A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

24/07/2013 09:19

Motorista bate caminhão em árvore e destrói baú a 50 metros de casa

Graziela Rezende
Vários sacos de ração rasgaram com o acidente Foto: Marcos ErmínioVários sacos de ração rasgaram com o acidente Foto: Marcos Ermínio
Lataria do baú ficou totalmente destruída. Foto: Marcos ErmínioLataria do baú ficou totalmente destruída. Foto: Marcos Ermínio

Um caminhão da marca Iveco, placa NRW 2261, carregado com 6,5 mil quilos de ração animal, perdeu o baú ao colidir com uma árvore no cruzamento das ruas Albert Sabin com a Califórnia, no bairro Caiçara, em Campo Grande. O acidente ocorreu na madrugada desta quarta-feira (24) e destruiu totalmente a parte de cima do veículo, causando um prejuízo de ao menos R$ 16 mil, de acordo com o proprietário.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas aderem a protesto e se unem contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

“Saí de casa às 5h15 da manhã para ir para Três Lagoas entregar os produtos. Estava escuro e andei apenas meia quadra. Quando escutei o estrondo, parei o carro, mas o baú já estava inteiro amassado e no chão”, disse o motorista Edemilson de Jesus Magalhães, 36 anos.

Há 16 anos na estrada, ele conta que é a primeira vez que passou por aquela rua com o caminhão. Já na frente da árvore, da espécie Cibipirona, de 3,10 metros de altura, o mestre de obras Augusto Ribeiro, 74 anos, conta que já presenciou inúmeros acidentes.

Árvore já estava sinalizada por conta de acidentes Foto: Marcos ErmínioÁrvore já estava sinalizada por conta de acidentes Foto: Marcos Ermínio
Dono da empresa teme que outras pessoas passem pelo mesmo problema Foto: Marcos ErmínioDono da empresa teme que outras pessoas passem pelo mesmo problema Foto: Marcos Ermínio

“Na semana passada, os lixeiros passaram aqui, também no escuro e bateu do mesmo jeito. O catador de lixo chegou a cair do veículo, bem como vi acidentes com caminhões de mudança. E eu e minha esposa já perdemos a conta de tantas vezes que ligamos para a prefeitura pedindo providências”, fala Ribeiro.

Os donos da empresa Neo Distribuidora de Alimentos, Luciana Foizer, 38 anos e Eduardo Vinícius Pedro, 41 anos, foram ao local. Eles presenciaram a destruição do baú e parte da ração e galhos espalhados pelo chão.

“O pior seria se o motorista ficasse ferido. Mas, da mesma maneira a prefeitura precisa tomar alguma providência para que isso não aconteça mais com outras pessoas”, disse Pedro. Eles acionaram o guincho e aguardam a retirada do caminhão. A Polícia Militar de Trânsito permanece no local para orientar a passagem de veículos.




A população não pode podar porque a prefeitura multa, a prefeitura não poda e com isso gera danos a patrimônios de terceiros. Como a responsabilidade pelas arvores são da prefeitura o coreto seria o motorista e a empresa resposável pelo caminhão entrar com processo contra a prefeitura para cobrir os danos do caminhão, carga, perda de lucros com o veículo parado, diárias do motorista e impostos(que são cobrados sobre veículo, carga e funcionário).
 
Alexandre de Souza em 24/07/2013 16:19:45
Nesse local os moradores chegaram a pintar uma placa de preto e amarelo e pendurar na arvore, são inúmeros os casos de colisão com essa arvore nesse local, lamentável ninguém tomar uma providencia, será que estão esperando que alguém morra?????
 
flavio joao em 24/07/2013 14:37:39
Se a gente podar por conta própria a prefeitura multa... Se solicitar eles não podam... Fazer o que ?
 
Marcos Figueiredo em 24/07/2013 11:52:58
Sendo assim, a Prefeitura deverá ser responsabilidade!
 
João Carlos em 24/07/2013 11:51:02
o galho fica pra rua e muito grosso, e uma pena cortar a arvore, mas nao pode ficar assim dando prejuizos o proprietarios de caminhao. moro perto dali ja vi varios acidentes no local.
 
junior santos em 24/07/2013 10:04:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions