A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

10/06/2012 07:28

Mulher atropela ciclista, foge e ao ser abordada por PM se tranca em carro

Paula Maciulevicius

A mulher ainda tentou fugir pela calçada e por pouco não atropelou um dos policiais. Depois de resistir, ela desceu e recebeu voz de prisão

Dária Rodrigues de Souza Silva, 38 anos, está presa desde a noite deste sábado, na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro, depois de atropelar um ciclista, fugir sem prestar socorro e ao ser abordada pela Polícia Militar, se trancar dentro do próprio carro.

A mulher conduzia um Sandero na cor preta, pelo Jardim Futurista, quando na avenida Atlanta, atingiu um ciclista que vinha à margem da via. Segundo relato de um mototaxista que vinha logo atrás, Dária fugiu sem prestar socorro. Ele ainda buzinou para avisá-la e mesmo assim a condutora continuou adiante.

Quando a motorista e o mototaxista chegaram na avenida Senhor do Bonfim, no bairro Estrela Dalva, a testemunha avisou uma viatura da Polícia Militar do acontecido. Os militares foram atrás e ao abordarem Dária, dizendo que ela teria de acompanhá-los até a delegacia, ela se recusou dizendo que não ia a lugar algum.

Segundo o delegado que fez o registro da ocorrência, Divino Mendonça, a condutora disse aos policiais que eles não sabiam com quem ela estava mexendo, que ela trabalhava em uma revista e que ia ferrar com a vida deles.

A mulher se trancou dentro do carro e ainda tentou fugir pela calçada e por pouco não atropelou um dos policiais. Depois de resistir, ela desceu e recebeu voz de prisão.

Ao chegar na Depac Centro, Dária iria apenas assinar um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência), por se tratar de crime de menor potencial. A vítima, o ciclista não foi localizado e ela responderia por ameaça, desobediência, resistência e o fato de ter fugido do local do acidente.

Ao delegado ela respondeu que só assinaria com a presença do advogado, que estava viajando. Ainda segundo o delegado, ele insistiu para que a mulher assinasse, porém ela não quis e acabou sendo autuada em flagrante.

Até a manhã deste sábado Dária continuava presa. A Polícia arbitrou fiança de três salários mínimos que até o momento, não foi paga.

Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente
O flagrante na BR-163 foi enviado por uma leitora através do canal Direto das Ruas. A TV News esteve no local e constatou diversas irregularidades....
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



Parabens, Senhores Policiais e Delegado, so gostaria de ver a foto dela...
Quem sabe ainda ha tempo de fazer " pra a nossa alegria ..."
 
Vera Lucia Dias em 10/06/2012 12:39:50
A policia sabe "com quem está falando" c/ uma mulher desiquilibrada, q/ acha estar certa de tudo só pq trabalha numa revistinha qlqr. "O senhora Dária agora qm esta na página da revista na parte policial é vc, e saiba a vida de um ser humano vale mais de q/ $ três salários minimos viu " TE CONTA VIU cada uma !!!!!!!!!
 
SILVANIA ROSA em 10/06/2012 12:23:48
Se achou,por trabalhar em uma revista,se ferrou...
 
Arivaldo Paiva em 10/06/2012 12:15:42
Parabéns aos policiais pelo serviço bem realizado, espero que esta senhora a aprenda a lição, tenha mais respeito pelos outros seres humanos e não é por que vc trabalha em um jornal ou revista que vc pode fazer o que bem entender e esta fiança esta muito barata e poderia ser bem mais cara.....
 
marcio benites em 10/06/2012 11:59:00
PARABÉNS, DELEGADO, O SENHOR ESTÁ AÍ, COMO ADITIVO ATIVO DA LEI, QUE NÃO CONHECE AS LEIS, PRECISA CONHECÊ-LAS, E MELHOR AINDA QUANDO TORNA-SE VÍTIMA, OU VITIMA ALGUÉM, QUE TODOS OS SERVIDORES DA JUSTIÇA PRENDAM OU LEVEM TODOS OS DESCUMPRIDORES DAS LEIS, AS DELEGACIA, E OS FAÇAM CONHECEREM SEUS ERROS, PARA NÃO REPETIREM MAIS, PARABÉNS OS POLICIAIS QUE ESTAVAM EXPOSTAMENTE A DISPOSIÇÃO DA SOCIEDADE.
 
pedro braga em 10/06/2012 11:38:48
Se ela não respeita os policiais vai respeitar as outras pessoas no trânsito ?
 
Adriano Vitor em 10/06/2012 11:38:00
Isso acontece a todo instante. O tal do: "sabe com quem está falando?" Todos querem uma polícia eficiente. Desde que essa eficiência não os atinja diretamente. Bem feito para essa Dona, demonstra não ter nenhum respeito pela vida alheia. Mas é uma pena que as autoridades aqui ainda tenham a cultura de arbitrar fianças baixas, poderia ser um valor um pouquinho mais "educativo" nesse caso.
 
MIGUEL C. CASTRO em 10/06/2012 11:23:42
SENHORAAAAA, daria rodrigues de sousa silva!!! Ciclista também é gente. Viu???
 
Maria Luiza Pessoa em 10/06/2012 09:47:00
Muita coincidencia, pois meu ex-padastro foi atropelado em Campo Grande e perdeu a perna, teve que ser amputada, ainda não sei sei como aconteceu o fato.
 
Josenir Garcia em 10/06/2012 09:39:07
Parabens p/policia e ao delegado ,será que agora ela baixa a crina?Covarde!
 
Rosa Marlene da Silva em 10/06/2012 09:09:36
Manda a revista pagar.
 
Madalena Arre Pendid em 10/06/2012 09:04:09
parabens a policia
 
lausiro coelho em 10/06/2012 08:53:33
Falar as palavras "sabem com quem está..." deveria dar multa de R$ 1000 na hora. É para acabar mesmo...
 
Marcos da Silva em 10/06/2012 02:54:14
Pelo amor de Deus, vamos promover algo que possa mudar a lei para estes e outros casos parecidos com esse, perdi meu pai aos 10 anos, por culpa de um menor na direção do veículo,hoje tenho 37 anos e trabalho nesse tipo de prevenção, mas infelizmente a lei não ajuda muito, aliás, nada...precisamos nos unir, somos a parte mais interessada nessa mudança, pq nós estamos vivos hj, mas resta um gole...
 
Paulo Roberto em 10/06/2012 01:50:29
Salvo raríssimas exeções, todas as agendas que eu já acompanhei, os profissionais do ramo revistas/jornais chegam impurando todo mundo sem ética, não respeitam nem os própios companheiros e ainda perseguem aqueles que não permitem baderna.
 
jorge ferreira em 10/06/2012 01:49:05
Enquanto tiver pessoas pensando como essa D.Dária que está acima do bem e do mal porque trabalha aqui ou ali o mundo vai de mau a pior,o ser humano não vale mais nada,quando se trata de dinheiro.....e se fosse a mãe ou filha dela que fosse atropelada,ela agiria assim?????talvés pq trabalha na revista tal,iria até as ultimas consequencias pra punir o atropelador ......Hipocrisia.
 
Analu Filgueira em 10/06/2012 01:08:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions