A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

09/04/2014 14:01

Uno com duas crianças e gestante capota na Afonso Pena, 3º caso do dia

Lidiane Kober e Luciana Brazil
Uno com cinco passageiros capotou, após Hilux furar o sinal (Foto: Luciana Brazil)Uno com cinco passageiros capotou, após Hilux furar o sinal (Foto: Luciana Brazil)

Um veículo Uno capotou, no início da tarde desta quarta-feira (9), no cruzamento da Avenida Afonso Pena com a Rua João Rosa Pires, na frente da Casa da Indústria. O carro era ocupado por uma criança de 9 anos, outra de colo, uma gestante com gravidez de risco e mais dois adultos.

Veja Mais
Acidente entre duas motos congestiona Avenida Afonso Pena
Carro bate em carreta ao desviar de buraco e acidente mata condutor

De acordo com a condutora do Uno, a cuidadora de chácara Esmeralda Romeiro, 52 anos, uma Hilux “furou o sinal da Afonso Pena”. “Tentei desviar e acabei perdendo o controle da direção”, contou. Antes de o veículo capotar, acabou atingindo de leve uma caminhonete Tucson, que estava parada no sinal.

Esmeralda vinha pela Rua João Rosa Pires e, quando se aproximou do cruzamento, o sinal abriu e ela seguiu até quase se chocar com a Hilux.

Conforme a cuidadora, o motorista da Hilux seguia pela Afonso Pena, não parou no sinal e nem para socorrer as vítimas. Já a condutora da Tucson, que não quis relevar o nome, disse que nem sequer viu a caminhonete passar. “Só imagino que o Uno vinha em alta velocidade para capotar desse jeito”, comentou.

Com Esmeralda, estava seu marido, uma criança de 9 anos, que, segundo a motorista, não tem família e mora com ela, um bebê de colo, filho de uma gestante, com gravidez de risco por ter diabetes.

Esmeralda se feriu na cabeça e não quis atendimento do Corpo de Bombeiros. A criança de 9 anos também sofreu ferimentos leves e foi levada até uma unidade de saúde. A gestante não se machucou, mas também foi socorrida pelo fato de a gravidez ser de risco.

A perícia foi até o local para ouvir os envolvidos. O Uno ficou praticamente destruído, após o capotamento.

Com essa, Campo Grande registrou três capotagens de veículos nesta quarta-feira.




Normal motoristas em camionetes furarem sinal e andarem sempre acelerados nas ruas de Campo Grande, desrespeitando o trânsito e vidas, assim como taxistas, motociclistas e tantos outros condutores, mas quero fazer um alerta, investiguem a origem da criança de 9 anos.
 
Mário Souza Costa em 10/04/2014 10:29:19
Aí nós temos vários culpados, a mulher com certeza vinha rápido, viu que o sinal abriu e acelerou mais ainda, tá errada, ainda mais com criança e gestante dentro do carro, o cara da Hilux um covarde infrator, acelerou para passar com o sinal fechando ou fechado e não socorreu as vitimas, pilantra, quem escreveu a reportagem diz que Tucson é caminhonete, não é, Tucson é um SUV, ou seja um veículo utilitario esportivo.
Viva o transito de Campo Grande, enquando isso na Agetran:
- Vamos trabalhar?
- Ah agora não tá quase na hora do café.
- Então amanhã a gente trabalha tá?
- Tá!
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 09/04/2014 16:14:49
Porque esses F.. insistem em furar os sinais, mesmo em horários de grande movimento ? Será que esse povo comprou a carteira ou são acostumados a dirigir na roça, onde não existe sinalização ?
 
Carlos Bais em 09/04/2014 15:33:11
E o velho e estranho fenômeno volta a Campo Grande, que faz com que os carros pulem, se joguem em muros, postes e placas, as vezes ficando com as rodas para cima, será que é obra do ET bilu...
 
Marco Aurélio Alves Queiróz em 09/04/2014 14:25:58
Outra vez a dupla "imprudência" e "irresponsabilidade" em cena nas ruas de Campo Grande...
 
Daniel Albuquerque em 09/04/2014 14:18:08
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions