A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

27/12/2011 18:29

Número de acidentes em rodovias dobrou em comparação ao Natal passado

Anny Malagolini

De acordo com balanço parcial da operação de Natal realizada pela PRE (Polícia Rodoviária Estadual), entres os dias 23 e 25, o número de acidentes em rodovias de Mato Grosso do Sul dobrou em comparação ao mesmo período do ano passado.

Foram registrados 14 acidentes com 18 vítimas. Duas pessoas morreram. Já no ano passado foram 12 acidentes, sete vítimas e uma pessoa morta.

"O aumento da frota de veículos e a alta velocidade são os principais motivos para o aumento de acidentes nas estradas do estado neste ano", afirma o assessor de imprensa do PRE, sargento Anderson Batista.

Ainda de acordo com ele, 90% dos acidentes acontecem por conta da imprudência dos condutores e alerta que "a atenção deve ser redobrada nas rodovias".

Durante os últimos dias de operação, que deve terminar no dia 2 de janeiro, 2.386 veículos foram abordados, 12 certificados de licenciamento anual e uma Carteira Nacional de Habilitação foram recolhidas e 72 autos de infrações foram aplicados.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Meu deus quanto desespero quando o jornal hoje abriu
Quantas mortes em acidentes que este jornal exibiu
Acidentes em rodovias que tantas vidas tiraram
Famílias que eram inteiras agora só são pedaços.

Com o coração doendo entre tantos embaraços
São crianças inocentes que perdem os seus abraços
São pais que em desespero enterram os filhos amados
Este vazio que fica entre aqueles que ficaram...

Tudo pela ignorância de uns minutos esperarem.
Ou sair mais cedo um pouco. Se cedo quisessem chegar
Deixam mortos pelos caminhos ou a vida neste lugar
Tudo por causa da pressa de quem nunca vai chegar...

Do desespero de ver quantos mortos em feriados
Onde pareciam festas de seres abençoados
Abusa do tal do álcool... este amigo do diabo
E se jogam nas rodovias ai ta feita o estrago...

E La nos funerais onde a família vai chorar
Recordando os filhos amados, reclamando os seus ais
lembrando que agora o tempo. Agora não contas mais
Pois na pressa que existiam seus entes ficou pra traz...

O que resta é chorar e pedir ao pai do céu para estes ele olhar
Pois na pressa do viver eles nunca voltam mais
Só se for a mensagens, mensagens espirituais...
Com a ajuda de amigos, amigos especiais.

Deixo aqui uma tristeza que te sirvas de lição
Se beber meu grande amigo. Esqueças da direção
Pois do álcool e o volante existes grandes lições
Que realmente aprendemos na beirada de um caixão...
(Zildo 15/11/11)
 
zildo de oliveira barros em 28/12/2011 07:57:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions