A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

14/02/2011 14:07

Repórter News: Leitora presencia atropelamento em frente a UCDB

Paula Vitorino

Acadêmica de Direito foi atropelada por uma moto

Jovem foi atropelada em frente a Universidade (Foto: Marithê Lopes)Jovem foi atropelada em frente a Universidade (Foto: Marithê Lopes)

A estudante de jornalismo, Marithê Lopes, presenciou um atropelamento em frente a UCDB (Universidade Católica Dom Bosco), na manhã de hoje, e enviou para o Repórter News. Segundo informações da leitora, a vítima foi uma acadêmica de direito da UCDB. Ela foi atropelada por uma motocicleta Honda Titan, de cor preta, sem placas.

O acidente aconteceu por volta das 11h, no horário de saída dos acadêmicos da Universidade. De acordo com Marithê, a acadêmica de Direito atravessava a Avenida Tamandaré, em direção ao ponto de ônibus, que fica do outro lado da via, quando foi atingida pela moto.

“Por falta de atenção e pressa ela não viu a moto”, diz. A garota foi socorrida por populares no local e pela equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência).

A leitora do Campo Grande News ainda relata que a motocicleta também atingiu um ônibus do transporte coletivo, que estava parado no ponto.

Um rapaz estava guiando a moto, que também levava um passageiro. De acordo com Marithê, não foi possível identificar a vítima e o condutor.

A leitora também denuncia a falta de sinalização no local, que têm grande fluxo de veículos, principalmente no horário de chegada e saída dos alunos da UCDB.

“A avenida é demasiadamente movimentada e não possui faixa de pedestre, nem redutor de velocidade. Por ter um fluxo de pedestres elevado, em função da Universidade, a sinalização deveria existir e seria importante para evitar e até erradicar acidentes no local”, ressalta.




A região da UCDB, em matéria de trânsito é terra sem lei. Em qualquer horário que se passa por lá é possível flagrar o cometimento das mais diversas infrações de trânsito: Veículos sobre calçadas, veículos estacionados nas esquinas, nos acessos (entrada e saída) de estacionamento, veículos estacionados muito próximos aos pontos de ônibus, e não raro, junto aos pontos. Muitos arruaceiros (acadêmicos mesmo) que se exibem fazendo manobras perigosas e carregando colegas em carroceria ou sobre capot de seus veículos. Isso é facilmente percebido não apenas nas noites de sextas-feiras, mas em vários outras noites, e também durante o dia. Bom seria que equipes de trânsito e policiamento tático pudessem realizar rondas periódicas naquela região. Blitzs surpresas também seria interessante.
 
Fernando Silva em 15/02/2011 08:22:47
O trânsito na Tamandaré em frente a UCDB as sextas-feiras no periodo noturno vira um caos, fica impossivel transitar ali, é carro estacionado dos dois lados da via, pessoas no meio da rua, tudo isso devido a shows que ocorrem no Takos Bar... kd as autoridades de transito e d+ autoridades ???
 
Pedro Henrique em 14/02/2011 05:30:21
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions