A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 02 de Dezembro de 2016

11/02/2013 18:39

Motorista que matou jovem em táxi será indiciado por três crimes

Nícholas Vasconcelos
Imagem de circuito de segurança mostra momento da colisão na avenida Afonso Pena (Foto: Reprodução)Imagem de circuito de segurança mostra momento da colisão na avenida Afonso Pena (Foto: Reprodução)

O administrador de fazendas Diogo Machado Teixeira, 36 anos, responsável pelo acidente que matou uma pessoa na madrugada de hoje, em Campo Grande, vai ser indiciado pelos crimes de homicídio doloso, lesão corporal dolosa e embriaguez no trânsito. Se for condenado, a pena pode ser de 15 anos de prisão. A informação é da delegada de plantão que atendeu a ocorrência, Daniela Kades.

Veja Mais
Vídeo mostra carro preto em acidente com morte e leitores sugerem racha
Vídeo mostra veículo atingindo táxi em acidente que matou jovem

No acidente, morreu o eletricista José Pedro Alves da Silva Júnior, 22 anos, e ficaram feridos o motorista do táxi Sebastião Mendes da Rocha, 51 anos, e Ramon Rudney Tenório Souza e Silva, 21 anos, amigo de José Pedro.

Quatro testemunhas foram ouvidas pela Polícia, uma taxista que aguardava passageiros na casa noturna Valley, outro que seguia pela avenida Afonso Pena e um policial da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) que retornava para a sede da Companhia. Um outro jovem, que estava na casa noturna, também foi ouvido pela Polícia Militar. Ele viu o administrador deixar o local.  

O acidente-O taxista seguia pela Afonso Pena quando parou para arrumar o taxímetro, olhou e viu a camionete rodando e o sinal vermelho, segundo informou a delegada. “A taxista disse que viu quando  o rapaz saiu da Valley, pegou a rua Espírito Santo e fez uma manobra parecida com um zerinho e saiu balançando e seguiu pela Afonso Pena, furando semáforos”, afirmou a delegada.

A delegada afirma que Diogo disse ter se distraído ao mexer no celular. Ele nega que estava em alta velocidade, conforme a delegada. As imagens de uma câmera de restaurante próximo do local mostram que não houve tentativa de parar. A delegada confirma: “No local não teve frenagem, as marcas são de uma derrapagem do acidente”, comentou. O administrador está preso na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

A Polícia ainda não sabe qual era a velocidade do veículo quando atingiu o táxi. Essas pergunta é uma das que serão respondidas pela perícia feita no local do acidente, por meio de fotos, medição na pista e informações recolhidas no cruzamento. O resultado deve ficar pronto em 10 dias.

 

Táxi ficou com a lateral destruída depois do impacto com a camionete. (Foto: Simão Nogueira)Táxi ficou com a lateral destruída depois do impacto com a camionete. (Foto: Simão Nogueira)

O caso vai ser encaminhado para o delegado titular do 1° DP (Delegacia de Polícia Civil), Wellington de Oliveira, que também deve pedir as imagens de circuito interno mostradas pelo Campo Grande News. “Com as imagens, a perícia poderá dizer a velocidade em que a camionete estava”, disse.

As imagens mostram também outro carro preto, provavelmente um Honda Civic, que faz uma conversão à esquerda na avenida, o que é irregular naquele ponto. Leitores questionaram se o veículo não participava de um racha, o que para a delegada, não procede, já que Diogo afirmou que estava sozinho. O motorista desse carro não foi ouvido, pois a delegada ainda não viu essas imagens.

De acordo com a delegada, as outras duas vítimas do acidente ainda não foram ouvidas devido à gravidade dos ferimentos. Eles estão internados na Santa Casa de Campo Grande.

Segundo o cunhado do taxista, Lourivaldo Rocha, o estado de saúde dele é considerado grave. O motorista está com uma perna quebrada, além de hemorragia e pressão arterial alta. “Ele inspira muito cuidado”, revelou.

Já Ramon Rudney Tenório Souza e Silva teve uma melhora no quadro de saúde, mas ainda é considerado grave, segundo Valdemar Miguel de Melo, primo do eletricista morto no acidente. Ele veio de São Paulo (SP) e aguarda a liberação do corpo do jovem para ser transportado para Afogados da Ingazeira, em Pernambuco, onde vivia o que deve ocorrer ainda hoje.




por esse cara quer morre pegando racha ainda tiraa vida de outra pessoa a disgrasado....
 
bianca silva em 12/02/2013 10:57:36
OLHA , A IGNORANCIA É INERENTE AO SER HUMANO, TENHA DINHEIRO OU NÃO, OQUE ACONTECEU DIZ RESPEITO A DOIS COVARDES, QUE SAEM DE UMA CASA NOTURNA COM A CARA CHEIA DE CACHAÇA SEM CONDIÇÕES DE NO MINIMO ESTAR NA RUA TANTO COM CARRO OU SEM CARRO, POIS ESTÃO EMBRIAGADOS, COM CARRO MATAM E SEM CARROS PODEM MATAR TAMBEM POIS PODEM ESTAR ARMADOS E TAL, NA VERDADE NESSES CASOS É O CHAMADO ABORTO EMOCIONAL , ONDE A MÃE REGEITOU AO ENGRAVIDAR E AI NACEM ESSES LIXOS HUMANOS E FICAM AÍCAUSANDO PROBLEMA PRA SOCIEDADE, NA VERDADE SÃO ABORTOS DA NATUREZA QUE ESTÃO VIVOS , LOUCOS PARA ACHAR ALGUEM QUE EFETIVAMENTE FASSAM LITERALMENTE OQUE A MÃE NÃO FEZ AO NASCER ......
 
paulo g diaz em 12/02/2013 10:16:12
se vcs repararem ele estava apostando racha com honda civic preto que fez ate a manobra irregular devem apurar.
 
ROGERIO LUNAS em 12/02/2013 08:07:03
CTB - Lei nº 9.503 de 23 de Setembro de 1997

Art. 308. Participar, na direção de veículo automotor, em via pública, de corrida, disputa ou competição automobilística não autorizada pela autoridade competente, desde que resulte dano potencial à incolumidade pública ou privada:
 
Filipe Alberto em 11/02/2013 22:14:53
Ta Na Cara Q Ele tava Tirando Racha Com esse outro Carro...
Tem Que Apodrecer na Cadeia...
 
Fabio Souza em 11/02/2013 21:54:15
Eu duvido que este assassino vai ficar muito tempo na prisão, vou além ,isto é, si for condenado!!!! Não sou perito mas basta olhar que eles estavam tirando racha, tem que ir atrás do outro veículo, SENHORES PROMOTORES E JUÍZES condenem este assassino, destruidor de famílias, de trabalhadores, de filhos, basta de impunidade, não interessa de quem são filhos, porque si não for; vou acreditar que realmente a LEI e feita somente pra POBRE!!!!!!!!!!
 
otavio moreira em 11/02/2013 21:26:13
Tinha que descobrir o condutor do veículo preto que fez a volta na contra mão, pois com certeza estavam fazendo um racha...
 
Marcos Borges em 11/02/2013 21:22:53
Agora sim uma delegada de respeito que puniu o rapaz com todas as leis aplicavéis nesta situação pois o que vemos são delegados colocando o mínimo possível para o criminoso sair impune. Cabe agora as vítimas e familiares entrar com processo de reparação de bens, indenização até total reabilitação dos que estam vivos e pensão vitalícia para os dependentes do que morreu. Cabe também a delegada solicitar um sequestro dos bens do criminoso para pagamento dos danos as vítimas! Delegada Daniela Kades merece parabéns e uma homenagem pela honra e coragem!
 
Alexandre de Souza em 11/02/2013 20:33:49
Tomara que os delegados sejam tão bravos também quando os bêbados assassinos forem OS PRÓPRIOS FAZENDEIROS OU OS FILHINHOS DELES, que vivem correndo bêbados pelas madrugadas. Esse bares de sertanejos deveriam ter uma viatura da polícia bem em frente. A poior coisa que pode existir é gente com dinheiro e ignorante. É o que tem nesses lugares.
 
José de Souza Nunes em 11/02/2013 20:08:26
pago p ve c esse vagabundo vai fika preso. e as leis são pra pega quen ta trabalhando kd as blitz na saída desses bar ciptran fika prendendo moto e carro velho de trabalhador q num causa acidente de gravidade como esse pelo amor de deus
 
fabio de souza em 11/02/2013 19:57:08
nesses casos de irresponsabilidade no transito,sò perde quem morre , pq o assassino mesmo paga fiança e fica solto pra matar de novo.Devemos esperar justiça de deus ,pq essa nao falha,e pedir proteção contra esses assassinos impunes.
 
juca nhiss em 11/02/2013 19:41:04
Mais 2 coisas... um em favor e um contra Diego... não procede que ele não tentou frear; dá para ver claramente uma inclinação da caminhonete para frente pouco antes da batida, enquanto a caminhonete está na horizontal quando passa a faixa de pedestre. Ou seja: tentou frear. Agora contra ele... se ele fez um zerinho no cruzamento com o Espirito Santo seria mais um crime: "direção perigosa" (verifica se algum camera filmou). A velocidade é facil de conferir. Nas filmagens a roda de frente sai da faixa de pedestre às 2:44:05, a distância ate a batida é percorrido em 0,5 seg., e no Google Earth da para confirmar uma distância de 10 metros entre faixa de pedestre e ponto do impacto. O que dá 72 km/h. Freiando. Ou seja, além de 3 (ou 4) crimes ainda uma infração: excesso de velocidade...
 
Marcos da Silva em 11/02/2013 19:35:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions