A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

28/08/2014 17:56

Prefeito entrega selo Qualidade Escola Segura a colégios da Capital

Ludyney Moura e Alan Diógenes

O prefeito Gilmar Olarte (PP), participou na tarde desta quinta-feira (28), da entrega do selo Qualidade Escola Segura 2013, às escolas da rede pública da Capital que participam do projeto Vida no Trânsito, desenvolvido pela Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito).

Veja Mais
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves

“O projeto é importante para o município. Também porque nós acreditamos que a educação das crianças pode transformar uma sociedade. Com este projeto essa geração de hoje será educada e fará a diferença no trânsito futuramente. Já que hoje em dia o trânsito é um dos maiores causadores de morte”, disse o diretor-presidente da Agetran, Jean Saliba.

A entrega do selo aconteceu no auditório do CREA-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso do Sul). Ao todo 50 escolas participam do projeto, com ações de teatro, palestras, blitze educativas, entre outras atividades temáticas ligadas ao trânsito.

O projeto é aberto para escolas municipais, estaduais e particulares da Capital, e de acordo com a pontuação alcançada nas atividades recebem os selos ouro, prato ou bronze. As unidades participantes foram premiadas com tablets, bicicletas e outros brindes.

A chefe de divisão de educação no trânsito da Agetran, e coordenadora do projeto Vida no Trânsito, Ivanise Rotta, destacou que os trabalhos são sistematizados e visam a preservação da vida. “Toda a comunidade escolar se envolve para que não ocorra acidentes com as crianças, tanto no entorno das escolas, como na comunidade. E esses alunos levam as informações recebidas para dentro de casa. São multiplicadoras de segurança”, explicou.

Já a professora Cristiane Lahdo, coordenadora da escola municipal Dr. Eduardo Olímpio Machado, explicou que o corpo docente planeja as atividades temáticas dentro do currículo da escola, e decidem em conjunto como transmitir as informações. “Isso acaba sendo algo natural para os alunos”, pontuou.

Inserida em 2014 no projeto, a escola estadual Maria Eliza Bocayuva Corrêa da Costa, prepara duas atividades especiais para os alunos. No dia 21 de outubro uma maquete do bairro onde funciona o colégio, Vila Margarida, será construída no interior da escola, e os alunos terão a oportunidade de sinalizar as ruas e cruzamentos que acharem mais perigosos.

“Toda a escola está envolvida. Os alunos estão embebidos com o projeto. Desta forma as crianças podem ter um conhecimento do que é certo e errado no trânsito”, disse Ana Maria Campos Borges, coordenadora da escola, que no dia 7 de setembro também fará uma passeata de conscientização sobre regras de trânsito nas ruas do bairro.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions