A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

17/01/2011 12:55

“Só me resta apegar a Deus”, diz mãe que assistiu a atropelamento de filho

Aline dos Santos e Viviane Oliveira
Waldirene (de roxo) viu filho de 11 anos ser atropelado por carro desgovernado. (Foto: Simão Nogueira)Waldirene (de roxo) viu filho de 11 anos ser atropelado por carro desgovernado. (Foto: Simão Nogueira)

Depois de ver o filho ser atropelado por um carro desgovernado, ser arremessado e sofrer parada respiratória, Waldirene Machado de Arruda, de 26 anos, relata que agora só lhe resta “apegar com Deus”.

Eric Mairon Machado Arévalo, de 11 anos, está internado na Santa Casa de Campo Grande. “O médico disse que o estado de saúde dele é delicado e grave”, conta a mãe. O menino, que está na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) sofreu fratura no fêmur, bacia e respira com ajuda de aparelhos.

Eric foi atingido ontem por um Uno na MS-080, a cerca de 30 km de Campo Grande, quando esperava o ônibus para Corguinho. No local, também esperavam pelo ônibus Waldirene, a filha de dois anos e um sobrinho de 12 anos.

O destino era o assentamento onde a família mora, no distrito de Taboco, em Corguinho. “Meu sobrinho ainda viu o carro vindo desgovernado. Mas o carro pegou meu filho e o arremessou em uma ribanceira de dez metros”, recorda.

Aflita, Waldirene começou a procura desesperada pela criança. No momento, chovia forte. “Foi difícil achar meu filho. Ele estava de bruços, com a cabeça no barro”. Um tronco estava caído sobre a cabeça do menino.

Eric inalou parte da lama e respirava com dificuldade. Com a ajuda do condutor do Uno, a mulher conseguiu levar o filho até a rodovia. “Lá, ele teve uma parada respiratória”.

Em companhia do ex-marido e da sogra, Waldirene permanece no hospital, com esperança de melhoras no quadro de saúde do filho. “Não faço outra coisa a não ser pedir para Deus”.

Sobre o acidente, ela reclama do excesso de velocidade. “Precisa de uma lombada, porque muito pedestre passa por ali”.

Uno aquaplanou e atropelou criança ontem na MS-080. (Foto: Ana Maria Assis). Uno aquaplanou e atropelou criança ontem na MS-080. (Foto: Ana Maria Assis).

O acidente aconteceu na tarde de ontem. De acordo com informações da PRE (Polícia Rodoviária Estadual), o Uno (placas HSI-3125) aquaplanou, invadiu a pista contrária e capotou em um matagal às margens da rodovia.

O veículo era conduzido por Eder de Souza Resende e tinha como passageiros Edgar de Souza Resende, 31 anos, irmão do motorista, e Larrisa Lacerda de Azevedo, 22 anos.




A verdade é que o excesso de segurança e confiança de alguns condutores é k coloca a vida de muitas pessoas em risco tem uns que e muito louco. todo sabado fou para a minha fazenda em rochedo e tem uns que falta avoar na rotovia. falta mais fiscalizazao nessa br 080...
 
andre luiz lemos da silva em 20/01/2011 04:49:46
Marcelo Lima, que Deus guarde á vc e a seus filhos para que isto nunca venha te acontecer pos,só uma mãe sabe o que ela está passando, e por pior que seja a verdade doi,e o motorista deveria estar sim em alta velocidade pois,um veiculo em baixa velocidade ate pode aquapanar mas quem estiver dirigindo vai sim conceguir controlar, se ele não o fez é porque não teve como por estar em alta velocidade.
 
Márcia Gonçalves em 17/01/2011 08:47:20
Margarida, como você sabe que o condutor estava em alta velocidade? Era você quem conduzia o veículo? Você estava no momento do ocorrido? Tomara que quando você estiver dirigindo nunca sofra a aquaplanajem... ai você vai ver que não é preciso estar correndo para que isso aconteça.... reveja seus comentários.
 
Marcelo Lima em 17/01/2011 05:40:15
A verdade é que o excesso de segurança e confiança de alguns condutores é k coloca a vida d muitas pessoas em risco. correm muito...e tem poka responsabilidade!
 
gloria caceres em 17/01/2011 03:17:39
aquaplanou????? Isso chama-se alta velocidade... irresponsabilidade do condutor, pois até aqueles que não dirigem sabem que não se deve correr quando está chovendo, porque corre-se o risco de acidentes.
E como fica a familia da criança??
 
Margarida Rodrigues em 17/01/2011 01:12:29
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions