A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 04 de Dezembro de 2016

06/06/2012 15:58

TJ nega habeas corpus para jovem que matou segurança no trânsito

Viviane Oliveira
Tribunal de Justiça egou habeas corpus a Richard. Ele está preso desde a última madrugado do dia 31. (Foto: Minamar Júnior) Tribunal de Justiça egou habeas corpus a Richard. Ele está preso desde a última madrugado do dia 31. (Foto: Minamar Júnior)

O TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) negou habeas corpus a Richard Ildivan Gomide Lima, que atropelou e matou na madrugada do último dia 31 o segurança David Del Valle Antunes, de 31 anos.

Veja Mais
Justiça decreta prisão de jovem que matou segurança na Afonso Pena
Rapaz que matou segurança pagou motel e bebida com cartão; veja comprovante

Na tarde de ontem (6), o juiz Aluízio Pereira dos Santos converteu a prisão provisória em preventiva. Richard foi preso em flagrante após atropelar David que aguardava a abertura do semáforo.

Conforme o relatório do desembargador Dorival Moreira do Santos, a manutenção da prisão é para garantia da ordem pública. De acordo o magistrado, o acusado foi preso mediante decisão fundamentada.

O delegado responsável pelo caso, Dimitri Palermo, já encerrou o inquérito e ainda nesta tarde encaminha para o fórum.

O STF (Supremo Tribunal Federal) analisa também uma reclamação da defesa, Marlon Ricardo Lima Chaves, pelo fato de o estudante ter sido algemado na delegacia. Uma súmula do Supremo determina que as algemas só podem ser usadas em caso de resistência, receio de fuga ou perigo à integridade física.

Acidente - Richard estava a 83 km/h quando furou o sinal vermelho e atingiu por volta das 4h o segurança David, que voltava do trabalho. Ele foi lançado a 38 metros de distância e a moto a 57 metros, conforme constatado pela perícia. O segurança morreu na hora.

Richard, que conduzia um Fiat Punto, foi autuado em flagrante por homicídio doloso e omissão de socorro. Conforme os policiais que atenderam a ocorrência, o acusado mal conseguia sair do veículo e exalava um cheiro forte de bebida alcoólica. Dentro do veículo foram encontradas duas latinhas de cerveja.




tanto ele como aquela motorista se é que podemos chamar de motorista tem que pagar sim pelo que cometeu ele tirou a vida de um pai de familha que tava levando o leite para o filho enquanto ese emundicento tava bebendo.....a quela moça tbm que tirou a vida do militar justiça pelo amorrrrrrrrrrrrrrrrrr de deus....
 
edinalva dos santos em 07/06/2012 07:33:49
Eu gostaria de dizer muitas coisas pra esposa do David,ser solidaria em sua dor e tristeza,não a conheço nem ao seu querido esposo falecido tão prematuramente, nas mãos de um jovem que não pensou duas em beber e sair dirigindo alcoolizado, não tendo respeito por sua vida e nem pela dos outros, e com isso acabou com uma familia que estava apenas começando , que a justiça dos homens seja feita....
 
ilza s queiroz em 06/06/2012 07:34:55
Acidente!
O que é um acidente para você? Acidente para mim é quando estoura um pneu novo, ou quando uma peça nova ou revisada de um veículo se quebra e causa algum tipo de acidente. Agora se eu bebo e saio com meu veiculo, como posso chamar de acidente se em alguma batida eu me envolver? Se não dou uma manutenção preventiva? Se andar em uma velocidade quase quatro vezes superior as permitidas, agora se bebo das 23hrs até amanhecer e saio a dirigir a 120 km por hora na Avenida Afonso pena, o que eu quero que aconteça? Um acidente? Não! Claro que não! Estou a cometer além de todas as infrações de transito pelo menos um homicídio, é como se eu estivesse com um revolver calibre 38 carregado com três munições e fazendo roleta russa na cabeça dos outros e cada tentativa colocasse também ao meu ouvido, porque se não matasse ninguém pelo eu estaria no risco, transformo o carro em arma, ainda com os sentidos entorpecidos pelo álcool, posso eu chamar isto de acidente? Agora pergunto eu. Como fica o a família daquele pobre que trabalhou a noite toda e no respeito às leis parou no sinaleiro para esperar a morte que em forma de um ser humano alcoolizado (conforme a mídia noticiou) retira do ceio de uma família humilde deixando ali o desespero de pais, irmãos e esposa e da incerteza de um futuro de um filhinho de apenas um ano! Meu deus! Na minha ignorância de ser humano simples e pobre peço a cada um que possa ter conhecimento deste fato tão negativo para todos, que pensem um pouco mais antes de beberem e saírem em seus automóveis pelas estradas e cidades, cada um tem a responsabilidade da vida de um terceiro quando na direção de um veiculo, seja mais humano com relação ao transito, sejamos o pai o irmão o filho daquele que esta a nossa frente como motorista ou como motociclista, ciclista ou mesmo o pedestre que atravessa fora ou mesmo na faixa, se o tratarmos como da nossa família teríamos um pouquinho mais de cuidado com a vida humana. Desculpe pelo desabafo, mas esta difícil ver tantas loucuras no nosso transito e ficar aqui quietinho esperando que novas mortes venham a acontecer pela nossa falta de caráter e humanismo junto aos nossos irmãos... (Zildo)
 
zildo de oliveira barros em 06/06/2012 04:28:34
Esse ser Richard Ildivan Gomide Lima deveria ser julgado no Juri Popular, e ainda sustentar a familia dessa criança do qual ele arrancou brutalmente o pai, até o menino completar os 18 anos. E isso ainda é pouco.
 
Glaucia Ferreira da Gama em 06/06/2012 04:27:58
David Del Vale Antunes
A morte não suaviza o aviso é fatal
Parado na madrugada a esperar o sinal
A morte que vem de punto. Ali chegou pontual
David! Confiar no ser humano, este foi seu grande mal...

O ser humano é tinhoso às vezes no natural
Beber além dos limites velocidade é fatal
Não respeitar uma vida às vezes se é normal
Quem perde é a família que fica com todo o mal...

O destino é estranho às vezes se entrelaça
Mata o pobre fica o rico emaranhado em desgraças
Do filinho que ficou a sorte se despedaças
Daqueles que a ele choram a sorte lhes foi madrasta...

Apenas deixo um alerta, aquele que vivenciaram
A vida de um ser humano pouco valor é se dado
Bebidas junto aos volantes muitas vidas têm ceifado
Agora nesta historia! Prejuízo pros dois lados...

Um filho cresce sem pai, um pai chora o filho amado
A mãe que em desespero vê seu filho ser enterrado
O pai do irresponsável que verá o filho julgado
Tudo isto se compreende... Bebidas e morte! caminham de lado a lado.
 
zildo de oliveira barros em 06/06/2012 04:25:56
Este elemento tem que ficar algemado mesmo, pois oferece perigo à integridade física de quem estiver por perto dele...........
 
Ademir Rodrigues em 06/06/2012 04:21:17
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions