A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 11 de Dezembro de 2016

24/11/2013 07:15

Veículo capota após atingir outro na avenida Zahran durante a madrugada

Viviane Oliveira
O Honda Civic ficou totalmente destruído. (Foto: Viviane Oliveira)O Honda Civic ficou totalmente destruído. (Foto: Viviane Oliveira)

Um Honda Civic de cor preta capotou após atingir a traseira de um Fox por volta das 4h da madrugada deste domingo (24), no cruzamento da Avenida Eduardo Elias Zahran com a rua Santana, próximo a TV Morena, em Campo Grande. Segundo informações apenas uma pessoa ficou ferida e precisou de atendimento médico.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

De acordo com o BPTran (Batalhão de Polícia de Trânsito), Eduardo Gomes, 31 anos, conduzia o Honda Civic, quando atingiu a traseira do Fox, conduzido por João Victor do Santos, 20 anos, que tinha como passageiros Rafael Alves, 20 anos, e mais duas pessoas.

Segundo a Polícia de Trânsito, Rafael ficou ferido e foi encaminhado para o Hospital Universitário. Com a pancada, o Honda Civic capotou. Os dois veículos estavam na mesma direção, sentido bairro/Centro, quando houve o acidente.

A traseira do Fox ficou danificada e o Honda Civic totalmente destruído. Conforme a Polícia, os dois condutores são habilitados e não foi realizado o teste do bafômetro para verificar se algum deles havia bebido antes do acidente.




Estamos em sistema político, onde a polícia agride totalmente os fracos e os desprovidos de condição financeira e protege os poderosos.
 
Guilherme Mello em 25/11/2013 09:40:59
Porque não foi feito teste de bafômetro? Teste de bafômetro tem que ser feito com todos condutores envolvidos nos acidentes, especialmente de madrugada. Cadê a lei do bafômetro para apoiar a lei seca?
 
Diego Silva em 24/11/2013 15:22:38
Com certeza não é um qqr, mas nada justifica a falta do bafômetro
 
elio santos em 24/11/2013 13:43:13
"Conforme a Polícia, os dois condutores são habilitados e não foi realizado o teste do bafômetro". Dado o horario da batida (4h de manha), a policia DEVE explicar porque não foi realizado o teste de befômetro, pois neste horario, basicamente TODOS os acidentes tem álcool como parte da causa. Informar que não foi realizado o teste sem informar o motivo para tal omissão é preocupante.
 
Marcos da Silva em 24/11/2013 12:58:05
Só pq era um honda civic?
Se fosse um fusca véio o cara tava na cadeia
 
Tiago Plac em 24/11/2013 11:47:40
Bom dia sr atoridade vamos acorda cade o teste de bafometro pensa se fosse filho seu vindo de uma festa outro bate no carro do seu filho como vai ficar primeiro cheio de policia pois tudo a favor de seu filho somos de carne e osso todos iguais vamos usar o que nos pagamos ..... Atençao gente o mundo ja esta acabando vamos prolongar so mais um pouco sr
 
Clayton nunes em 24/11/2013 08:45:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions