A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 05 de Dezembro de 2016

18/01/2012 13:57

Testemunhas acusam motorista de atropelar jovem e fugir; ele nega

Wendell Reis
Jovem estava com moto estacionada quando foi atropelada na avenida Afonso Pena(Foto:João Garrigó)Jovem estava com moto estacionada quando foi atropelada na avenida Afonso Pena(Foto:João Garrigó)

Tifany Aguilhera Batista, 22 anos, foi atropelada na manhã desta quarta-feira (18), por volta de 11 horas, na avenida Afonso Pena, próximo ao Hospital São Lucas. A jovem estava esperando a mãe, sentada em uma moto, estacionada próxima a calçada, quando foi atropelada por um veículo CRV, de placa HTG-2778.

Veja Mais
Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
Carro capota após colisão no cruzamento da Bahia com a Barão do Rio Branco

No local, uma testemunha que passava de moto relata que o motorista do veículo saia de um estabelecimento comercial, de frente, quando atropelou a menina e saiu correndo. “Se ela tivesse caído para o lado do carro teria sido atropelada. Ele foi embora correndo. Furou o sinal. Passou em frente de carros”.

Tifany foi encaminhada com a mãe à UPA (Unidade de Pronto Atendimento) no bairro Universitário com suspeita de fratura no joelho esquerdo. Ela estava consciente e orientada. Após alguns minutos, o motorista do carro, Joabe da Silva, 26 anos, voltou ao local.

Joabe alega que não viu nada e que sua caminhonete não tem nenhuma avaria. Além disso, relata que possui seguro do veículo, o que não justificaria a fuga do local. Ele confidenciou a Polícia que estava com pressa porque precisava encontrar sua gerente em uma agência bancária. O motorista também negou que passou por um sinal vermelho: “Dou minha cabeça para ser cortada se furei o sinal. Pode examinar a caminhonete. O que foi vou assumir. Mas, eu não vi nada”.

A policial responsável pela ocorrência vai ouvir a vítima para registrar o acidente. Entretanto, explica que o motorista só responderá por omissão se a vítima lhe acionar. Segundo a policial, o fato do acusado ter retornado alguns minutos depois, após ser avisado por amigos, ainda caracteriza omissão, caso ele realmente seja culpado.

Motociclista sofre várias fraturas após colidir moto em poste
O motociclista Rolson Ribeiro, 34 anos, sofreu várias fraturas após colidir a motocicleta que pilotava contra um poste, por volta das 4h deste doming...
Motorista escapa de capotamento com ferimentos leves
Acidente aconteceu na rua Fernão Dias. Motorista bateu em carro estacionado....



Omitir socorro é falta de humildade e respeito.... isso atrapalha a melhoria da cidade
 
Raquel Pegorari em 23/01/2012 04:56:24
O cara passa por cima de uma moto com uma pessoa em cima e não percebe? Como assim? É muita falta de sensibilidade, mesmo. (RISOS)
 
Nehemias Lili em 19/01/2012 08:59:38
O motorista que fugiu na hora nao é homem de dignidade. Ele foi embora correndo. Furou o sinal. Passou em frente de carros”.
Essa desculpa que ele tinha que encontrar uma pessoa é pra enganar trouxa, sera que era ele mesmo que estava dirigindo?e ainda é covarde de mentir.
 
Edson Lima em 18/01/2012 09:06:59
SÓ NÃO PODEMOS ACREDITAR DE IMEDIATO QUE O MOTORISTA QUE APRESENTOU APÓS ALGUNS MINUTOS SEJA O MESMO QUE ATROPELOU.
 
jorge ferreira em 18/01/2012 06:49:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions