A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

13/09/2011 18:39

Semáforo substitui rotatória na Júlio de Castilhos com Orla Morena

Paula Maciulevicius

Conjunto de sinalização tem sistema de botoneiras para dar vez também aos pedestres e ciclistas

Novos semáforos podem gerar dúvidas para motoristas. (Foto: João Garrigó)Novos semáforos podem gerar dúvidas para motoristas. (Foto: João Garrigó)
Fiscais da Agetran vão orientar motoristas até sábado. (Foto: João Garrigó)Fiscais da Agetran vão orientar motoristas até sábado. (Foto: João Garrigó)

Os motoristas que trafegaram durante toda esta terça-feira pela avenida Júlio de Castilhos se depararam com uma novidade. Além da liberação do trecho com a Orla Morena, a rotatória que existia até pouco tempo deu lugar a um conjunto de quatro braços de semáforos.

“Melhorou em relação a rotatória, mas quero ver em horário de pico. Antes tinham vários acidentes. Mas o povo precisa acostumar com essa novidade do semáforo”, comenta o motoentregador Glauco César Baez, de 33 anos.

Ele que trafega sempre na região só acrescenta uma crítica “Se você precisa contornar, não dá mais, precisa dar a volta lá na frente ou vir aqui atrás”, completa.

Passados mais de 20 dias de interdição, a via como foi liberada não agradou ao taxista Pedro Roberto Mota. “É um erro isso aqui, está sem sinalização. Como é que quem está aqui vai passar? Tinha que ser semáforo em três tempos”, considera.

A mão em que o taxista se refere é aquela da Cabeça de Boi, na rua Praça Cuiabá. “Precisa ter um aqui para a gente, os motoristas não vão liberar para aqui passar, ficou pior do que estava”, define.

A interdição foi por conta da execução de obras e melhoria do fluxo de veículos, pedestres e ciclistas. Os semáforos foram instalados com sistema de botoneira, para dar vez também aos pedestres e ciclistas que transitam pelo local.

A justificativa para o semáforo, segundo o diretor de trânsito da Agetran, Janine Bruno é exatamente por conta do fluxo. Ele explica que nos últimos anos a frota de veículos aumentou em toda cidade, em especial na região do Santo Amaro.

Para taxista, quem vem da Praça Cuiabá pode ter dificuldades em entrar na avenida. (Foto: João Garrigó)Para taxista, quem vem da Praça Cuiabá pode ter dificuldades em entrar na avenida. (Foto: João Garrigó)

“Neste ponto onde existia a rotatória, o trânsito ficou saturado havendo a necessidade do semáforo que acaba de vez com o tumulto. Para a administração municipal o mais importante é a mobilidade segura dos motoristas e pedestres”, concluiu.

O conjunto de semáforos que dividiu opiniões agradou o motociclista Josemar da Silva Oliveira, de 36 anos. “Está excelente, assim os condutores respeitam mais”, diz.

Nos próximos dias fiscais da Agetran devem permanecer no local até sábado, a fim de orientar os motoristas. Segundo o diretor-presidente da Agência, Rudel Trindade, os agentes vão orientar onde foram proibidas as conversões e quanto às demais dúvidas.

Para quem desce pela avenida Júlio de Castilhos não é mais permitida a conversão à esquerda, na Orla Morena e o mesmo vale para quem sobe. “Os motoristas vão ter que fazer o retorno na Orla Morena em vez de contornar”, explica Rudel.

Os demais semáforos na avenida Tamandaré com a rua Saldanha da Gama e na General Nepomuceno Costa com a avenida Madrid, ainda vão passar por análise até ser decidido se vão permanecer ou não.

“São semáforos provisórios que vão até sábado, quando a Orla Morena inaugurar, mas a Agetran vai analisar”, confirma Rudel.

Rotatória da Avenida Júlio de Castilho já está liberada ao tráfego
A rotatória no cruzamento da avenida Júlio de Castilho com a Orla Morena está liberada para o tráfego normal de veículos a partir da manhã desta terç...
Rotatória da Júlio de Castilhos com Orla Morena será liberada ao tráfego amanhã
Está prevista para amanhã, 13, a liberação do tráfego de veículos na confluência da avenida Júlio de Castilhos com a Orla Morena, em Campo Grande, qu...
Rotatória da Júlio de Castilho segue interditada para obras da Orla Morena
A rotatória da avenida Júlio de Castilho com a Orla Morena segue interditada. A interdição da via da Orla também continua nos dois sentidos. A interd...
Agetran libera rotatória da Júlio de Castilhos para facilitar acesso a show
O diretor-presidente da Agetran, Rudel Trindade, afirmou há pouco, que a rotatória da Avenida Júlio de Castilhos, próxima ao cruzamento da Orla Moren...



A questão é se ñ tem reclamam, se tem reclamam tb. P/ quem vive aqui em CG nunca ta bom. Se não faz fala que a prefeitura é ruim se faz fala também. Temos que aprender a parar de reclamar e agradecer as benfeitorias. Pq ñ pode virar a esquerda e tem que andar um pouco a + ñ está bom. Pow vamos acordar só quem passa pela Julio sabe o quanto era ruim aquela rotatoria em certos horários.
 
Carlos Cavalcanti em 14/09/2011 12:34:51
O povinho que pensa pequeno, achar ruim só por que não pode converger a esquerda, que é isso, andar um trecho a mais para fazer uma manobra segura não tem preço. O que é 300 ou 400 metros e evitar um acidente? É igual os tapados que insistem em fazer tal conversão aqui na rua Ceará, um movimento danado e uns tontos param no meio da via para virar, daí vem outro e dá-lhe uma pancada na traseira!
 
Clodoaldo Rocha em 14/09/2011 09:36:00
O sistema de rotatórias em Campo Grande já está inviável. Esse sistema só funciona em locais de pequeno ou médio movimento. Locais de grande fluxo, principalmente em horários de pico, transforma o trânsito num caos, com grande risco de acidentes. Quanto às reclamações de não poder fazer certas conversões, em virtude das mudanças, já passou da hora dos motoristas campo-grandenses se adapatarem.
 
Marco Túlio Schneider em 14/09/2011 09:25:28
Parabéns a Prefeitura Municipal de Campo Grande!
Assim c/ vários usuários da via, transito todos os dias por esta, e já é possível visualizar a diferença implementada. Observando que o objetivo da rotatória é organizar o fluxo de veículos, porém, não era o que ocorria, já que o fluxo de veículos é muito grande e a visibilidade péssima, ocasionando vários acidentes e confusão entre os motoristas.
 
Adrielli Costa em 14/09/2011 09:19:39
ótimo,estão de parabénsss a agentran,o semafáro esta sendo muito ultil,passo lá todos os dias.
 
maira mendes em 14/09/2011 08:46:49
Excelente noticia. Em horário de pico eu já fugia do trecho. Agora deve ficar melhor. Quanto a conversão, não creio ser inconveniente, apenas um pequeno preço a pagar para ter um trânsito melhor.
 
Ricardo Lopes em 14/09/2011 07:16:41
Olha fico ruim esses semáforos, porque quem vai do centido centro bairro pela marechal rondon e precisa virar para ir pro hospital militar não pode mais virar a esquerda e quem vem da julio de castilho e quer pegar a via morena também não pode tiraram a conversão para a esquerda nos dos sentidos isso atrapalhou e muito pois não tem vias próximas para nos auxiliar, na marechal não pode virar a esquerda e na julio também não, quem quiser que pegue uma rota ainda maior pra poder ir para essas direções.
 
Osmir Marcondes em 14/09/2011 07:10:48
Outra coisa que eu quero lembrar é que aqui na Eça de Queiroz com a 14 de julho o transito também aumentou e muito e a Agetran nada fez até o momento.
Cadê nosso semáforo??
 
Oswaldo Benites em 13/09/2011 11:04:40
Prefiro semáfaro a rotatória. Muita gente NÃO respeita ou não sabem entrar em uma rotatória. Você vê o cara entrando por exemplo: rotatória da Amazonas c/ José Antônio ou Amazonas c/ a Brasil. Grande maioria, não reduz velocidade e muito menos olha para os lados.
Agora concordo com um dos entrevistados. Faz-se necessário semáfaro de três tempos no cruzamento da Júlio de Castilho com a Orla.
Outro local, que deveria ser colocado semáfaro de três tempo, no cruzamento da Ernesto Geisel com a Eça de Queiroz.
 
neyde de oliveira em 13/09/2011 08:18:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions