A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

18/11/2015 17:17

Motorista não vê moto, cruza avenida e acerta motoqueiro na Lúdio Coelho

Thiago de Souza
Acidente foi na Lúdio Martins Coelho com João Ribeiro Guimarães. (Foto: Marcos Ermínio)Acidente foi na Lúdio Martins Coelho com João Ribeiro Guimarães. (Foto: Marcos Ermínio)
Moto e vítima foram parar a 15 metros do local da colisão. (Foto: Marcos Ermínio)Moto e vítima foram parar a 15 metros do local da colisão. (Foto: Marcos Ermínio)

Um homem de aproximadamente 30 anos ficou ferido após a Honda Biz que pilotava ser atingida por um Honda Fit, na Avenida Lúdio Martins Coelho, esquina com a Rua João Ribeiro Guimarães, próximo a Vila da Base Aérea, em Campo Grande. A vítima foi atendida pelo Corpo de Bombeiros e encaminhada para a Santa Casa, e o estado de saúde dela não foi divulgado.

Veja Mais
Após dez dias, rodada do Brasileiro retorna hoje com quatro jogos
Vôlei feminino do MS vence Londrina na estreia dos jogos escolares

O motorista do carro, Cristiano Sabino disse que vinha pela Rua João Ribeiro Guimarães. Antes de cruzar a Avenida Lúdio Martins Coelho, ele olhou para o lado e viu uma pick-up distante do cruzamento e decidiu atravessar. Assim que cruzou a via colidiu com a moto. “Eu não sei de onde a moto veio. Não sei se ela estava atrás da pick-up e ultrapassou ela. Só sei que foi muito rápido”, relatou o rapaz que estava bastante abalado por conta do acidente. Ele não teve ferimentos.

Após a colisão, a motocicleta saiu da pista e invadiu a calçada, a uma distância de 15 metros do local do impacto. Havia uma poça de sangue no local em que o motociclista caiu.

Após dez dias, rodada do Brasileiro retorna hoje com quatro jogos
Após dez dias sem jogos – com exceção da partida entre Cruzeiro e Sport - no último domingo (8), a rodada do campeonato brasileiro retorna com quatro...
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



O código brasileiro de transito diz que o maior deve proteger o menor....PARE não é diminua....por essas e outras que nosso transito está assim....um culpa o outro...se o motociclista foi atropelado , significa que o carro avançou....culpar a via...o outro é fácil...
Mas admitir que estava errado isso ng faz..

PS.Sou usuário de carro moto e Bike....ainda bem que esse cidadão atropelou alguém que usava capacete, pq se fosse um ciclista ou pedestre o desfecho poderia ter sido outro.
 
Ser em 18/11/2015 21:08:54
Quem anda de moto sabe bem como funciona essa estoria de "eu não sei de onde ele apareceu", a pessoa vai atravessar uma via de mão dupla, olha para um lado e já vai andando com o carro, quando o carro já está no meio da via, ele começa a olhar para o outro lado, e aí a moto surge e ninguem sabe de onde, ela já estava ali, se ele olhasse para os dois lados com o veiculo parado, ele teria visto e evitado atropelar mais um motociclista inocente.
 
Max em 18/11/2015 17:50:38
QUERO FAZER UMA RESSALVA EM FAVOR DESTE CONDUTOR, POIS TAMBÉM SOU USUÁRIO DA VIA NESTE CRUZAMENTO, E A TODO MOMENTO TEM UM MOTOCICLISTA QUE NÃO DIMINUI A VELOCIDADE PARA TRANSPOR O QUEBRA MOLA PASSANDO NOS CANTOS JUNTO A GUIA DO MEIO FIO,NO SENTIDO CENTRO BAIRRO CAUSANDO POR MUITAS VEZES O RISCO PRÓPRIO, E FAZENDO COM QUE OS VEÍCULOS QUE SAEM DO BAIRRO FAÇAM FREADAS BRUSCAS. E CONCORDO COM ELE QUE DIZ QUE NÃO VIU A MOTO E NO SENTIDO BAIRRO CENTRO POR NÃO TER QUEBRA MOLAS A VELOCIDADE É ENORME E AINDA É UMA CURVA E ESTA LÁ UM POSTE CAÍDO DE OUTRO ACIDENTE QUE O CONDUTOR DE UM CARRO DERRUBOU, E VCS VIRAM ISSO NA REPORTAGEM? VEÍCULOS TAMBÉM QUE DESSEM A RUA JOÃO R. GUIMARÃES NA CONTRA MÃO, POIS A VIA É DE SENTIDO ÚNICO BAIRRO CENTRO VEJAM A SETA. ALI SÃO VÁRIOS FATORES PARA ACIDENTES.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 18/11/2015 17:47:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions