A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Janeiro de 2017

18/10/2011 11:48

Com Capital perto de recorde positivo no trânsito, ciclista morre na Santa Casa

Ângela Kempfer

Depois de 8 dias sem mortes no trânsito, Campo Grande voltou a zerar o placar da vida.

Veja Mais
Morador de rua é socorrido em estado grave após ser atropelado
Motociclista morre ao ser atingido por veículo em cruzamento na Vila Ipiranga

Aposentado de 63 anos morreu ontem na Santa Casa, depois de duas semanas internado.

Ele teve traumatismo craniano ao sofrer acidente no dia 3 de outubro, no cruzamento da Rui Barbosa com a rua Amazonas, no bairro São Francisco.

Segundo a Agetran (Agência de Transporte e Trânsito de Campo Grande), o aposentado caiu da bicicleta sozinho, sem colidir com qualquer outro veículo.




Ora!Ora! Se o cidadão teve um mal súbito e veio a bater com a cabeça no meio fio, não há acidente de trânsito neste fato, assim como uma bala perdida que acerte um motorista e cause um acidente. Acidente de transito tem características próprias:agente(motorista) e vítima(pessoas, animais) ou objeto(poste, árvore,muros, etc.)
 
Almerindo de Oliveira em 18/10/2011 12:14:20
Mas galera, isto não foi uma morte causada por imprudência, violência, e a bicicleta não é um veículo auto motor, embora faça parte do trânsito, não deveria computar no placar na vida. Não houve culpado, foi uma fatalidade!!!
 
Gustavo Cesar Capilé Gonçalves em 18/10/2011 12:01:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions