A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

11/08/2016 09:47

Motorista que matou criança no trânsito passa mal ao ver imagens de acidente

Viviane Oliveira e Julia Kaifanny
Caminhonete envolvida no acidente foi apreendida e levada à delegacia. (Foto: Julia Kaifanny)Caminhonete envolvida no acidente foi apreendida e levada à delegacia. (Foto: Julia Kaifanny)

O homem de 32 anos envolvido no atropelamento que acabou com a morte de Raissa Gabriela de Oliveira, 2 anos, foi localizado pela polícia nesta quarta-feira (10). Ao receber a noticia de que havia matado uma criança no trânsito, o condutor passou mal e precisou ser sedado.

Veja Mais
Menina de 2 anos é atropelada por caminhonete e morre em UPA
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste

O caso ocorreu há pouco mais de 1 mês, no dia 8 de julho, quando a vítima brincava com os irmãos, na Avenida Cândido Garcia de Lima, no Bairro Nova Lima, em Campo Grande. A menina chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

De acordo com o delegado Weber Luciano Medeiros, imagens de câmera de segurança de comércios da região ajudaram a polícia a identificar o motorista. “O acidente foi uma fatalidade. Pelas imagens foi possível identificar que o motorista seguia devagar e chegou a frear para uma criança atravessar. A vítima, Raissa, era muito pequena e entrou no meio da caminhonete ”, diz a autoridade policial.

Ainda conforme Weber, o motorista foi abordado ontem por volta das 10h, no Bairro Nova Lima, onde também mora. Os policiais estavam na região, quando identificaram a caminhonete F-350, de cor preta.

Segundo o delegado, o motorista trabalha em uma fazenda e no dia do acidente carregava madeira. “O condutor não sabia do acidente e entrou em choque quando os policiais mostraram as imagens. Ele, que tem duas filhas e uma delas tem a idade da vítima, passou mal e precisou de atendimento médico. A caminhonete foi apreendida e levada à delegacia. O motorista vai responder homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

O caso - Depois do acidente, Raissa foi encaminhada com hemorragia à UPA (Unidade de Pronto Atendimento Comunitário) Coronel Antonino, mas não resistiu e morreu.

O motorista não percebeu o atropelamento e foi embora, conforme as imagens de câmera de segurança de um comércio que registraram o fato. A garota era a mais nova dos três filhos de Juliana Maria de Oliveira, 27 anos, que deixou as crianças com o avô para ir trabalhar. Veja o vídeo. 

Menina de 2 anos é atropelada por caminhonete e morre em UPA
Raissa Gabriela de Oliveira, de 2 anos, brincava com os irmãos na manhã dessa sexta-feira (8), na avenida Cândido Garcia de Lima, bairro Nova Lima, q...
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Coitado desse homem... pensem em como não deve estar a cabeça dele sabendo que uma criança morreu, mesmo ele não tendo culpa alguma. Na minha opinião, como mãe que eu sou, a grande culpada dessa tragédia toda é a família. Como se deixa três crianças aos cuidados de uma pessoa de idade, que muito provavelmente também precisa de cuidados... e como se deixa crianças soltas, andarem à vontade pelas ruas. Rua nunca foi local pra crianças brincarem, principalmente tão pequenas. Por isso eu digo sempre, quem não tem condições não pode, não deve, ter filhos...
 
Mariana Carvalho em 11/08/2016 15:42:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions