A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

07/06/2016 10:43

Professor morto em acidente lecionava há 10 anos em três escolas

Viviane Oliveira e Guilherme Henri
Hoje de manhã dezenas de pessoas acompanhavam o velório no local. (Foto: Guilherme Henri) Hoje de manhã dezenas de pessoas acompanhavam o velório no local. (Foto: Guilherme Henri)
Edson morreu em acidente na rodovia estadual. (Foto: divulgação/Facebook) Edson morreu em acidente na rodovia estadual. (Foto: divulgação/Facebook)

Apesar da pouca idade, o professor de Educação Física, Edson Diego Aparecido Belchior Corrêa, 29 anos, morto em acidente de trânsito na manhã de ontem (6), lecionava há 10 na Escola Municipal Licurgo Oliveira Bastos, na Vila Nasser, em Campo Grande. Hoje centenas de pessoas, entre amigos, professores e parentes acompanharam o velório no cemitério Jardim das Palmeiras.

Veja Mais
Prefeitura decreta luto nas escolas em que professor morto em acidente lecionava
Professor que morreu em acidente foi encontrado pela mulher e cunhado

Diretora da escola há 26 anos, Soraia Inácio de Campos se emociona ao falar do professor. Ele era concursado e dava aula em dois períodos na Escola Liturgo e ainda lecionava em mais dos colégios.

Ontem, segundo a diretora, Edson seguia para a Escola Barão do Rio Branco, em Rochedinho, onde entregaria um documento para participar, aos sábados, do projeto Escola Viva, da Semed (Secretária Municipal de Educação).

Ele estava muito feliz porque a esposa havia passado no concurso também para professora. “Diego estava sempre disposto e com sorrido no rosto. Para ele não existia a palavra não, depois e espera um pouco”, diz a diretora e amiga. Ela acrescenta ainda que o professor sempre será lembrado como amigo, companheiro, parceiro, bom profissional e dedicado.

Na página do Facebook de Diego, várias alunos lamentam a morte do professor. “Saudades de você, queria que fosse mentira”, diz uma das alunas em homenagem ao educador. O enterro está previsto para acontecer ainda nesta manhã no cemitério Jardim das Palmeiras.

Acidente - O corpo do professor foi localizado pelo irmão e pela esposa, Fernanda Costa Amorim, 28 anos, na MS-10, estrada que liga Campo Grande ao distrito de Rochedinho. “Ele saiu de casa por volta das 9h e, como na hora do almoço não tinha retornado ainda, a esposa ficou preocupada e ligou na escola.

Lá, ela foi informada de que o marido não havia chegado ainda. Preocupada, Fernanda chamou o cunhado e os dois foram fazer o mesmo percurso até o colégio, quando encontraram o rapaz e a moto Suzuki 750 cc, que ele pilotava, toda retorcida e amassada próximo ao corpo. No local também havia uma seriema morta.

Os policiais acreditam que o professor tentou desviar da ave, que atravessa na pista, quando atropelou, perdeu o controle da direção, bateu no barranco e com impacto foi lançado. No local, não foi encontrada nenhuma testemunha do acidente.

Luto - A Prefeitura de Campo Grande declarou luto oficial nas três escolas da Reme (Rede Municipal de Ensino) em que o professor Edson lecionava. As escolas que estão de luto pela morte do professor são a Desembargador Carlos Garcia de Queiroz, Barão do rio Branco e Licurgo de Oliveira Bastos. Ao longo do dia, a bandeira ficará hasteada meio mastro nas três escolas em memória do professor.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions