A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

14/07/2014 20:23

Ônibus que tombou na BR-364 saiu da Capital com 38 passageiros

Alan Diógenes
Acidente deixou dez vítimas, duas pessoas em estado grave. (Foto: Foto: Wagner do Carmo/Só Notícias)Acidente deixou dez vítimas, duas pessoas em estado grave. (Foto: Foto: Wagner do Carmo/Só Notícias)

A Viação Motta, empresa responsável pelo ônibus interestadual, que saiu de Campo Grande com destino a Cuiabá (MT), e tombou na madrugada desta segunda-feira (14) deixando pelo menos 10 feridos na BR-364, informou nesta noite que o veículo deixou a Capital com 38 passageiros. A empresa são não explicou ainda se existiam campo-grandenses no ônibus.

Veja Mais
Motociclista bate em muro de loja ao tentar ultrapassar veículo no Centro
Para polícia, motorista ainda 'não se tocou' sobre multas mais caras

De acordo com o auxiliar de tráfego da empresa, Marciley Ortiz, o número de passageiros também pode ter mudado em Rondonópolis, onde houve uma troca de motoristas. Por este motivo algumas pessoas podem ter descido ou subido no ônibus.

Marciley disse que não sabe como foi a viagem que resultou no acidente, por que liberou o ônibus para um motorista, o Milton José, mas o mesmo passou o expediente para o condutor Alex Gonçalves, já em Mato Grosso. Desta forma, não foi possível saber informações do caminho feito pelo último motorista.

As vítimas do acidente foram encaminhadas pelo Samu (Serviço de Atendimento móvel de Urgência) para um hospital da cidade de Campo Verde, a 139 quilômetros de Cuiabá. De lá, oito pessoas foram transferidas para um hospital de Jaciara, e após atendimento médico foram liberadas. Já as outras duas vítimas foram levadas para um hospital de Rondonópolis.

Duas pessoas, ambas de 56 anos, tiveram ferimentos mais graves, sofreram amputações nos braços, conforme a assessoria do Hospital Coração de Jesus/São Camila, de Campo Verde (MT).

O ônibus teria se desgovernado, tombado e capotado na rodovia. O veículo ficou atravessado no meio da estrada, e por isso o trecho ficou parcialmente interditado. A PRF (Polícia Rodoviária Federal) teve que fazer o controle do fluxo de veículos no local.

Entramos em contato com a gerência do Terminal Rodoviário de Campo Grande para saber se existiam campo-grandenses no ônibus, mas os telefonemas não foram atendidos.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions