A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

01/09/2012 13:34

Pronta, ciclovia na Gury Marques é caminho para passeio e trabalho

Paula Vitorino
Ciclovia serve para passeio, mas também é trajeto para o trabalho. (Foto: Simão Nogueira)Ciclovia serve para passeio, mas também é trajeto para o trabalho. (Foto: Simão Nogueira)

Bem no meio de uma das avenidas mais movimentadas de Campo Grande, a Gury Marques, as bicicletas ganharam um espaço próprio. São 6 mil metros de ciclovia abertos no canteiro central, longe da disputa de pista com as centenas de carros, motocicletas e caminhões.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A obra orçada em R$ 1,7 milhão faz a ligação da avenida dos Cafezais até a Costa Silva, onde se encontra com a ciclovia da Via Morena.

O trajeto já está quase pronto, faltando apenas alguns detalhes de acabamento, e servindo de local de passeio, mas, principalmente, de meio de locomoção para a maioria dos moradores da região, que utilizam a bicicleta para ir e voltar do trabalho, mercado e outros locais.

Ciclovia começa na avenida dos Cafezáis. Ciclovia começa na avenida dos Cafezáis.

São trabalhadores como o motorista Luiz Otávio da Silva, de 49 anos, que utiliza a bicicleta todos os dias para ir trabalhar e por meio das ciclovias consegue chegar aos destinos com mais rapidez e segurança.

Ele conta que com o novo prolongamento da ciclovia “já consigo sair das Moreninhas (onde mora) e ir até o Atacadão da Duque de Caxias”.

Segurança - Para o frentista Flávio da Silva de 35 anos, o maior benefício da ciclovia é a segurança.

“Era muito perigoso andar na avenida, tem muito movimento e caminhão”, lembra.

Agora, ele frisa que o trajeto pode ser feito com tranquilidade e frisa que a avenida realmente precisava de uma ciclovia.

“A avenida precisava, tem bastante bicicleta por aqui. Ficou muito bom”, diz.

Ciclistas devem ter cuidado com os cruzamentos. Ciclistas devem ter cuidado com os cruzamentos.

Trânsito - A tranquilidade dos ciclistas só é interrompida quando é preciso cruzar as vias que cortam a Gury Marques. O trajeto ainda conta com terminal de ônibus no caminho e rotatórias.

“Tem que ficar atento nos cruzamentos”, alerta o motorista Nivaldo Espíndola, de 44 anos.

Ele utiliza a bicicleta todos os dias e diz que apesar das ciclovias é preciso ter cuidado no trânsito. “Está tudo sinalizadinho, mas o fluxo de carro é intenso”, diz.

Mas entre a avenida Interlagos e a Universidade Federal, são os postes que no meio do percurso que atrapalham o trajeto.

O secretário de Obras, João De Marco, ainda frisa que um dos principais benefícios da ciclovia foi a readequação do trânsito na Gury Marques no cruzamento com a Guaicurus.

“O local foi totalmente modificado e sinalizado”, diz. O cruzamento ganhou um canteiro, que permite ao condutor que segue pela Guaicurus cruzar a Gury Marques.




EU PARABENIZO A INICIATIVA DA PREFEITURA COM RELAÇÃO AO AUMENTO DAS CICLOVIAS E A SABENDO QUE COM ISSO NUM FUTURO PRÓXIMO IREMOS TIRAR DAS ESTATISTICAS A MORTES DE CICLISTAS.QUE O MINISTERIO PÚBLICO SAI DETRAS DAS MESAS,TIRAR O PALETÓ EO CHEIRO DE GASOLINA DO CORPO E VENHA PEDALAR PARA VER QUE NÃO HÁ ESTRAGOS NO CANTEIRO E SIM INTEGRAÇÃO DA NATUREZA COM A SAÚDE DE QUEM PEDALA,POLUIÇÃO NUNCA MAIS.
 
luiz carlos em 02/09/2012 10:58:27
E como tem gente que ainda é contra a ciclovia na afonso pena...Bando de atrasadoooo!!
 
nandialla aranda em 02/09/2012 08:27:28
Os motoqueiros é quem vão usar muito esta ciclovia.
Agetran favor fiscalizar todos os dias.
 
Fabiano Nogueira em 02/09/2012 07:39:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions