A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

16/03/2011 08:58

Prolongamento da Ernesto Geisel vira dor de cabeça por conta da velocidade

Paula Maciulevicius
(Foto: João Garrigó)(Foto: João Garrigó)

O prolongamento da Avenida Ernesto Geisel trouxe avanço para a região, mas tirou o sossego de quem vive ao redor. A alta velocidade dos veículos tem sido um problema aos moradores da região.

Eles afirmam que a situação se agrava por volta 17h30, hora em que as pessoas retornam do trabalho. Segundo os "vizinhos" da avenida, seja de carro ou de moto, os motoristas abusam.

Há até quem diga que alguns promovem racha na via, no entanto, as disputas só acontecem à noite.

"A avenida é comprida e à noite vira pista para racha", reclama a dona-de-casa, Jaqueline Mara Melo.

A equipe do Campo Grande News esteve no local esta tarde e flagrou apenas um motociclista que em alta velocidade assustou pessoas que estavam a pé. No entanto, queixas não faltaram.

“A via se tornou perigosa, não tem semáforo nem redutor de velocidade. Eu já vi dois acidentes e as crianças têm que atravessar aqui para ir e voltar da escola”, comenta o pedreiro Jorge Vareiro, morador do bairro Mata do Segredo.

A pista de caminhada com área verde cria um ambiente ideal para a prática de exercício. O local, que teria tudo para ser tranquilo, preocupa quem precisa além de manter a saúde, ter cuidados com o trânsito da região.

“Aqui os carros excedem a velocidade mesmo, ultrapassagem proibida então, já vi várias. Inclusive ontem, três carros estavam vindo na contra mão, tentando ultrapassar na curva”, diz o promotor de vendas José Adriano Teixeira.

Para os que acompanharam o desenvolvimento da região, como o aposentado Rui Vaz e a dona do bar que fica em frente a Avenida, Maria das Graças Rodrigues, nem parece o mesmo local.

“O povo corre tanto, que não dá nem para assistir TV em casa, por tanto barulho que faz. É tão violento, que os motoqueiros passam e a gente põe a mão na cabeça e só pensa Meu Deus”, explica Maria das Graças.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Tudo se culpa o poder público. Ninguém para para pensar que se uma via tem iluminação insuficiente, o motorista tem que ser mais PRUDENTE? Se falta sinalização de trânsito, também falta CAUTELA dos condutores. Os condutores habilitados são muito irresponsáveis!!
 
Martha Romeira em 18/03/2011 11:12:01
Gente complementando os comentarios esse local nem tem luz, voltando a noite da aula é um breu se sair mais cedo nem da pra passar...
 
Nahu Gomes em 17/03/2011 12:21:03
Isso sem falar dos bairros em torno que estão em péssima situação de circulação. Buracos e mais buracos, ônibus que deixam de passar em suas linhas pra evitar prejuízos e a população só tomando...
 
Igor Padilha em 17/03/2011 07:48:03
TODAS GRANDES CIDADES DO BRASIL,POSSUI PISTAS E AV. DE TRANSITO RAPIDO.NO RJ POR EXEMPLO TEMOS A AV. BRASIL,ACHO QUE CAMPO GRANDE DEVIDO AS GRANDE DISTANCIAS ENTRE ALGUNS BAIRROS PODERIA DOBRAR O NUMERO DE AV. COMO A ERNESTO GEISEL.
 
edson gonçalves em 16/03/2011 12:57:03
olá sou morador do bairro Danúbio Azul, regiao norte da capital, estou enviando meu pedido para que as autoridades para que olhem aqui e providendiem asfalto para o bairro, sabendo que moramos a 3 minutos do meio do parque dos poderes e a muito tempo nao tomam providencias ao nosso respeito faz mais de um ano que falaram que o asfalto passaria aqui e nada ate agora. Gostaria que fizessem um apelo junto a prefeitura.
 
simplicio pereira em 16/03/2011 12:38:31
mais a falta de ilunimaçaõ ajuda muito , e faz com que os acidentes acontece com muita facilidade.
a população em vez de comenorar o crescimento, melhoria da pista para melhor atender os motorista ... ficam abusando da velocidade . e com isso tira vida de pessoas inocentes .
 
ane cristhyan em 16/03/2011 11:45:29
Cadê os Amarelinhos? AGETRAN que só saber multar e ainda por cima multar muitas pessoas que nem racha não fazem e são trabalhadores digno de compreensão e educação, e esses funcionários da AGETRAN não essa educação merecedora. Agora o caso está acontecendo e para isso fazem vista grossa. É uma situação complicada, porque não fazem por onde merecerem elogios.
 
Loester Ferreira em 16/03/2011 11:22:42
Esta região está muito abandonada pela prefeitura. Simplesmente fizeram o prolongamento e acabou. Algumas ruas que cruzam a Ernesto geisel estão intransitaveis devido as chuvas, foram os lixos que as pessoas jogam nas matas. É preciso que a prefeitura tome uma atitude. Moro no bairro mata do segredo e a estrada está totalmente ruim, carros vivem atolando. Ao pessoal do Campo Grande News fica a dica de fazer uma reportagem sobre as ruas que fazem cruzamento com o prolongamento da avenida.
 
Kelly Paredes Mercado em 16/03/2011 11:19:52
A prefeitura deveria ter liberado a via após a instalação de redutores de velocidade. Todo mundo sabe que isso ia acontecer e vai continuar acontecendo ate que façam a instalação de radares e redutores de velocidade.
 
Roberson Motter em 16/03/2011 11:05:51
Situação idêntica foi com a Via Park, após a morte de algumas pessoas, os redutores de velocidade foram instalados. Uma sugestação aos moradores da região, cuidem de seus filhos e cobrem ações do poder público.
 
ANTONINHO BRUSCHI em 16/03/2011 10:59:58
Depois vem motorista reclamar que o buraco no asfalto cortou o pneu dele. Em primeiro lugar: bem feito. Em segundo: se caiu no buraco é porque não deu para desviar. Se não deu para desviar é porque estava em alta velocidade!!!! Os motoristas de Campo Grande só sabem reclamar, mas exercer seus deveres, NADA!!! Espero que a Prefeitura instale radares na região, assim, os codutores responsáveis manterão a velocidade dentro do permitido e os imprudentes vão ter de abrir a carteira para pagar MULTAS!
 
Luana Macêdo em 16/03/2011 10:41:52
Bom não vou criticar acho que a reportagem é boa, vamos tentar melhorar, vou dar um conselho para agetran que certamente o senhor diretor lê estas materias, nesta via que é de auta velocidade tem que se fazer que nem na interlagos colocar as placas de 50km ou 60km, faixas de pedestre para os pedestres passarem, placas de pare uma boa sinalização para o motoristas, a educação no trânsito é para todos os motoristas de Campo Grande tem que aprender a ser educado. Um bom exemplo é na orla morena com sinalização adequada ou na fabio zaran, que tambem tem uma boa sinalização apesar de lá contem tambem vários sinaleiros que ajuda muito. Bom desta fez não quis criticar estou tentando ajudar, por que muitas vezes só criticas não adianta.
 
Marcos Rogerio da Silva em 16/03/2011 10:25:38
As autoridades de trânsito precisa fazer ações preventivas , repressivas e educacionais para que os infratores não tirem vidas inocentes e não esperar algum acontecimento grave para fazer a ação que por lei é de direito.
 
Carlos Magno Miranda em 16/03/2011 09:39:09
Moro em um condomínio ao lado desta avenida, e já presenciei 3 acidentes, sendo 2 capotamentos de veículos.. Não há sinalização alguma, existe uma pequena curva logo na entrada da avenida que a torna mais perigosa, e não há redutor de velocidade. Aliado a isso, os motoristas de Campo Grande não respeitam a sinalização. Não adianda comparar com as vias rápidas de cidades com SP e RJ, onde os motoristas utilizam ruas assim. Aqui é diferente, os motoristas não sabem utilizar vias rápidas, pois são ruins no trânsito. A prefeitura precisa rever esse projeto desta rua, pois se continuar assim, veremos vidas sendo ceifadas pela negligência da prefeitura e de motoristas inconsequentes.
 
Gilson Nantes em 16/03/2011 05:22:41
E de concordar com as pessoas a preocupacao sobre a alta velocidade, pois tambem devemos olhar pelo lado "seguranca". Esta parte do prologamento dito e um lugar totalmente isolado e com movimentacao no horario de retorno. A de se ver que apos este horario so tem um maior movimento na saida da UCDB ou seja 22:30hs
 
antonio PEREIRA NETO em 16/03/2011 04:20:47
A algum tempo entrei em contato com a seintrha reclamando da iluminação e da primeira curva logo que se passa pela Avenida Mascarenhas de Moraes, a curva é fechada, a ciclovia começa no meio do canteiro e não tem acesso adequado e nem faixa de pedestres, pra piorar tem uma ponte que estreita a ciclovia na curva sem proteção nenhuma e só um meio fio separa a mesma de um barranco de uns 5 metros de altura, por fim o risco de acidentes não fica só no asfalto, os engenheiros responsáveis por esta obra precisam rever este projeto e consertar esses erros antes que algum pedestre se machuque ou caia naquele corrego, tive ainda a informação de que a obra é de responsabilidade do estado e que a mesma não tinha sido entregue a prefeitura, ai perguntamos, como não se termina direito uma obra e ja se libera o transito??

 
Oswaldo Junior em 16/03/2011 02:45:06
O alongamento da avenida foi muito desejado e anciado por todos. Quando chegou, embora ainda não concluido, facilitou muito para os moradores da região. Porém, o que se esperava é que, não demorasse tanto para a conclusão da obra. Faltam ainda ilumição, sinalização, placas educativas e principalmente fiscalização. Sou moradora do bairro Otavio Pécora, e como todos aqui, anciamos por mais atenção das autoridades, porque para nós, além de comodidade a avenida também é uma alternativa para nossas caminhadas, mas que por falta de iluminação e segurança tem nos limitado a usa-la melhor.
 
Sandra Rocha em 16/03/2011 02:44:45
Infelizmente as autoridades só tomarão alguma atitude após alguém vir a óbito porque antes disso duvido muito, realmente ali precisa com urgência de um radar ou mesmo um quebra-molas, ja ajuda bastante.
 
Laudson do Prado Rosa em 16/03/2011 02:11:55
Eu sou usuária desta Avenida e de seu prolongamento, pois, utilizo-a para ir e vir do meu trabalho todos os dias, gastando menos tempo e também combustível, ou seja, só veio a facilitar e muito esse prolongamento. Mas como tudo tem um porém, existe na Avenida placas de sinalização de 60km que não são repeitadas, como faço uso todos os dias é notório o abuso de velocidade do condutores e também as ultrapassagens indevidas, alguns motoristas chegam a businar por que estou respeitando a sinalização e trafegando na velocidade permitida, espero que as providências necessárias sejam tomadas para que não ocorra nenhum acidente grave ou mesmo uma tragédia no local. Só quem faz uso e quem mora próximo ao local que sabe o tamanho do desrrespeito dos condutores dessa cidade.
 
Tatiana Fernandes em 16/03/2011 01:22:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions