A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

16/03/2014 19:06

Polícia apreende carro que atingiu e matou adolescente na Ceará

Kleber Clajus
Veículo foi apreendido graças ao registro da placa por testemunhas do acidente (Foto: Kleber Clajus)Veículo foi apreendido graças ao registro da placa por testemunhas do acidente (Foto: Kleber Clajus)

A Polícia Civil apreendeu, neste domingo (16), o carro Peugeot 307 que atropelou e matou o adolescente Alisson Cristian Valter Bueno, de 16 anos. O motorista permanece foragido, já o veículo foi localizado por policiais da Depac (Delegacia de Prontoatendimento Comunitário) Piratininga em uma residência no Bairro Jardim Morumbi, em Campo Grande.

Veja Mais
Adolescente que morreu na Avenida Ceará voltava do trabalho, diz família
Motorista atropela, mata ciclista de 16 anos, foge e é procurado pela Polícia

De acordo com a delegada plantonista, Anne Karine Sanches, a localização foi possível porque testemunhas anotaram a placa do veículo. Com esses dados, a equipe chegou ao condutor, o advogado Ciliomar Marques Sanches, 27 anos, que permanece foragido. A apreensão ocorreu por volta das 11h.

“As testemunhas fizeram o reconhecimento fotográfico do veículo e motorista. Também foram encontradas duas garrafas de cerveja vazias no interior do carro e o documento”, comenta a delegada.

O caso será investigado pela 3º DP (Delegacia de Polícia).

Acidente – Alisson retornava de bicicleta, na noite de sábado (15), de uma churrascaria próxima ao Comper da Ceará onde trabalhava há um mês.

Conforme boletim de ocorrência, quando ele seguia para entrar na Afonso Pena foi atingido pelo Peugeot 307, bateu a cabeça no para-brisa e morreu no local. O motorista do carro fugiu sem prestar socorro.

A família do rapaz, que morava no Bairro Itamaracá, ficou sabendo de sua morte quando tentou na manhã de hoje registrar boletim de ocorrência por desaparecimento.

O velório de Alisson começou a partir das 18h no Centro Comunitário, da Rua Afonso Celso, nº 51, no Jardim Los Angeles.




Que belo exemplo de compaixão ao proximo, palhaçada, "o advogado" bebe, bate e mata uma pessoa inocente e foge do flagrante, logo irá se apresentar e responderá em liberdade, pronto pra fazer tudo de novo. O ser humano só pensa nele mesmo, que se lasque o proximo, mesmo vitíma da sua irresponsabilidade.
 
Adauto Correa LIma Junior em 17/03/2014 10:39:19
Advogado, omissão da socorro, homicídio culposo e fugiu do flagrante...
Se apresenta depois do flagrante, assina e vai sorrindo pra casa...
Sr Delegado pede logo a prisão preventiva desse sujeito, pois já é foragido!
Família do jovem vítima, vá para as ruas, protestam, cartazes...etc.
Vamos lá justiça Brasileira, TRABALHA QUE O POVO QUER VER!!!
 
Luciano Silgueiro em 16/03/2014 21:03:25
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions