A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

14/12/2014 17:27

Polícia registra 20 casos de embriaguez ao voltante em menos de 30 horas

Liana Feitosa
Polícia Civil registrou 20 ocorrências de embriaguez ao voltante em 26 horas no Estado. (Foto: Marcos Santos / Agência USP)Polícia Civil registrou 20 ocorrências de embriaguez ao voltante em 26 horas no Estado. (Foto: Marcos Santos / Agência USP)

Em 26 horas, 20 ocorrências de embriaguez ao volante foram registrados pela Polícia Civil em Mato Grosso do Sul. Os casos, que ocorreram entre 2h da manhã do sábado (13) e 8h15 da manhã de domingo (14), apontam para um crime que tem feito vítimas no trânsito.

Veja Mais
Quase metade dos usuários de álcool começaram a beber com menos de 18 anos
Motorista bêbado e sem CNH provoca colisão e capotagem na BR-262

A cidade de Três Lagoas, a 338 quilômetros de Campo Grande, foi a campeã de ocorrências no final de semana, com quatro casos. Na capital, dois casos foram registrados.

Ontem (13), em Campo Grande, a polícia foi chamada para atender uma ocorrência de acidente de trânsito sem vítima. Segundo o boletim de ocorrência, o autor, Antônio Carlos Rodrigues, de 42 anos, conduzia um veículo Ford Fiesta branco na avenida Júlio de Castilho, sentido leste/oeste por volta das 22h45.

Caso - Ele realizou uma conversão à direita para entrar na rua Santo Amaro, mas acabou colidindo de frente com uma GM S-10 preta, que estava estacionada na contramão da via.

Com o impacto, a S-10 acabou se chocando em um Renault Clio de cor azul, que estava estacionado na via de forma correta. O condutor foi submetido ao teste do bafômetro porque exalava forte odor etílico, segundo a polícia.

O nível aferido foi de 0,57 mg/l (miligramas de álcool por litro de ar), sendo que o máximo permitido pela lei é de 0,05 mg/l. Já que o veículo não estava devidamente licenciado, foi guinchado para o Detran (Departamento de Trânsito). O condutor tem CNH (Carteira Nacional de Habilitação).

Embriaguez - Em 2013, 500 carteiras de habilitação foram suspensas por embriaguez em Campo Grande, segundo o presidente do Detran/MS, Carlos Henrique Santos Pereira. O número foi três vezes maior do que em 2012.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions