A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

25/12/2012 09:04

Noite de Natal registrou 39 acidentes nas ruas de Campo Grande

Francisco Júnior e Luciana Brazil
Um dos acidentes ocorreu na rua Joaquim Murtinho. Quatro pessoas ficaram feridas. (Foto: João Garrigó)Um dos acidentes ocorreu na rua Joaquim Murtinho. Quatro pessoas ficaram feridas. (Foto: João Garrigó)

Da noite de ontem (24) ao início da manhã desta terça-feira (25), foram registrados 39 acidentes em Campo Grande, de acordo com dados da Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito).

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Do total de acidentes, em 21 tiveram vítimas. O mais grave aconteceu na noite desta segunda-feira. Um motociclista ficou ferido ao colidir a moto que pilotava em um Honda Civic, no cruzamento da rua da Paz com a Ceará.

Para coibir as infrações no trânsito, os policiais da Companhia realizaram duas blitze no prolongamento da avenida Afonso Pena, no centro da cidade. Foram recolhidos oito veículos e dois motoristas acabaram detidos por dirigir embriagados. Eles foram encaminhados para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Dois acidentes na rua Joaquim Murtinho deixaram seis pessoas feridas. O primeiro acidente aconteceu as 19 horas, no cruzamento com a rua Bahia. Um veículo Agile acabou colidindo em uma caminhonete Tucson, que capotou.
O condutor do Tucson seguia sozinho no carro, e foi levado para a Santa Casa pelo Corpo de Bombeiros com suspeita de fratura de clavícula.

Já no Ágile, estava um casal com um bebê. Ninguém ficou ferido, entretanto, a criança foi levada para triagem médica preventiva. O nome dos envolvidos não foi revelado.

O segundo acidente aconteceu quatro horas depois, as 23 horas próximo ao acesso a avenida Ministro João Arinos. O motorista de um veículo Fox perdeu o controle da direção e o carro acabou capotando. Ele e a mulher que estava no banco do passageiro ficaram feridos.




Parabéns ao TC Alirio e aos militares da CIPTRAN, toda vez saem as ruas, salvam vidas, apesar de que não é possível a todos, pois tem muito motorista achando que é o "TRÂNSITO QUE MATA" e que os Bombeiros salcam. Não é bem assim: quem mata são os condutores, os Bombeiros e SAMU, resgatam e quando podem tentam garantir a vida nas melhores condiçoes ou diminuir a gravidade dos ferimentos. Vamos para de agir feito criança brincando fogo, uma ora vai dar errado e a queimadura poderá ser fatal ou deixar marcas pro resto da vida.
Aquela furadinha de sinal vermelho pode custar muito mais que sete pontos na CNH e R$ 191,54. SEJA VIVO, RESPEITE O SINAL VERMELHO.
 
Éder Vera Cruz em 26/12/2012 01:55:08
O pior de tudo é que na passagem de ano, o pessoal bebe muito mais. O melhor é ficar em casa ou sair antes de anoitecer.
 
Marcos Figueiredo em 25/12/2012 15:08:53
Com tanto álcool na cabeça e um monte de "barbeiros" , só poderia ocorrer isso mesmo
 
João André em 25/12/2012 11:31:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions