A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

01/01/2013 09:27

Motorista de camionete bate em dois carros e tenta fugir

Paula Vitorino

Motorista de camionete Hilux bateu em dois carros e tentou fugir por volta das 19h de ontem, em Campo Grande. Ele foi perseguido pelo motorista do primeiro carro, um EcoSport, desde a avenida Mato Grosso até a rua Bom Pastor.

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

De acordo com o boletim de ocorrência, o motorista do EcoSport, Caue Fabiano, de 18 anos, contou aos policiais que seguia pela avenida Mato Grosso na faixa do meio e a camionete pela faixa da direita.

No cruzamento com a rua José Antônio, a camionete, com cinco ocupantes dentro, interceptou o veículo e bateu a traseira na frente do EcoSport.

O motorista da camionete fugiu e na rua Sebastião Lima colidiu com a traseira de um veículo Pálio. A motorista precisou ser atendida pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A camionete continuou em fuga e só parou na rua Bom Pastor, no bairro Vilas Boas, quando foi alcançada pelo motorista do EcoSport.

A Polícia de Trânsito foi acionada e uma mulher identificada como Ana Paula Lopes Costa, de 36 anos, se apresentou como motorista da Hillux, no entanto, testemunhas disseram que quem dirigia o veículo era seu esposo, identificado como Marcondes Lopes, de 39 anos. O homem se recusou a fazer o teste do bafômetro.

A mulher fez o teste e apresentou zero índice de álcool. O jovem do outro veículo também se recusou a fazer o teste de bafômetro.

Os envolvidos foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Centro e o caso registrado como dirigir embriagado.




Aqui mesmo nesse site, há uma matéria de como fazer 2013 um ano mais civilizado. Acima temos o exemplo diário e real de precisamos é de RESPEITO E CONSIDERAÇÃO. Numa sociedade que precisa de leis, para haver respeito ao próximo dentro dos ônibus e punições mais sevéras não interferem na violência no trânsito, o problema não está nas leis e sim nas pessoas.
 
Marcos Figueiredo em 01/01/2013 12:17:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions