A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

16/09/2014 18:30

Rua Amazonas se torna mão única e confunde motoristas na área central

Alan Diógenes
Cones foram colocados para evitar que motoristas subam pela rua. (Foto: Marcelo Calazans)Cones foram colocados para evitar que motoristas subam pela rua. (Foto: Marcelo Calazans)
Patricia diz que tem fazer várias voltas para chegar até casa de clientes. (Foto: Marcelo Calazans)Patricia diz que tem fazer várias voltas para chegar até casa de clientes. (Foto: Marcelo Calazans)

O reordenamento viário em Campo Grande não acabou e agora está sendo a vez da rua Amazonas se tornar mão única. A mudança divide opiniões entre alguns moradores da região e motoristas que passam pela local. A via já se tornou mão única desde a Padre João Crippa e quem precisa descer para o centro da Capital ainda não se acostumou com a alteração.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

De acordo com o aposentado José Eugênio, 78 anos, a modificação na via prejudicou principalmente os moradores da região que precisam dar a volta na quadra para chegar até as residências. “Não é uma rua comercial ou que tenha consultórios médicos, então não vejo necessidade de se tornar mão única. Virou uma bagunça é já cheguei a ver gente brigando com guarda de trânsito”, destacou.

Quem também não concordou com a mudança foi a gerente administrativa Patricia Manzatto, 42. Ela está tendo dificuldades para ir até seus clientes que moram na rua. “Para mim ficou pior. Eu preciso dar muitas voltas para chegar até meus clientes. Quando era mão única eu não tinha esse tipo de problema”, comentou.

Discordando das opiniões, o servidor público, Rafael Cassimiro, 32, acredita que o reordenamento vai trazer melhorias para a região. “Para mim não mudou muita coisa. Muito pelo contrário, acho que vai melhorar o fluxo de veículos, por que aumentou o número de faixas”, explicou.

O encarregado de conveniência Nilton Martins, 27, disse que a mudança vai ajudar a melhorar o comportamento dos motoristas no trânsito. “Quando aqui era mão dupla haviam muitas confusões. Agora como os condutores só irão descer pela rua, acho que vai evitar acidentes”, salientou.

Um semáforo já foi colocado no cruzamento da rua Amazonas com a Brasil e a rotatória que havia no local foi retirada. Nos próximos dias essas quatro quadras da rua Amazonas, entre as ruas Brasil e Padre João Crippa também será transformado em mão única.

O Campo Grande News constatou, na tarde desta terça-feira (16), a presença de apenas uma fiscal de trânsito Para coordenar o trânsito na região. Entramos em contato com a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) para saber se há divulgação do reordenamento viário, mas não tivemos retorno.




Olha não sou contra esses reordenamentos das vias, mais sim com o descaso que acontece, sem que tenha alguma informação anterior simplesmente chegam e mudam os sentidos das ruas, ninguém é obrigado a conhecer as vias, ou seja, gasta-se tanto com tantas outras coisas ou as vezes a verba não aparece, então pelo amor de Deus usem faixas nas ruas, informem os usuários, na rua da minha casa que fica em uma esquina de escola, a Agetran pintou três 'PARE" para cada via que aumentou e esqueceram ou não tinham a informação de pintar a faixa de pedestres e olha que é cruzamento de crianças....ou seja piada né !!!
 
Sidnei Antonio dos Santos em 18/09/2014 13:07:52
“Para mim ficou pior. Eu preciso dar muitas voltas para chegar até meus clientes. Quando era mão única eu não tinha esse tipo de problema”...a via que virou mão única quando era mão única??? Não seria quando era mão dupla?!
 
Eder Oliveira de Mattos em 17/09/2014 11:43:30
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions