A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

03/03/2013 07:45

Número de acidentes chega a 33 nas últimas 24 horas em Campo Grande

Gabriel Neris e Viviane Oliveira
Único acidente com vítima fatal aconteceu no sábado pela manhã na avenida Guaicurus (Foto: Luciano Muta)Único acidente com vítima fatal aconteceu no sábado pela manhã na avenida Guaicurus (Foto: Luciano Muta)

A Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) registrou 33 acidentes de trânsito nas últimas 24 horas, em Campo Grande. O número é considerado normal para o final de semana.

Veja Mais
Pedreiro morre ao bater moto em caminhão parado na Guaicurus
Motociclista embriagado fica ferido em acidente no Jardim dos Estados

Do número total de acidentes 21 foram com vítimas e os outros 12 sem vítimas.

Uma pessoa morreu no trânsito da Capital. O pedreiro João José da Silva, de 36 anos, morreu ao bater a motocicleta Shineray que pilotava num caminhão estacionado. O acidente aconteceu por volta das 7h de sábado na avenida Guaicurus, na região sul de Campo Grande.

O motorista do caminhão, Abel Matheus Moreira, de 63 anos, disse que havia parado no local uns minutos antes para esperar um colega de trabalho. O pedreiro não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Na madrugada deste domingo (3) um homem foi preso por dirigir embriagado na avenida Afonso Pena. Por volta das 2h, policiais militares encontraram um veículo Montana com som elevado volume estacionado. O motorista do carro apareceu minutos depois tentando escapar da blitz.

Rodrigo Aquino Gayardo, de 27 anos, manobrou o veículo e recebeu ordem para estacionar o carro. De acordo com o registro policial, Gayardo teve dificuldades para encostar o veículo, já que não conseguia engatar a marcha e não atendia a orientação de puxar o freio de mão.

Quando desceu do veículo, os policiais notaram forte odor de álcool, alteração de equilíbrio do rapaz, e fala embargada. Gayardo confirmou que havia ingerido bebida alcoólica. O rapaz resistiu à prisão e foi necessário algemá-lo para condução a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) Centro. No carro foi encontrada uma garrafa de vodka, dois copos de vodka e uma sacola com gelo.




Falta autoridade na cidade nem Ciptran nem Agetran dão conta de fiscalizar. Sem contar que os erros de engenharia pioram o trânsito, ninguém respeita tanto sinal sem necessidade, se for parar em todos só chega no destino no outro dia. Falta competência pra quem deveria cuidar do trânsito. Não é a toa que continuamos vivendo esta epidemia.
 
Vani Antunes em 03/03/2013 11:59:37
Convenhamos que qualquer cidadão que vive em Campo Grande sabe muito bem como bebem e dirigem muitos pela cidade. É sabido, ainda, que é só dar uma volta que encontramos dezenas deles. Fica a pergunta: anunciar que um cidadão foi preso por dirigir após consumo de bebida alcoolica é brincadeira não é????? Ação....está faltando ação da polícia.
 
ANA GONÇALVES em 03/03/2013 10:40:24
Andando por Campo Grande, ainda vemos muita gente dirigindo depois de consumir bebidas alcólicas. Eu vi na serv ja, um motorista que comprou uma cerveja e saiu dirigindo e bebendo.
A polícia só prendeu uma pessoa no final de semana toda, é muito pouco, tem que ter mais fiscalização
 
gustavo machado ferreira em 03/03/2013 08:32:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions