A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

30/06/2014 17:05

Rodovias em boas condições e imprudência elevam mortes em MS

Renan Nucci
Acidente entre carro e moto resultou na morte de duas pessoas em Itaporã. (Foto: Dourados Agora)Acidente entre carro e moto resultou na morte de duas pessoas em Itaporã. (Foto: Dourados Agora)

O aumento da frota de veículos e as boas condições das pistas, juntamente com a imprudência de alguns condutores, são fatores responsáveis pelo aumento de 22,6% no número de acidentes de trânsito nas rodovias estaduais de Mato Grosso do Sul, afirma o tenente-coronel Waldir Ribeiro Acosta, comandante da PRE (Polícia Rodoviária Estadual).

Veja Mais
Acidente que matou 2 e feriu 4 foi causado por falha mecânica
Polícia suspeita que motociclista morto em acidente estava bêbado

Segundo dados divulgados pela corporação, nos primeiros seis meses de 2014 foram registrados 546 acidentes com 268 vítimas, contra 445 acidentes e 224 no mesmo período do ano passado. O número de mortes cresceu 36%, passou de 47 para 65 no mesmo período. O coronel afirma que, diante deste cenário, a PRE tem adotado operações específicas e intensificado as fiscalizações. 

“O número de equipes nas estradas praticamente quadruplicou. Estamos com vários policiais na rua, inclusive aqueles que possuem cargos administrativos. Nosso objetivo é tentar orientar condutores e prevenir acidentes. Também atuamos na questão da repressão, apreendendo veículos irregulares e condutores infratores”, explicou o comandante da PRE.

A declaração do coronel Waldir é sustentada pelas estatísticas apresentadas. Os números mostram que assim como acidentes, a quantidade de multas aplicadas também aumentou, saltando de 3.705 para 4.521, e o de CNHs (Carteira Nacional de Habilitação) recolhidas subiu de 399 para 707, também em comparativo entre primeiros seis meses de 2013 e 2014.

Coronel da PRE em Mato Grosso do Sul, Waldir  Ribeiro Acosta. (Foto: Pedro Peralta)Coronel da PRE em Mato Grosso do Sul, Waldir Ribeiro Acosta. (Foto: Pedro Peralta)

Um ponto importante destacado pelo comandante foi a imprudência por parte dos motoristas. Ele alega que, embora haja outros fatores, este continua sendo o maior causados de acidentes, sendo responsável por aproximadamente 90% dos casos registrados. As principais rodovias são as que dão acesso a áreas turísticas como Ponta Porã (MS-164), Bonito (MS-382) e Rio Verde (MS-427).

“As rodovias estaduais estão boas e propiciam que os veículos trafeguem em alta velocidade. É importante lembrar que o motorista precisa ser prudente, evitando manobras e ultrapassagens perigosas, adotando a direção defensiva. Isso ajuda a garantir a segurança nas estradas e contribui com o trabalho da polícia”, relatou.

Perigo na pista - No domingo (29), duas pessoas morreram em acidente registrado na MS-157, próximo ao córrego São Domingos, em Itaporã, a cerca de 220 quilômetros de Campo Grande. De acordo com a polícia, Moisés Aquino Fritz, de 26 anos, e Gelson José Marques, de 43 anos, estavam em uma motocicleta que bateu em um Renault Sandero.

A colisão ocorreu no momento em que os ocupantes da moto tentavam fazer um retorno na via, para chegarem à entrada de uma chácara. Com o impacto, as vítimas morreram na hora. O comandante da PRE aponta este como um caso de imprudência. “As informações que nos foram repassadas mostram que as vítimas não poderiam realizar tal manobra, já que o local era arriscado e inapropriado. O resultado foi fatal”, concluiu.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions