A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

18/07/2013 09:50

Rotatória tem congestionamento diário e só Agetran faz tráfego fluir

Aliny Mary Dias
Sem Agetran, congestionamento no local é grande (Foto: Marcos Ermínio)Sem Agetran, congestionamento no local é grande (Foto: Marcos Ermínio)

Alvo de reclamações e palco de congestionamentos quilométricos, a rotatória entre as avenidas Gury Marques, Interlagos (que ganha duas denominações, Dr. Adolfo Vilela de Andrade e Toros Pexian) e Costa e Silva, tornou-se ponto fixo de trabalho para fiscais da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) nos horários de pico nos últimos dois anos.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

Tudo começou em junho de 2011, depois que a agência precisou encontrar uma solução para os congestionamentos que chegavam até três quilômetros nos horários de pico. Um estudo da estrutura viária da rotatória foi realizado e o problema encontrado só pôde ser resolvido com a presença dos agentes.

“Nosso estudo identificou que o principal problema dessa rotatória é a falta de paciência dos motoristas. Todo mundo tem pressa para chegar ao trabalho e não dá a vez para o outro”, explica o supervisor da Agetran, Jeová Vitor. 

O agente explica que estudos definiram os horários de pico. Foram definidos que dois agentes organizam o trânsito no período da manhã e outros quatro no final da tarde.

Os fiscais permanecem na rotatória das 06h30 às 8 horas e das 17h30 às 19 horas. Durante a manhã, o fluxo maior é na Avenida Gury Marques por conta dos motoristas que saem da região na saída para São Paulo, que inclui as Moreninhas, segunda região mais populosa da Capital, e vão para o Centro. A situação fica pior no fim do dia quando os motoristas voltam para a casa pela Avenida Costa e Silva e outros seguem para escola ou faculdade pela Gury Marques.

O trabalho dos agentes se resume em controlar o tráfego na entrada das rotatórias. O trânsito é parado em uma avenida enquanto é liberado na outra. Com os fiscais, os congestionamentos praticamente acabaram.

Só presença de agente de trânsito faz tráfego andar na rotatória da Coca-Cola (Foto: Marcos Ermínio)Só presença de agente de trânsito faz tráfego andar na rotatória da Coca-Cola (Foto: Marcos Ermínio)

“Foi uma mudança muito grande, eu passo aqui há anos e já cheguei a ficar 20 minutos na fila para conseguir ir para o centro. O trabalho deles faz muita diferença pra gente”, conta o motorista Nilton Almeida, de 55 anos.

Nos 30 minutos que a reportagem do Campo Grande News esteve no local, os agentes chegaram a deixar de intervir no tráfego durante 5 minutos. Em menos de 2 minutos, um grande congestionamento se formou no local.

“Temos 26 agentes em cada período na cidade, não podemos deixar agentes o dia todo aqui, mas em poucos minutos que paramos, a situação fica insustentável”, completa o supervisor da Agetran.

Viaduto – A solução definitiva para que o tráfego flua na região é a construção de um viaduto. De acordo com o chefe da Seinthra (Secretaria Municipal de Infraestrutura, Transporte e Habitação), Semy Ferraz, o estudo preliminar já foi feito e a obra orçada em R$ 31 milhões.

A verba já foi separada do montante de R$ 420 milhões aprovado pela Câmara Municipal que será destinado para obras de mobilidade. Segundo o chefe da pasta, a expectativa é que até dia 30 de setembro uma empresa seja contratada para realizar o projeto da obra.

A licitação para a empresa responsável pela construção deve ser realizada em janeiro e as obras estão programadas para começar em março ou abril de 2014. Semy afirma que o prazo para a conclusão das obras é de 12 a 15 meses.




um viaduto ali ficava muito bom e acabaria o problema
 
alexandre lage em 18/07/2013 21:14:24
Essa rotatória é um transtorno diário. Se não bastasse o tumulto, ainda existe a "disputa" por espaço, entre carros de passeios, caminhões e motocicletas, que são jogadas aos cantos para não serem esmagadas. Em horário de pico os agentes de trânsito ainda amenizam a situação, mas, no período da tarde e da noite, o local vira pista de corrida! O que é isso Campo Grande, com uma situação dessas, como reduzir a quantidade de acidentes e mortes no trânsito? Para quem anda de moto, isso aqui está pior que uma selva. Como faz? Transbordar as ruas da cidade com carros e transformar CG na grande São Paulo?
 
Thayara Barboza em 18/07/2013 16:37:43
é uma verdadeiro caos, o maior desafio dessa e ouras administrações passadas é:falta vias de saidas de transito do centro, pois só existe a costa e silva tanto indo como vindo.Pessoal despreparado, cidade de uma só Rua, acredito que um semáforo deve melhorar bem o transito neste local, o antigo Diretor Dr. Rotatoria, não resolveu nada. nem a saida para Tres lagoas em frente ao extra, rotatoria da Rua da Divisão, entrada para a pioneira(Ana Luiza de Souza) éum caos, cara tem tanto furo neste transito que fica dificil andar, "tem motorista que não sabe andar a direita fica a nada por hora na faixa da esquerda". chega falar de transito é duro, pois falta aos administradores COMPETÊNCIA. Isso me irrita.
 
VIDAL DA SILVA em 18/07/2013 16:31:32
30 MILHÕES UM VIADUTO.......!. TA DE BRINCADEIRA EM SECRETÁRIO....!
 
carlos cruz em 18/07/2013 16:14:51
O SETOR DE ENGENHARIA DA AGETRAN DE CAMPO GRANDE É INCOMPETENTE POIS JÁ DEVERIAM TER SIDO CONSTRUÍDOS NO MÍNIMO UNS TRÊS VIADUTOS NA CIDADE NESSAS ROTATÓRIAS MOVIMENTADAS!
 
Paulenir de Barros em 18/07/2013 16:09:23
CAMPO GRANDE PRECISA "URGENTE" DE VIADUTOS NESSAS ROTATÓRIAS!...A CIDADE TEM QUASE 1 MILHÃO DE HABITANTES E MÍSEROS VIADUTOS SERVEM A CAPITAL!
 
Paulenir de Barros em 18/07/2013 16:07:48
Só um viaduto ali para resolver, CG cresceu muito. Outros locais também deverá ser construído também.
 
Marcio Martins em 18/07/2013 16:01:50
O Marcos Wild fica tranquilo amigo, não to defendendo o Bernal, pela mor de Deus, mas o Girotto nao ia ser melhor ou pior não, o projeto da Julio de Castilho foi todo feito por ele e deu no que deu, já destruiram uma parte, portanto meu amigo, fique com a consciencia tranquila, a unica coisa que pode fazer voce se arrepender é o fato de não ter anulado seu voto, aí sim voce estaria fazendo algo por sua cidade, não tinha escolha decente para votar. O viaduto seria só uma forma dele desviar uma graninha boa dos cofres publicos.
 
moacir cafaro em 18/07/2013 15:41:36
moro em Anhanduí, a 50 Km de CG, outro dia passei por aquele techo no final do dia, confesso que gastei mais tempo entre o Atacadão e Moreninhas do que das Moreninhas até Anhandui, só para atravessar o trecho da referida rotatória foram 17min, realmente é preciso fazer alguma coisa.
 
luiz de almeida em 18/07/2013 15:40:19
Qual foi o destino do projeto magnifico tanto divulgado nos meios de comunicação. Será que foi engavetado?. É pra acabar, não tem jeito mesmo, são todos iguais.$$$$$$$$$$$$$$$.
 
João Carlos em 18/07/2013 15:17:37
Meu próximo emprego será ENGENHEIRO DE TRÁFEGO dessa capital.. escolhi a profissão pois não precisa estudar muito, além de ser um trabalho fácil. Eu também consigo encher a cidade de rotatórias, fazer ruas que começam e não terminam, inverter o fluxo no meio da via, fechar a Av. Julio de Castilho com a rua do aeroporto também foi ideia de gênio.. ainda bem que já abriram, mas agora falta a rotatória.. é só esperar!!
 
Daniel Cunha em 18/07/2013 14:49:44
Os Agentes ficam só até às 18:20 no máximo. PRIMEIRO grande problema é a rotatória coloque semáforos e o problema diminuirá 40%; SEGUNDO o semáforo em frente à UFMS diminuí muito o fluxo, a solução passarela para os pedestres e veículos deverão sais a direita e usar o viadulto sem semáforo; TERCEIRO ao menos uma rota alternativa; QUARTO um redutor de velocidades 100 metros após o viadulto - pŕoximo ao ponto de ônibus - juntamente com uma faixa de pedestre (não sei como pedestres que desembarcam dos coletivos não são comumentes atropelados); e QUINTO e último a presença dos agentes não para controla o trânsito e sim para fiscalizar, aí um agente de moto só resolveria. Obs. Fazer o mesmo no cruzamento da Costa e Silva com a Fábio Zahran, cruzamento simples sem retorno em frente ao atacadão.
 
Rodolpho Moraes em 18/07/2013 14:25:39
Viaduto? Que ideia mais horrivel. Vao gastar todo o dinheiro publico com desvio e nao vao fazer nd, alem disso só serve pra juntar gente q nao presta e deixa o visual da cidade um lixo.
Soluçao simples e barata.
Deixa a rotatoria e coloca semaforo com pardal em cada via. Quero ve quem vai furar o semaforo.
 
Luciene Fontes em 18/07/2013 14:15:37
O fato que a quantidade de veículos em Campo Grande aumentou bastante nos últimos anos e as autoridades não foram competentes em buscar soluções a médio e longo prazo para estes problemas. É a forma de administrar do imediatismo, apagando fogo ou enxugando gelo.
 
Marcos Costa em 18/07/2013 14:07:23
Rotatórias só servem em vias de pouco fluxo, o ideal a curto prazo seria a instalação de semáforos . Em época de eleições ,candidatos prometeram inúmeras soluções para o trânsito da cidade,se fosse tão fácil e rápido colocar um viaduto como fez um candidato em sua campanha,seria uma maravilha ! Pena que a velocidade das soluções dos problemas da cidade é de tartaruga ...
 
SERGIO MOLICAWA em 18/07/2013 13:37:15
Essa conversa de que os agentes ficam das 6:30 às 8:00 e das 17:30 às 19:00 é mentira. Esse supervisorzinho está querendo se promover, tentar melhorar sua imagem e da chefia atual junto ao prefeito para tentar continuar no comando. Acontece que eles não têm competência para continuarem no comando e o Bernal já constatou em breve irá substituí-los.
 
Carlos Alberto em 18/07/2013 13:22:26
O candidato Giroto tinha um projeto pronto de fazer um viaduto por cima dessa rotatória, mas ele não ganhou e agora, o Bernal não consegue nem terminar direito a Av. julio de castilhos, que arrependimento tive de votar no "Pernal".
 
Marcos Wild em 18/07/2013 12:42:49
A AGETRAN É INCOMPETENTE
DEVIA TIRAR TODAS ROTATORIAS E COLOCAR SEMAFORO
AI SIM COMEÇA A POR ORDEM NO TRANSITO
 
JULIO JUNIOR em 18/07/2013 12:30:09
Isso comprova que a Agetran não está preparada para dizer como deve ser o fluxo de transito em Campo Grande, as mudanças feitas nas mãos das ruas só pioraram o transito, as rotatórios da cidade são terríveis a rotatória da Euler com a Tamandaré é um caso de circo, ninguém sabe o que faz, vou tirar fotos, filmar e mandar para o Fantástico, não acredito que haja alguma cidade com uma rotatória mais sem sentido do que aquela, vamos ser motivo de chacota nacional, mas se precisamos nos expor ao ridículo para que seja tomada alguma atitude inteligente, paciência...
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 18/07/2013 12:26:19
ENQUANTO DIA ESTA LIMPO TODO BEM AGORA VAI COLOCAR A AGENTE EM DIA DE CHUVA,ISSO NÃO RESOLVE TEM QUE SE ADEQUAR COM SEMÁFORO,ESTA IGUAL NA AV MATO GROSSO COM VIA PARQUE TODO DIA TEM PMS LÁ QUANDO NÃO TEM VIRA BAGUNÇA.PARA COM ISSO AGETRAN COLOQUE SINAL E QUEM NÃO QUISER ESPERAR,PROCURE ROTA ALTERNATIVA,O QUE ELES QUEREM É ALTA VELOCIDADE.TEM QUE DIZER TAMBÉM QUE A FROTA DOBROU NOS ÚLTIMOS ANOS, E AS VIAS SÃO AS MESMAS. TAMPAR O SOL COM PENEIRA NÃO RESOLVE MAIS,ROTATÓRIA É PASSADO COM O SINAL VAI ATÉ ALGUNS QUARTEIRÕES A FRENTE E RETORNA E ASSIM FARÃO A SUA PRÓPRIA ROTA,SEM QUERER MUDAR NA ULTIMA HORA.SOU PM DE TRÂNSITO E DIGO SE MELHORAR O TRANSPORTE COLETIVO MUITOS USARÃO VEICULO PARA PASSEIO E NÃO TRABALHO SE NÃO FOR EMPRESA.EU USO BIKE E ADORO A CICLOVIA.
 
Luiz Carlos Santos Messias em 18/07/2013 12:16:16
sera que não tem pessoas competentes em nossa capital, que fazer um projeto de um viaduto nestes locais ou vão ficar de briguinhas na prefeitura e Câmara municipal , será que prefeito eleito pelo povo não enxerga ou os vereadores que nos elegemos não vão fazer nada como sempre .
 
luis rebelo em 18/07/2013 11:51:39
As melhorias a serem feitas são essenciais, precisas e urgentes.
O fluxo de carros, caminhões, ônibus, motociclistas, é intenso nesse trajeto.
Isso faz se necessário como sugestão imediata: Mais sinalizações, Lombadas, semáforos, e a presença da Agetran constante no local.
 
Marcos Silva em 18/07/2013 11:10:53
17:30 as 19:00, 1 vez por semana e olhe lá, a fila é gigantesca. Tambem concordo que o motrista entra em alta velocidade na rotatória, e isso é muito perigoso
 
Luciano Rodrigues em 18/07/2013 11:06:22
os agentes da Agetran so ficam ate as 18 hs depois vão embora aqui na rotatória da Ceara com a Joaquim Murtinho é assim quando precisa eles vazam ja passou da hora de retirar estas rotatórias e por viadutos
 
claudinei braz em 18/07/2013 11:05:19
Vejo que o problema de rotatórias é crucial em Campo Grande. Passo todos os dias na rotatória da Via Park e ali você tem de rezar e fechar os olhos pra passar, porque todos os dias é um risco atravessar na frente dos carros, pois o transito de ambos os lados é intenso. Os policiais que ali ficam diariamente, não tem muita finalidade pois raramente fazem algo para diminuir o perigo e transito. Sair de casa todos os dias pela manhã é risco; enfrentamos rotatórias, falta de sinalização, maus motoristas e motoqueiros que ultrapassam pela direita, pela esquerda ou por onde acharem viável.
 
Jéssica Santos em 18/07/2013 11:00:02
O PROBLEMA É FALTA DE PACIÊNCIA DOS MOTORISTAS???? Pelo amor de DEUS !!!! Que tipo de profissional faz uma conclusão dessas numa rotatória tão movimentada?? Como pode ter a coragem de afirmar isso? Desculpe-me mas como apresentado a solução é um viaduto!
 
Vinícius Vegas em 18/07/2013 10:51:37
Essa rotatória é uma vergonha para a cidade. Entra prefeito e sai prefeito e o problema não é resolvido. Ao meu ver uma solução pratica e rápida seria a instalação de semáforos, nessa e em outras rotatórias com o mesmo problema.
Estive em Cuiabá (MT), em 2008, lá existe rotatórias imensas como essa da Guri Marques, só com um detalhe: todas sinalizadas com semáforos.
 
JOSE ALFREDO DE MELO em 18/07/2013 10:47:09
Outro problema é o sinaleiro para a saída da UFMS, trancando a Costa e Silva. O certo teria sido ligar, dentro da Universidade, ao lado do Morenão, a via interna à rotatória no viaduto acima da avenida (inicio Rua Montese / Rui Barbosa). Este tem alças para todos os lados (centro e bairro), assim o fluxo saindo da UFMS se juntaria ao transito sem parar a Av Costa e Silva. Agora a fila causado pelo sinaleiro da UFMS chega a travar o cruzamento com a Av. Noroeste.
 
Marcos da Silva em 18/07/2013 10:45:23
até as 19:00hs??
pura mentira, cansei de passar as 18:20 e nunca tem ninguém.....
fila gigantesca......vai mentir pra outro...
nunca irão resolver isso....ainda não tem ninguém competente pra fazer esse transito
funcionar, o que falta é uma verdadeira engenharia de transito, e não um bando de
amadores que pensam que a cidade é uma maquete.
 
IGOR GOMES LIMA em 18/07/2013 10:44:45
Só um viaduto para resolver... e não só ali, há diversos pontos na cidade que necessitam de viadutos.
 
Érico Correa em 18/07/2013 10:40:42
ABSURDO!!!. Que raio de capital é essa que não tem grana pra construir um viaduto? Tudo tem que ser feito com dinheiro federal? Para as safadezas, empresas fantasmas com contratos milionários, salários exorbitantes e outras "tantas cositas más", tem verba sobrando. E essas soluções não são exclusividade desta imitação de prefeito de plantão, Bernal; o Nelsinho tbém usava da mesma cantilena. Eita nóis, tamo lascado.
 
luiz carlos sobral em 18/07/2013 10:40:35
O congestionamento na região é muito grande, mas, muitas vezes, os agentes de trânsito também não articulam da forma mais adequada. Param carros no meio da rotatória e os carros acabam obstruindo as vias. Falta mesmo é o viaduto ali.
 
Fernanda Lins em 18/07/2013 10:34:34
Passo todos os dias na rotatória, e a cada dia o caos aumenta, o dia que a Agetran não controla o fluxo, realmente fica complicado passar. Até nos horários que não são de pico não está fácil !
 
Adriana Correa em 18/07/2013 10:31:01
Ainda bem que nesse ponto, apesar do atraso por parte de ambas administrações municipais, é possível a construção de um viaduto que pode vir a resolver esse problema de tráfego num futuro, pois existe espaço suficiente para isso, e lá no cruzamento da Mato Grosso com a Via Parque/Nelly Martins? Liberaram a construção da Plaenge o que acabou com o espaço e a possibilidade de fazer o viaduto na região sendo que o problema é idêntico ao da via mostrada na reportagem.
 
Luciano Yamauchi em 18/07/2013 10:27:08
O Rudel, que era diretor da Agetran na gestão passada, mentiu descaradamente dizendo que esse viaduto ficaria pronto até dezembro do ano passado.

O atual secretário de obras diz que o prazo para a conclusão é de 12 a 15 meses. kkkkkkkkkk Se ficar pronta em 24 meses vai ser muito rápido até.

 
Lafaiette Oliveira em 18/07/2013 10:17:10
O problema são os motoristas??? kkkkkkkkkkkkkkkkk
Existe uma rotatória no cruzamento de 2 avenidas de alto fluxo e isso é o melhor que esse sujeito tem pra dizer...piada!

Cadê o viaduto que o Nelsinho prometeu entregar ano passado??? Disso ninguém fala...

http://www.campograndenews.com.br/cidades/capital/nelsinho-reafirma-projeto-de-concluir-viaduto-na-saida-para-sp-este-ano
 
Filipe Alberto em 18/07/2013 10:15:17
Quem mora nessa região sabe que não há vias alternativas, senão essas. Portanto não dá para utilizar outro trajeto. Vc sempre estará em algum congestionamento. Isso tudo é falta de planejamento, é a região mais populosa da cidade e que mais cresce também. É necessário que haja um replanejamento, com utilização de semáforos sincronizados e não de rotatórias, porque não é questão de dar espaço para o outro passar como alega o agente, mas sim cumprir regras de trânsito.
 
Daniela Rocha em 18/07/2013 10:13:25
Não passo por este trecho frequentemente, mas quando eu passo vejo o tumulto que é esta rotatória, a muito tempo o município e o estado deveriam investir em um Viaduto neste local!
 
Rodrigo A. de Magalhães em 18/07/2013 10:12:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions