoso. Que Deus
conforte o coração da mãe,familiares e amigos.São os sentimentos da Família Trindade.
 
Giselle Trindade em 06/08/2011 10:18:30
O incrível é ver além da falta de educação e preparo no transito, como alguém andando sozinho as 5 da manha consegue acertar um poste de moto, me desculpem os familiares e amigos, mais isso é muita falta de competência ao pilotar motos em Campo Grande, e de carro a mesma coisa bater sozinho em um poste, só se estiver acima da velocidade segura para a via, gente VAMO ACORDAAAAA, não custa nada andar comum pouco de paciência povo!!!!!....
Será que estou errado em ter um pouco de bom senso???
 
Oswaldo Benites em 06/08/2011 10:04:16
Pode se dizer que a falta de fiscalização,causa acidentes,pergunto aos senhores até quando vamos culpar os outros por nosso ERRO,SE A VELOCIDADE FOR COMPATIVEL COM A VIA ATÉ PODE ACONTECER O ACIDENTE MAS NÃO VAI SER DE MORTE EM PELO MENOS 90%.AGORA ALTA VELOCIDADE NÃO MERECE DISCULPAS.
 
LUIZ CARLOS em 06/08/2011 08:42:57
Tá faltando é EDUCAÇÃO .... CONCIÊNCIA.... RESPEITO .....PRUDÊNCIA.......ATENÇÃO....PACIÊNCIA...., simlesmente adquire-se um veículo e lança-se às avenidas como ases, ou contempladores da esquerda, sim porque aqui pista da esquerda é a mais lenta , e retornos em canteiros dando-se de cara com outro na mão dele, VICHIII é o que tem, largas avenidas na madrugada transforman-se em pistas da gurizada que sai prá balada , BALADA, sei lá o que é, mas imagino. Há quem culpem os veículos, NUCA VI NENHUM SEM MOTORISTA .... quer saber.... TA É FALTANDO PAI, MÃE , TIO, AVÓ , seja-o AGOOOORA.......JÁÁÁ.
 
Hennois D Karanowa em 06/08/2011 08:30:39
Fiscalizem sim, mas não abram a caça as bruxas igual estão fazendo contra as motos. Esquecem as autoridades de trânsito que também temos mal condutores em seus carros, os quais não respeitam as Leis e agem como se estivessem dirigindo em uma fazenda. Jogam seu veículo para cima dos outros, não dão seta ao mudar de direção e o principal andam em velocidades extremas nas ruas, ou seja tanto para acima da velocidade permitida, quanto para menos da metade permitida, o que também é infração. E cuidado, próximo aos terminais de ônibus essas são atribuições de alguns "motoristas".
 
Antonio Ton em 06/08/2011 07:13:00
mas por que o placar da vida não zerou se esse acidente foi aqui em campo grande ?
 
luciana brito em 06/08/2011 04:12:42
esse acidente da av bandeirantes eu passei por lá e vi a policia averiguando a ocorrencia!
agora pouco antes na av marechal deodoro existem conveniencias cheias de jovens todos visivelmente embreagados e sinto muito a patrulha policial passou na frente e nem parou, tudo bem que não era do transito mas, vamos coibir para que não aconteça o que esta descrito na manchete, casos de acidentes......
não estou falando mau da policia, pelo contrario eles são fundamentais na segurança, mas se quiserem eles tiram esses irresponsaveis de circulação!
 
Anderson Silva em 06/08/2011 04:10:39
E muito triste mesmo ver os jovens se acabando...Existem jovens que acham que podem pegar o veiculo e sair por ai em alta velocidade furando sinais...ontém mesmo por volta das 23h voltava com a minha familia de carro na av costa e silva quando uma motociclista de biz, aparentava ser adolescente ainda furou o sinal vermelhoso e atravessou na frente do meu carro., deia uma freiada brusca para não atropela-lha, mais o outro ao meu lado quase a derrubou, ela sai simplesmente como se nada tivesse acontecido e ainda rindo..é pra acabar...
 
Eliane Lima em 06/08/2011 03:58:51
Até quando ficaremos lendo notícias como estas em Campo Grande, as pessoas fazem dos seu veículos verdadeiras armas, nas ruas, armas que matam nossos jovens, nossas crianças e deixam pais e filhos orfãos. Acho que a com a melhora da econômia cresceu muito o número de veículos nas ruas. Acho que antes das pessoas se preocuparem em adiquirir um carro ou uma moto deveriam primeiro tirarem a habilitação ter a conciência que o trânsito não é somente pegar seu veículo para o lazer ou trabalho, é preciso ter atenção e conhecimento nas regras de transito, e ter preocupação com a própria vida e com a vida das outras pessoas, afinal todas as familhas querem seus entes queridos de volta pra casa sãos e salvos todos os dias.
 
Edna X. Silva em 06/08/2011 03:20:44
Não sei se foi o caso, mas precisamos de fiscalização, motoristas que não respeitam, "motoqueiros" imprudentes, pessoas que dirigem como se estivessem sozinhas na rua, vem devagar e quando o sinal amarela acelera para atravessar, e assim vai.CG necessita urgentemente de educação no trânsito.a cidade cresceu e a maioria das pessoas agem como se tivessem andando numa cidadezinha de interior
 
Caio Prado em 06/08/2011 03:15:16
Nossos representantes devem criar e melhorar meios de transporte em todo Estado e dificultarem a habilitação para motociclista e tambem a venda de motos. Imaginem como será nosso transito daqui a uns 10 anos.
 
JOSÉ PEREIRA FILHO em 06/08/2011 02:38:04
Isso não é fatalidade. Já é previsto isso. Observem as idades,.. 18, 19...25, 29anos. A estatística mostra isso. Jovens estão se matando. Por dia são mais de 20 BOs de acidentes de trânsito. Cerca de 90% são de acidentes de motos. Tenho acompanhado todas as notícias sobre acidentes. isso acontece porque tem sempre alguma cervejinha, wiskinho... festinhas, se pudessem fazer o teste de alcoolemia em todos, veriam que tem tudo a ver. Esse talzinho, parece que dá coragem pros jovens se mostrarem, e dizerem, eu sou o melhor, nada vai acontecer comigo... !! e por aí vai. E mais uma vez, o placar da vida é zerado!!! Infelizmente. Meus sentimentos às famílias, que hoje amanheceram tristes.
 
Marcelo Max em 06/08/2011 02:15:03
É incrível mesmo! Como a falta de atenção e capacitação podem levar a acidentes estúpidos como esses? Ou TODOS tomam uma atitude que tenha futuro ou muitos ainda morrerão. A Suécia, no início dos anos 90 tinha os mesmos problemas e hoje são exemplo de EDUCAÇÃO no trânsito. É só educação que previne acidentes. É capacitação real de motoristas e órgãos de fiscalização.
 
Luis Otmar em 06/08/2011 01:02:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions