A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

10/09/2011 07:43

Passageiro morre e condutor fica em estado grave em acidente na Capital

Aline dos Santos

O acidente ocorreu no cruzamento da avenida Júlio de Castilho, esquina com Presidente Vargas

O passageiro Antônio Martines, de 54 anos, morreu no acidente entre uma caminhonete e um carro na madrugada deste sábado em Campo Grande. A vítima estava no banco de trás do veículo Corsa (placas HRJ-5768).

Condutor do carro, Carlos Alberto da Silva, de 39 anos, sofreu ferimentos graves e foi levado para a Santa Casa. No Corsa ainda estava o passageiro Elieu Miguel da Silva, de 26 anos, que teve ferimentos leves.

Conforme boletim de ocorrência registrado na Depac/Centro (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), o acidente ocorreu no cruzamento da avenida Júlio de Castilho, esquina com Presidente Vargas.

A Ford Ranger (placas HRU-3069) seguia no sentido bairro centro. Segundo informações das testemunhas, o semáforo estava aberto para a caminhonete, mas o Corsa veio pela contramão. Antônio Matines morreu no local.

O condutor da caminhonete, identificado como Weldisley, fez teste do bafômetro, que apontou ausência de álcool. No Corsa, a polícia encontrou uma lata de cerveja, com resto do líquido. O caso foi registrado como homicídio culposo, sem intenção de matar.




Mas se várias pessoas entram pela contramão, será que existe sinalização suficiente para indicar que é errada a passagem ali? Porque o fato de ter uma lata de cerveja dentro do carro não é motivo para pre julgar... quem nunca entrou por engano numa contramão? É como disse Antonio Odair, para um acidente acontecer basta um segundo de bobeira.
 
Adriana Police em 10/09/2011 12:23:50
Tem-se de averiguar se esta rua (Pres. Vargas) está devidamente sinalizada, porque aqui em Campo Grande, a moda é não existir sinalização alguma....apesar de todos os impostos serem pagos (e caros).
 
marcia lima em 10/09/2011 11:15:31
Um dos horários que nos pega de surpresa, é o inicio da madrugada, meu pai sempre fala que é o período em que acontecem os piores acidentes de trânsito, com as vias livres, pessoal voltando de baladas, já com algumas na cabeça, ou indo para baladas, e vias vazias incentiva o condutor a passar em sinais vermelhos, andar com pé baixo, e até mesmo pelo fato de estar mais vazia, andar na contramão e fazer conversões em locais proibidos.
2 Meses atrás, presenciei um acidente no mesmo local por volta das 00:45, entre um Fiat Uno e um GM Vectra.
 
Ulisses Vicente em 10/09/2011 10:38:52
Provavelmente não queria um acidente, tem que se avaliar a condição de se estar na contramão se é bem assim o que aconteceu, se o outro não o viu e poderia diminuir a velocidade, há séries de razões que podem levar a um acidente, um segundo de bobeira e pronto.
 
Antonio Odair em 10/09/2011 10:34:52
Eu móro sob esquina da Presidente Vargas e quase todos os dias vejo condutores na contra mão,tava demorando pra isso acontecer...Inresponsábilidade mesmo....
 
Sandra Siqueira em 10/09/2011 09:56:56
na contramão da via e na contramão da vida é assim que se põe um fim na vida de outros.
 
jose feliciano alves dos santos em 10/09/2011 09:55:56
eu vi depois que acidente ocorreu,tava feia situação ali do coorsa branco...pra quem sobi sentindo terminal é livre pra vira a direita..pra quem desce a sentindo a cabeça de bói..ae sim eh proibido virar...cara que queria fazer cagada ali e acabou acontecendo isso...
 
Daniele Pileggi em 10/09/2011 08:14:00
O trânsito da cidade cada dia pior e o condutor do corsa ainda inventa de andar na contramão da via...
É pra acabar mesmo viu...
 
Wellington Sampaio em 10/09/2011 07:57:10
Dos poucos sinais em ruas de Campo Grande, ali tem sinal indicando sim e vindo do semitério para julio, é duas mãos. A falta de atenção em minuto pode levar a vida. Mas quem bebe não deve dirigir porque tira muito a atenção; quem quiser teimar pode continuar.
 
luiz alves pereira em 10/09/2011 07:48:57
-ISSO PROVA QUE AS LOMBADAS ELETRONICAS NAO SERVEM PRA NADA.
O QUE ACONTECEU FOI FALTA DE EDUCAÇÃO NO TRANSITO, OLHA QUE CONTRAMÃO É BASICO. ATÉ UM GURI DE BERÇO SABE QUE É PERIGOSO
 
Wilson Marques em 10/09/2011 06:13:00
Isso é pura falta de inteligência mesmo e falta de bom senso também, em frente a minha casa termina uma rua que é sentido único, tem DUAS placas de proibido virar a esquerda e mesmo assim o pessoal que passa por aqui não dá a mínima pra isso e segue na contramão, a qualquer momento algo parecido pode acontecer por aqui.
Cadê a Agetran nessas horas?
 
Oswaldo Benites em 10/09/2011 03:48:51
Acidentes não acontecem por acaso, afinal, um motorista que desrespeita as leis, dirige bêbado ou em alta velocidade, certamente, tem uma probabilidade muito maior de se envolver em acidentes do que um motorista consciente e responsável. Podia ter batido em um caminhão logo, mas menos mal que foi uma caminhote e se fosse uma moto, seria menos um por culpa de irresponsaveis no transito.
 
João guilherme em 10/09/2011 02:48:39
Na verdade é que o fluxo de carros em campo grande esta muito grande, então temos que tomar muito cuidado com nós e com os outros.
 
luiz carlos bittencourt em 10/09/2011 02:19:31
Enquanto os motoristas não aprenderem o que é DIREÇÃO DEFENSIVA e principalmente RESPEITO iremos ler isso ai um morre hoje outro amanhão e zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz
 
sandra lima em 10/09/2011 02:15:00
Passageiro é passageiro de um veículo que tem tripulação, ônibus, avião, etc, usado para fins comerciais.
Quando vi o título pensei tratar-se de um veículo de transporte coletivo.
Já que não apurou-se a profissão da vítima, que pelo menos então fosse colocado: "homem morre em acidente, etc..." por mais óbvio que seja, não induz o leitor à erro.
Obrigado.
 
Eduardo Vieira em 10/09/2011 01:50:57
- Mais uma vida que se perde e outras duas que ficam sequeladas... irresponsabilidade, imprudencia, negligencia? Quem sabe? Nem mesmo quem presenciou o acidente pode precisar uma coisa dessas, o certo é que mesmo estando fazendo o certo corremos o risco de cometer erros, agora, fazendo o desnecessário e o proibido, as chances de provocar uma tragedia e até sofrer as consequencias é imenso. Lamentável. Pesames à familia e não vamos prejulgar ninguem, vamos apenas colocar em nossas mentes a vontade de fazer o certo sempre, respeitando para ser respeitado e acima de tudo afim de preservar a vida humana, que parece ser nos ultimos tempos elemento de pouco valor, principalmente no transito da capital e do Brasil.
Viva a prudencia, viva a vida, viva a capacidade de se corrigir e agir dentro da lei. Vamos mais, e vamos devagar e sempre.
 
Zuza Ratier em 10/09/2011 01:03:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions