A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/03/2013 19:59

Motorista perde controle de Pajero, tomba e leva grades do Vovó Ziza

Helton Verão
Grade e placa foram derrubados no acidente (Foto: Helton Verão)Grade e placa foram derrubados no acidente (Foto: Helton Verão)

O condutor de um veículo Pajero Sport perdeu o controle e derrubou a grade do Centro de Convivência Vovó Ziza, em Campo Grande. O acidente aconteceu por volta das 18h30 deste domingo, no cruzamento das ruas Joaquim Murtinho e Marquês de Lavradio. O veículo ficou tombado na calçada.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Segundo o condutor, o advogado Paulo Jungs, de 52 anos, ele seguia pela Marquês de Lavradio, quando ao cruzar a Joaquim Murtinho outro carro de cor preta o teria fechado. “Ele veio por fora e virou na Joaquim Murtinho me fechando, foi muito rápido, não consegui perceber o modelo do carro”, conta Jungs.

No veículo, além do advogado, estava sua esposa, mas ninguém se feriu. “A pior coisa que fizeram aqui foi tirar a rotatória”, reclama a mulher, identificada apenas como Maria Auxiliadora.

Moradora da região, a senhora Ângela Paes também critica o trânsito no local e diz que todas as semanas acontecem acidentes ali. “Acontece sempre, é muito perigoso esse cruzamento, semana passada mesmo, quase fui atropelada aqui”, ressalta.

Do outro lado da via, um vendedor ambulante viu o acidente e conta outra versão. “Não tinha outro veículo, ele estava sozinho, não sei o que ele quis fazer que acabou subindo ali. Acho que foi por causa da alta velocidade”, descreve Edmilson da Silva, de 43 anos.

O ambulante que comercializa estofados, deixa só a mercadoria próxima ao meio fio, mas diz preferir ficar distante dali com receio de acidentes. O fluxo de veículos não foi afetado pois o Pajero ficou sob a calçada. O advogado diz ter seguro.




Neste caso, seria interessante o uso do bafômetro. Só assim para saber se o advogado estava sóbrio e apto para dirigir.
 
Jairo de Lima Alves em 11/03/2013 18:25:59
É notável a falta de responsabilidade de alguns motoristas na nossa cidade, tamanha imprudência só poderia terminar desta forma mesmo, o grande problema é que Campo Grande cresceu mais muitos de vocês não acompanharam isso e pensam estar dirigindo em cidades do interior, tais como Jaraguari ou Rochedo. moro próximo há cerca de 1(um) ano e passo com frequência nesse cruzamento, jamais tinha visto algo parecido. ASSUMA o seu erro e arque com as consequências, seja HOMEM pra isso.
Errar todos erram, assumir os erros hoje em dia é pra poucos corajosos, e que merecem respeito.
 
Giulllyano Rocha em 11/03/2013 15:37:35
Só papai noel vai acreditar nessa história. Quem mora na região sabe que muitos não respeitam as regras naquele cruzamento. O desrespeito é comum, é proibido ultrapassar naquele cruzamento, pois quem vem da Joaquim Murtinho para entrar na Marquês de Lavradio com sinal aberto a seu favor corre o risco de bater de frente com motoristas irresponsáveis que insistem em vir pela Marquês ultrapassando os demais que aguardam na fila. Já passei vários e-mails à Agetran sobre o o problema, e até agora nada foi feito.
 
Jorge Souza em 11/03/2013 14:07:00
O comentário feito pela Marianne é bem consistente, até porque, éla presenciou tudo.
Realmente, vários motoristas irresponsáveis que séguem sentido bairro centro pela Rua Marques de Lavradio, forçam a passagem em um ponto onde é proibido e muito perigoso.
Já presenciei vários "babacas" ao volante fazendo isso. Talvez foi o que ocorreu com este.
Agora, o município tem que cobrar deste advogado/condutor o estrago por ele causado, pois danificou um bem público. E tem que mais, agradeça a Deus por não ter causado nenhuma vítima. Eu heimmmmm....
 
Francisco Braz em 11/03/2013 13:38:38
O problema é na grande maioria das vezes o condutor confiante demais no tanho do seu "possante"! Tenho visto muitos motoristas de veículos grandes que acham que são donos das ruas, das vagas, dos sinaleiros, porque passam livremente em qualquer cor. Isso sem contar que essas máquinas não devem possuir setas, pois nunca são utilizadas eles simplesmente viram, entrem e pronto! Com toda certeza o veículo deveria estar em velocidade acima do permitido e aconselhável e não conseguiu fazer a curva como deveria. Com a altura esses veículos e o tamanho dos espelhos retrovisores a visibilidade é perfeita! Sua estorinha não colou senhor condutor !
 
Sandra h. Dittmar em 11/03/2013 12:35:40
Posso dizer que esse senhor esta mentindo com toda certeza. Pois eu estava atrás do carro que ele diz ter fechado ele.
Esse senhor estava correndo demais e fazendo uma ultrapassagem pela contra mão, quando o sinal ficou verde o carro preto que eu também não me lembro qual era, seguiu dando seta indicando que iria virar na Joaquim Mortinho, quando esse senhor igual um louco tentou ultrapassar ele, o carro preto desvio e ele bateu na cerca da Vovó Ziza, eu não consegui ficar no local, pois fiquei muito nervosa, mas me lembro de ter visto o carro preto parar e alguém de camiseta branca descer e correr em direção ao carro tombado.
 
Mariane Belmonte Azuaga em 11/03/2013 12:29:55
O que mais me preocupa é este carro ter ido parar no meio da calçada. Imagina algum pedestre caminhando por ali.
O cruzamento até pode ser perigoso o que for, mas quando não se está na maior velocidade este tipo de coisas não acontece.
 
Nicoli Curci em 11/03/2013 12:06:21
Realmente Juliana, pelo menos é o que a gente espera de uma pessoa mais madura, logicamente mais maturidade. Mas, muito envelhecem e não amadurecem...
Concordo com os colegas, que o trânsito de Campo Grande é um verdadeiro caos...o povo corre feito louco para chegar no bar, no semáfaro FECHADO, etc.
 
Neyde de Oliveira em 11/03/2013 11:58:45
O Brasil evoluiu muito economicamente, mas o povo brasileiro não acompanha esta evolução, muitos ainda vivem com a conciencia mediocre e egoista dos playboys endinheirados do seculo passado. é uma pena que as pessoas valorizem e respeitem tanto os seus carroes e nem sequer se lembram de respeitar a vida humana em primeiro lugar.
 
SILMAR OLIVEIRA em 11/03/2013 11:49:57
Pessoas, a Juliana Teles não quiz dizer que o cara dirige mal ou foi imprudente devido a idade. Ela disse que fica feio para uma pessoa dessa idade não reconhecer os seus erros.
 
Ronaldo Castor em 11/03/2013 10:57:25
Este cruzamento é realmente perigoso, mas por causa dos condutores apressadinhos, não tem o menor respeito pelos idosos que frequentam o CCI vovó Ziza e nem tampouco os alunos da escola proxima ao CCI, acho que em horario de pico a Agetran deveria disponibilizar fiscalização dos amarelinhos neste lugar, pq o que eles gostam mesmo é de multar!!
 
Patricia Adriana em 11/03/2013 10:52:26
O Sr. Bernal "retrogrado", deveria implantar uma lei municipal permitindo o uso em exclusivo somente burros e cavalos, ja que nao sabem conduzir automoveis, poderia haver algumas quedas, mas nada de grave, com charretes e carroças nas vias, a cidade ficaria linda, mais segura, e a cara do prefeito. falei!
 
SILMAR OLIVEIRA em 11/03/2013 10:48:20
Acredito que Juliana Teles foi infeliz em seu comentário.e se fosse um pouco mais informada saberia que a maioria dos acidentes são causados por homens JOVENS!!!
 
catia silva em 11/03/2013 10:25:52
To pra ver gente mais ruim de volante como Campo grandense, e olha que sou nato daqui, mais ali o grande problema não está na falta da rotatória, e sim na falta de educação da população.
Andar com agilidade no trânsito não significa andar fazendo cagada e feito louco por aí, não estamos a sós nas ruas, tem mais gente andando, não custa nada ter educação!
 
Junior Ferreira em 11/03/2013 10:10:48
Que beleza, é a cara do motorista campograndense mesmo..
 
paulo roberto em 11/03/2013 10:08:29
MOTORISTA EM CAMPO GRANDE NAO RESPEITA NINGUEM .....ESSA É A VERDADE !!!!
 
rogerio carvalho em 11/03/2013 09:40:27
De arrepiar mesmo, Ana Miranda, é o que estão fazendo com a língua portuguesa...o Pajero ficou "SOB" a calçada??!
 
Oséias Araújo em 11/03/2013 09:32:12
Ta parecendo cachaçada... Imagina se tivesse um pedestre na calçada.
 
Anita Ramos em 11/03/2013 09:17:16
Bem eu também passo todos os dias por ali , e sei da dificuldade que é aquilo, deveria ser modificado, pois o fluxo de veículos é muito grande de todos os lados e não comporta, principalmente quem vem na avenida Marques de Pombal, tem veiculo que fica no meio da rua e interrompe o transito todo, acho que os engenheiros de transito, deveriam refazer o trevo. pra nim aquele trevo é péssimo, e as pessoas tem que acordar e não concordar.
 
josé ricardo rabenhorst em 11/03/2013 09:06:23
Que foi imprudência, está certo, mais o comentário da JULIANA TELES, dizer que é a idade, não tem nada a ver.
 
Joana Darc Correa de Souza em 11/03/2013 09:01:37
Boa pergunta Nelson, gostariamos de ter resposta , infelizmente sera impossivel.
 
Helena da Costa Andrade em 11/03/2013 08:44:54
Agora a culpa é de quem tirou a rotatória??? Passo por esse cruzamento 5 vezes por dia e não tem nenhum erro estrutural, o problema maior está na falta de respeito no transito de Campo Grande.
Neste final de semana foram quase 40 acidentes em 24 horas. Este é o resultado de uma disputa imbecil no transito, para ver quem consegue ser pior, quem consegue ter maior desrespeito às leis de transito.
Neste caso, sorte que não havia ninguém passando pela calçada, senão seria mais tragédia para alimentar a imprensa e mais uma impunidade pra que possamos nos lamentar.
Acorda Campo Grande!
 
Rodrigo Camargo Luizetto Sab em 11/03/2013 08:25:09
Fechado por outro carro?!? Tá bom, quando comecei a ler já estava imaginando a cena...nem precisei imaginar...o vendedor ambulante disse tudo!!!!! Com certeza estava voando e não fez a curva!!! Passo nesse cruzamento todos os dias varias vezes, e já vi cada coisa de arrepiar!!!! IMPRUDÊNCIA!!!!!!
 
Ana Miranda em 11/03/2013 08:19:35
Este "senhor" de 52 anos mentindo descaradamente desse jeito, é óbvio que houve excesso de velocidade e imperícia para corrigir a situação por ele provocada.
 
Kaio Gleizer em 11/03/2013 07:39:06
Advogado sempre mente...belo exemplo de homem pra esposa. Assume po.
 
Athaide Romero em 11/03/2013 07:28:49
o problema não é o semáforo, não é a rotatória, e outras coisitas mais, e sim a FALTA DE EDUCAÇÃO E RESPONSABILIDADE no trânsito, pessoas pegam o carro, dirigem em alta velocidade, não conseguem fazer uma curva como deve ser feita, dirigem como se fossem donos do pedaço e aí dá nisso. DIRIJAM COM MAIS ATENÇÃO.
 
Maria Silva em 11/03/2013 06:22:42
fizeram o teste de bafometro no condutor da pajero?
 
nelson tobji em 10/03/2013 23:52:32
Como tem gente irresponsável nesse trânsito de Campo Grande!
 
André Lima em 10/03/2013 23:07:33
Impressionante a imprudência e a negligência do trânsito em Campo Grande!
E as desculpas sempre são as mesmas!
Pelo menos nesse caso os danos foram só materiais, mas se tivesse algum predestre passando pela calçada no momento do sinistro? Hoje, estaríamos comentando mais uma tragédia no trânsito!
A pergunta que fica é ... até quando a imprudência, negligência e a imperícia estarão presentes no trânsito de Campo Grande? Quantas pessoas precisarão morrer para se ter mais respeito à vida humana??
Lastimável!!!!
 
Paulo Porto em 10/03/2013 22:52:42
Acho que seria mais digno para o advogado, e sua esposa, reconhecer que dirige mal ou foi imprudente...até pela idade, não?
 
Juliana Teles em 10/03/2013 22:51:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions