A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

14/02/2013 16:37

Motorista que matou jovem em táxi fazia "roleta russa", suspeita Polícia

Gabriel Neris e Viviane Oliveira
Nova perícia foi realizada na tarde de hoje no cruzamento da Afonso Pena com a Bahia (Foto: Luciano Muta)Nova perícia foi realizada na tarde de hoje no cruzamento da Afonso Pena com a Bahia (Foto: Luciano Muta)

A Polícia acredita que Diogo Machado Teixeira, de 36 anos, praticava “roleta russa” no momento do acidente de trânsito que resultou na morte de José Pedro Alves, 22, na madrugada da última segunda-feira (11), em Campo Grande. Roleta russa, no trânsito, consiste em passar todos os sinais, mesmo estando fechados.

Veja Mais
Administrador que matou jovem em táxi faz campanha contra álcool e direção
Camionete que atingiu táxi estava entre 60 km e 70km, indica perícia

Diogo conduzia uma caminhonete Mitsubishi L-200 quando atingiu o táxi Siena no cruzamento da avenida Afonso Pena com a rua Bahia. Ramon Rudney Tenório Souza e Silva, 21, e o motorista Sebastião Mendes da Rocha, 51 anos, sofreram ferimentos graves.

Testemunhas afirmam que o semáforo estava fechado para o condutor da caminhonete. O delegado responsável pelas investigações, Wellington de Oliveira, da 1ª DP (Delegacia de Polícia), disse nesta quinta-feira (14) que Diogo será indiciado por dupla tentativa de homicídio, e não mais lesão corporal dolosa, por homicídio doloso e por dirigir embriagado.

“O motorista assumiu o risco do resultado de morte, então os sobreviventes passaram por uma tentativa”, afirmou o delegado.

A Polícia está analisando as imagens do circuito interno do estabelecimento comercial localizado na frente do cruzamento em até 40 minutos antes do acidente. O objetivo é fazer uma matemática e calcular o tempo do semáforo para chegar à conclusão se o semáforo estava fechado para a caminhonete.

Hoje, o delegado pediu outra perícia para verificar qual era a velocidade do táxi no momento do acidente. “O que tudo indica é que a velocidade do táxi era mais baixa que da caminhonete”. Wellington comentou que os dois sinais ficam no sinal vermelho paralelamente por alguns segundos e que somente com o resultado da perícia será esclarecido se no momento do acidente os semáforos estavam fechados para os dois.




Dizem que aquele playboy do punto que matou um motociclista em frente ao shopping está por ai andando pelas ruas...espero que não aconteça o mesmo com esse agroboy que encheu a cara de Whisky e Vodka na Valley e foi embora tirando racha com o Civic preto (fato que a polícia esta ignorando) e furando todos os sinais da Afonso Pena...
 
Mauricio Vilas Boas em 15/02/2013 09:44:31
Sr marcos pierre ....beber e sair dirigindo ....furar sinal vermelho..... em alta veolcidade ....o sr acha que ele nao tem culpa? ......que foi um acaso ? ou era o senhor que estava do lado no carro preto ...
 
rogerio carvalho em 15/02/2013 08:58:51
Caro Marcos Pierre, Se a pessoa beber, dirigir em uma velocidade não adequada para a via e passar por sinais vermelhos, como não indica que ele assumiu o risco de matar, então não sei a que justiça você se refere!!! A impunidade tem que acabar. Ele matou e ponto final. Assumiu o risco e deve responder por isso. Chega de defender pessoas que não respeitam mais as vidas alheias. Se você pensa que a pena deve ser a descrita por você, será que se fosse alguém da sua família pensaria assim???????
Campo Grande precisa urgentemente fazer com que a maioria dos seus motoristas passem por uma reciclagem, pois, para uma cidade com menos de um milhão de habitantes com tantos acidentes, de quem será a falha???? Está na hora de rever o processo de habilitação nessa cidade.
 
Willames Soares em 15/02/2013 08:52:31
espero que não esqueçam que o motorista da camioneta estava embriagado, ja estou achando que tão querendo colocar a culpa no taxisista,
 
odair nascimento em 15/02/2013 07:54:16
Roleta russa é com arma de fogo, esta prática ilícita com veículos é "roleta paulista", segundo relatos começou na região da Rua Augusta na década de 60.
 
João Crisóstomo de Campo Grande - MS em 15/02/2013 07:52:39
Só faltam dizerem que o taxista é culpado. Ai será o fim mesmo. Mas acredito muito neste delegado que esta a frente do caso, e tenho certeza que ele não ira se influenciar por nome ou poder.
 
OSVALDO DA SILVA em 15/02/2013 07:00:14
Já passou da hora de punir estes agroboys, destruiu mais uma família, cadeia é pouco.
 
daniel ferreira em 15/02/2013 00:20:07
eu não sou investigador e nem policial , mas parece que o carro que virou na contramão logo após a batida sem prestar socorro ou ao menos parar pra ver o acidente, corria ao lado ou estimulava o da camionete!!!!!!!!!!!!!!!!!, simplesmente fugiu!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
idevaldo de jesus em 14/02/2013 23:48:43
É difícil assumir, mas esse cara cometeu homicídio culposo, E NÃO DOLOSO. Digam o que quiserem aqui, podem desejar vingança e maldade contra o cara, mas se justiça realmente for feita, ele será condenado por HOMICÍDIO CULPOSO.
 
marcos pierre em 14/02/2013 22:13:07
Se os dois semáforos ficam no vermelho ao mesmo tempo, isto jamais influenciaria para a ocorrência... se os dois ficassem verdes ao mesmo tempo, aí sim!!!!! Afinal de contas, vermelho não é mais pra PARAR, SR. Delegado????
 
Marcos Santos em 14/02/2013 20:21:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions