A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

02/06/2015 16:36

MS é campeão no uso de capacete e fica em 2º no cinto de segurança

Filipe Prado
Mesmo com o uso do cinto, MS está entre os 10 estados com mais acidentes (Foto: Fernando Antunes)Mesmo com o uso do cinto, MS está entre os 10 estados com mais acidentes (Foto: Fernando Antunes)

Mato Grosso do Sul ficou na 10ª posição entre os dez estados brasileiros com maior proporção de acidentes no trânsito. De acordo com a PNS (Pesquisa Nacional de Saúde) 2013, em parceria com o Ministério da Saúde, Fiocruz e IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), 3,4% dos sul-mato-grossenses se envolveram em acidentes nos últimos 12 meses. O Estado ficou em segundo no uso do cinto de segurança e é campeão nacional na adoção do capacete para trafegar em motocicleta.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Na primeira colocação ficou o estado de Roraima, com 8,7%, depois o Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul, 1,9%. Das pessoas que se envolveram em acidentes de trânsito no Estado, 17,3% precisaram ser internadas.

O mestre de obras João Jarez, 65 anos, apontou que o alto índice de acidentes ocorre pela falta de prudência dos motoristas do Estado. “Acho que tem que melhorar a educação. Mas tem que fazer, porque só falam e não fazem”, analisou.

Mas a autônoma Elizabeth Pereira, 59, culpa a pressa dos motoristas. A dica para diminuir o índice é: acordar mais cedo. “As pessoas saem muito em cima da hora. Acordando mais cedo, tomam café devagar e saem mais tranquilo de casa, sem pressa”, estimulou.

Elizabeth apontou que os motoristas devem acordar mais cedo, para diminuir os acidentes (Foto: Fernando Antunes)Elizabeth apontou que os motoristas devem acordar mais cedo, para diminuir os acidentes (Foto: Fernando Antunes)

A pesquisa ainda indicou que os sul-mato-grossenses, mesmo se envolvendo em muitos acidentes, procuram estar sempre seguros no trânsito. A utilização do cinto de segurança no banco dianteiro de carro, van ou táxi é de 82,9%, sendo uma das maiores do país, ficando atrás somente de São Paulo, com 93,3%.

Mato Grosso do Sul é campeão na utilização de capacetes, com uma porcentagem de 95,5%, tendo uma porcentagem maior do que o índice brasileiro, que é de 83,4%. Em seguida aparece o Tocantins e Paraná, 95%, Amapá, 94,6%, e Mato Grosso, com 94,4%.

O pedreiro Izaias Alves dos Santos, 45, apontou que nestes casos o desrespeito é cultural. “Ninguém respeita ninguém no trânsito, desde pedestre, motoristas até ciclistas. E é difícil mudar essa cultura”, pontuou. Izaias acrescentou que medidas mais severas deveriam ser tomadas para coibir as imprudências no trânsito.

Mato Grosso do Sul lidera o ranking de motociclistas que usam capacete no trânsito (Foto: Fernando Antunes)Mato Grosso do Sul lidera o ranking de motociclistas que usam capacete no trânsito (Foto: Fernando Antunes)



É muito bom saber que o nosso Estado é um dos que mais usam os itens de segurança.
Mas, para melhorar mais ainda, poderíamos sair de último e galgar o topo também, dos Estados em que os motoristas USAM A SETA antes de fazer uma manobra.
 
Rodney em 03/06/2015 08:37:30
Com certeza eles não inspecionaram o interior do estado, onde capacete é artigo de luxo, se este levantamento é feito somente baseado nas multas aí furou mais ainda, pois no interior todo mundo se conhece e dificilmente um policial vai multar uma pessoa conhecida por estar circulando sem capacete, no interior nota-se pessoas de moto sem capacete inclusive nas estradas, onde qualquer deslize pode ser fatal.
 
Max em 03/06/2015 08:14:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions