A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 06 de Dezembro de 2016

20/04/2012 15:36

Para acabar com fila do exame prático, Detran muda agendamento

Nadyenka Castro e Luciana Brazil

Antes, autoescolas ‘seguravam’ vaga e candidatos faltavam. Desde o dia 16, prova só pode ser marcada 12h antes

Para fazer prova prática, candidatos esperam até 30 dias. (Foto: Simão Nogueira)Para fazer prova prática, candidatos esperam até 30 dias. (Foto: Simão Nogueira)

Com objetivo de acabar com a longa espera pelo exame prático para tirar a CNH (Carteira Nacional de Habilitação) para carros, o Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito) de Mato Grosso do Sul mudou o sistema de agendamento da prova.

Segundo o Detran, até o último dia 16, os Centros de Formação de Condutores agendavam prova no dia e com a antecedência que quisessem.

Isso fazia com que as autoescolas reservassem muitas vagas para um determinado dia e quando chegava a hora do exame, os candidatos faltavam.

Conforme apurado pelo Campo Grande News uma autoescola reservou 40 vagas e no dia, ninguém foi.

Diariamente, de acordo com apurado pela reportagem, eram disponibilizadas 150 vagas, depois caiu para 130 e agora são 100. Para os centros de formação, a quantidade de vagas reduziu porque examinadores foram mandados embora por conta de suspeitas de fraudes.

Esse sistema de reserva acabou causando fila para fazer o exame. Canditatos têm que esperar de 20 a 30 dias, após o término das aulas práticas obrigatórias, para fazer a prova.

Responsáveis por centros de formação, que preferem não se identificar, afirmam que por causa da espera, os candidatos precisam fazer mais aulas para fazer a prova, situação que prejudica o lado psicológico do aluno e o faz desembolsar mais dinheiro.

É o caso da autônoma Milca Katherine de Andrea, 22 anos. Ela teve que gastar mais R$ 315 para fazer mais aulas até o dia do exame.

A jovem terminou as aulas na última segunda-feira e só vai fazer o exame no dia 17 de maio. “Se eu deixasse de fazer as aulas talvez nem lembraria detalhes que eles [examinadores] cobram na hora e nem sempre são usados no dia dia”, disse.

Milca gastou R$ 315 a mais para fazer mais aulas até a proximidade da data da prova. (Foto: Simão Nogueira)Milca gastou R$ 315 a mais para fazer mais aulas até a proximidade da data da prova. (Foto: Simão Nogueira)

Segundo o Detran, a partir de segunda-feira, os exames só podem ser marcados 12 horas antes da prova. O órgão ainda não verificou se houve redução na fila.

Responsáveis por centros de formação, que preferem não se identificar, afirmam que por causa da espera, os candidatos precisam fazer mais aulas para fazer a prova, situação que prejudica o lado psicológico do aluno e o faz desembolsar mais dinheiro.

É o caso da autônoma Milca Katherine de Andrea, 22 anos. Ela teve que gastar mais R$ 315 para fazer mais aulas até o dia do exame.

A jovem terminou as aulas na última segunda-feira e só vai fazer o exame no dia 17 de maio. “Se eu deixasse de fazer as aulas talvez nem lembraria detalhes que eles [examinadores] cobram na hora e nem sempre são usados no dia dia”, disse.

Segundo o Detran, a partir de segunda-feira, os exames só podem ser marcados 12 horas antes da prova. O órgão ainda não verificou se houve redução na fila.

Motociclista que seguia no acostamento escapa por pouco de acidente
O flagrante na BR-163 foi enviado por uma leitora através do canal Direto das Ruas. A TV News esteve no local e constatou diversas irregularidades....
Adolescente que colidiu em caminhão estava com moto irregular
Rapaz de 16 anos ficou ferido ao furar um sinal vermelho e bater em um caminhão na manhã desta terça-feira....



Minha é linda neah, faze oqe? Virou garota propagaaanda agora :D
 
Jorge Jr em 20/04/2012 06:28:18
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions