A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

28/02/2012 16:44

Motorista fica preso às ferragens após colisão na saída para Cuiabá

Jeozadaque Garcia e Viviane Oliveira
Edilson foi encaminhado pelo Samu para a Santa Casa de Campo Grande. (Foto: João Garrigó)Edilson foi encaminhado pelo Samu para a Santa Casa de Campo Grande. (Foto: João Garrigó)

Edilson José Cassandro Ribeiro, de 26 anos, teve ferimentos nas pernas e no rosto após um acidente na tarde desta terça-feira (28) na BR-163, saída de Campo Grande para Cuiabá. Ele ficou preso às ferragens até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A vítima conduzia um VW Gol, com placas de Campo Grande, quando parou em uma rotatória para aguardar a passagem de uma carreta. O primeiro veículo passou, porém, Edilson entrou na rodovia e foi colhido lateralmente por uma Scania que seguia logo atrás e era conduzida por Obadias Eloi de Oliveira, de 43 anos.

O motorista disse que dirige há 22 anos e trabalha em uma transportadora no município de Curitiba (PR). O Corpo de Bombeiros teve que usar um desencarcerador para tirar Edilson das ferragens. O carro ficou completamente destruído.

Ele foi levado pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) para a Santa Casa de Campo Grande e seu estado de saúde é estável.

O mecânico Mario dos Santos, de 46 anos, tem uma oficina próxima ao local da colisão. Ele disse que está “cansado” de ver acidentes graves na rodovia. Para ele, o que causa as colisões é o excesso de velocidade e a imprudência de alguns motoristas.




Eu passo por esse trecho todos os dias para ir ao trabalho, constantemente presencio ultrapassagens, abusos da velocidade de todos os motoristas que ali trafegam.
Tenho um video gravado meu celular, onde preciso impor uma velocidade excessiva 80km/h, pois vem uma carreta "por trás queimando luz, tipo assim sai da frente" e passa à + ou - 120km/h. Faz falta à PRF para fiscalizar esses imprudentes.
 
Luciano Silgueiros em 28/02/2012 09:22:32
Eu passo por ali todos os dias,é um cruzamento muito perigoso os acidentes são frequentes,deveria ter redutores de velocidade ali e também na frente do posto locatelli na br163.
 
alexsandro cardena em 28/02/2012 07:48:32
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions