A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

04/08/2016 23:12

Motoristas batem e Civic provoca outro acidente antes da polícia chegar

Nyelder Rodrigues
Carros ficaram bastante danificados e uma pessoa ficou ferida na segundo colisão (Foto: George Serra/Direto das Ruas)Carros ficaram bastante danificados e uma pessoa ficou ferida na segundo colisão (Foto: George Serra/Direto das Ruas)

Dois acidentes no mesmo local mobilizaram equipes do Corpo de Bombeiros e do BPTran (Batalhão de Polícia Militar de Trânsito) na noite desta quinta-feira (4) no viaduto da avenida Afonso Pena sobre a rua Ceará.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

No primeiro caso, logo no início da noite, um VW Gol acabou batendo na trseira de um Toyota Etios. Ninguém ficou ferido e os envolvidos resolveram aguardar a chegada da equipe do BPTran.

Entretanto, eles mantiveram os carros na pista - cena muito comum em Campo Grande, apesar da recomendação da PM (Polícia Militar) em marcar o local onde estão os veículos e estacioná-los em lugar mais seguro.

Assim, por volta das 21h, um Honda City acabou não percebendo a sinalização na pista e que os carros estavam ali parados, colidindo fortemente contra o Gol, causando novo acidente no local. O condutor do Gol aguarda a polícia dentro do carro e precisou ser retirado das ferragens pelos Bombeiros e de atendimento médico.

Os ocupantes dos outros carros não sofreram ferimentos. Os veículos ficaram bastante danificados e também fizeram com que o trecho fosse momentaneamente interditado para que os trabalhos de socorro fossem realizados.

Um vídeo enviado pelo leitor George Serra, pelo canal de interação com leitores Direto das Ruas, mostra como ficou a situação do local logo após a segunda colisão.




Fico imaginando a falta de sorte do condutor do Gol, se nao bastasse danificar a dianteira do seu carro, acabou também danificando a trazeira. Ou seja imprudencia, falta de fiscalização, não podemos achar que a tecnologia irá substituir o lado humano, espalhe agentes pela cidade, vamos deixar de ser estatisticas a nivel Brasil.
 
Sidnei Antonio dos Santos em 05/08/2016 10:09:28
Bem típico de motorista brasileiro, dirige sem atenção nenhuma e sempre em velocidade incompatível com direção defensiva. Deveria sofrer multa por bater atrás.
 
Eron em 05/08/2016 09:34:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions