A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

29/06/2015 15:43

Perto de radar, Uno roda na pista e colide com caminhão na BR-163

Edivaldo Bitencourt e Ricardo Campos Jr.
Automóvel ficou destruído após colisão no anel rodoviário (Foto: Fernando Antunes)Automóvel ficou destruído após colisão no anel rodoviário (Foto: Fernando Antunes)

Um automóvel rodou na pista e bateu de frente com um caminhão, por volta das 15h desta segunda-feira (29), no anel rodoviário, na BR-163, entre as saídas para São Paulo e Três Lagoas. O motorista de uma empresa de equipamentos hidráulicos teve ferimentos graves e foi encaminhado para a Santa Casa de Campo Grande.

Veja Mais
Prefeito Gilmar Olarte vistoria obras do macroanel rodoviário da Capital
Carreta bitrem carregada de algodão tomba no anel rodoviário

O caminhão caçamba, conduzido por Luiz Henrique de Souza, 24 anos, trafegava da saída de Três Lagoas para a de São Paulo, quando o Fiat Uno, que ia no sentido contrário, rodou na pista. Após a perda de controle, a parte do automóvel onde fica o condutor bateu de frente com o caminhão.

Luiz, que levou um grande susto e não teve ferimentos, apontou duas hipóteses para o acidente. A primeira é que o motorista do Uno, identificado apenas como Diego, assustou-se com o radar instalado recentemente e perdeu o controle ao frear bruscamente.

A segunda hipótese é que o pneu do Uno estourou e causou o acidente. “Eu não sei o que aconteceu”, contou Luiz. “Ele rodou do nada e eu tentei frear, desviar, mas não consegui”, relatou.

O caminhão só não bateu em um poste de energia elétrica porque o guard rail (proteção metálica) o segurou e evitou a saída da pista.

Concessionária da rodovia, a CCR MS Via socorreu o motorista, que teve ferimentos em um dos braços, mas estava consciente, segundo um colega de trabalho. Ele estava há um mês na empresa de equipamentos hidráulicos e estava indo buscar um mecânico.

O tráfego ficou lento, mas não houve congestionamento porque os veículos utilizaram um acesso lateral de terra para fazer o desvio.




Pois é a muito tempo que eu falo sobre essas armadilhas, já passei por isso em um radar instalado na saída para Cuiabá bem perto da rotatória, o pior de tudo é a velocidade de 60 Km/h que colocam, aí você vem a uns 100 e de repente se depara com essa armadilha, se já tem limite regulamentado pelo CONTRAN pra o o DETRAN inventa radar com velocidade menor que a do CBT?
Alô MP vamos acordar em!
 
Junior_Ferreira em 29/06/2015 21:08:12
Esses radares colocados nas rodovias de trânsito rápido, no único objetivo de "arrecadar" ainda vão matar muitos inocentes em MS.
E o Min. Público?
Onde está o Min. Público para coibir essas armadilhas por parte dos governantes?
É só irem da CG a Anhanduí ou de CG até Corumbá e verão as aberrações de radares mal colocados nas rodovias com o afã de arrecadação !
 
Barbarossa em 29/06/2015 16:37:04
Esses radares "caça-níqueis" ainda vão causar mais mortes e tragédias, Só de CG a Corumbá são 23, em locais onde não passa uma capivara, em descidas bruscas em que o motorista tem de frear para não ser multado. Entre CG e Anhanduí tem radares que são armadilhas para multar e matar o condutor de veículos. E nas descidas pasmem!
Se uma carreta vier atrás ela vai passar por cima de você!
O Ministério Público não vê isso?
O ágil Ministério Público não vai se manifestar em defesa da vida do cidadão? Vai continuar essa imoralidade? Até quando? Até o dia em que morrer um procurador de Justiça ou alguém de projeção política no Estado de MS. Uma vergonha, estão brincando com a segurança e a vida das pessoas no afã de "arrecadar"!
 
Barbarossa em 29/06/2015 16:28:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions