A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

15/11/2016 11:30

Mulher morta em acidente deixou 5 filhos e R$ 2 mil em contas para pagar

Viviane Oliveira e Adriano Fernandes
Nadir pede ajuda para pagar as contas que a mãe deixou (Foto: Alcides Neto) Nadir pede ajuda para pagar as contas que a mãe deixou (Foto: Alcides Neto)

A cozinheira Margareth Delmonds, 43 anos, uma das três vítimas que morreu afogada após o carro em que estava cair no Rio Anhanduí no domingo (13), deixou 5 filhos e R$ 2 mil em contas para pagar. A família pede ajuda para quitar as contas, que estão em nome da mãe de Margareth, moradora em Rio Brilhante.

Veja Mais
No último adeus, familiares tentam entender acidente que matou três
Mulher de 43 anos é a terceira pessoa morta após carro cair no rio Anhanduí

Segundo Nadir Emilly Delomonds Ivarra, 21 anos, uma das filhas da cozinheira, a mãe morava apenas com a filha mais nova de 15 anos em um sobrado, no cruzamento das ruas Guajarão com a das Balsas, no Bairro Guanandi. “Essa casa pertence a minha avó, que mora no interior, por isso que as contas estão no mome dela. Minha mãe deixou várias faturas de água e luz com valores altos. Não temos como pagar”, lamenta.

Nadir conta ainda que ultimamente a família tem vivido dias de terror. Um dos filhos de Margareth de 18 anos foi baleado e recentemente saiu do hospital. O outro filho da cozinheira, de 22 anos, está preso por tráfico de drogas no presídio de Segurança Máxima. “Como se não bastasse tudo isso, há 2 meses a gente perdeu um tio bem próximo por motivo de doença”, lamenta.

Ela explica que, ontem a irmã mais nova fez uma vaquinha no velório para poder comprar formol, processo químico aplicado no corpo para conservação, e flores para a mãe. “Ela dizia que quando morresse queria muitas flores coloridas. Era o desejo dela”, diz.

Desempregada e com dois filhos pequenos para criar, Nadir se apega em Deus para assumir o papel de mãe da família. "Pretendo levar a minha irmã para morar comigo", afirma. Margareth foi velada da meia-noite às 17h de ontem (14) e enterrada no cemitério público Santo Amaro. A vítima tinha uma cozinha industrial em casa e fazia salgados para festas.

Bombeiros fazendo resgate das vítimas no Rio Anhanduí (Foto: Marina Pacheco) Bombeiros fazendo resgate das vítimas no Rio Anhanduí (Foto: Marina Pacheco)

Quanto ao acidente que vitimou a mulher, a filha ainda quer saber o que realmente aconteceu. A família suspeita de que uma quarta pessoa esteja envolvida no caso. Quem quiser ajudar a família pode ligar para Nadir no telefone 9 9233-1135.

Tragédia - Além de Margareth, estavam no veículo Crossfox Juliano Rosa Xavier, 35 anos, e Geiziléia de Moraes Afonso, 33 anos, que também deixou três filhos de 14, 5 e 2 anos.

Conforme informações do Corpo de Bombeiros, Juliano seguia pela Ernesto Geisel, sentido Centro-Bairro, quando perdeu o controle e foi em direção ao Rio Anhanduí. A frente do carro bateu em um barranco, o que fez com que o veículo capotasse e caísse no córrego. 

Com a queda, o carro ficou praticamente submerso. Garrafas de bebida alcoólica foram achadas pelos bombeiros dentro do automóvel.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions