A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

10/06/2013 11:49

Vítimas de acidente entre ônibus dão depoimentos e Polícia requisita vídeo

Delegado já está com as imagens internas dos dois coletivos que colidiram frontalmente no bairro Coophamat.

Luciana Brazil
Com o acidente, 33 pessoas ficaram feridas.Com o acidente, 33 pessoas ficaram feridas.
Coletivos colidiram frontalmente no bairro Cophamat. (Fotos:Marcos Ermínio)Coletivos colidiram frontalmente no bairro Cophamat. (Fotos:Marcos Ermínio)

Começam a ser ouvidas na tarde de hoje (10) as testemunhas do acidente entre dois ônibus do transporte coletivo em Campo Grande, que deixou 33 pessoas feridas, no último dia 7. Segundo o delegado Walmir Moura Fé, o primeiro depoimento será de uma das vítimas.

Veja Mais
Onze das 13 vítimas de acidente com ônibus recebem alta na Santa Casa
Sobe para 33 número de feridos em acidente envolvendo 2 ônibus

Imagens do circuito interno dos coletivos já foram entregues ao delegado e vão ajudar nas investigações. Apesar do vídeo, Moura Fé disse que só deve se pronunciar depois que o inquérito for concluído.

Os ônibus, da empresa Guaicurus, colidiram frontalmente na rua Manoel Joaquim de Moraes, no bairro Coophamat. Um dos ônibus fazia linha Tarumã e o outro Caiobá.

No sábado (8), onze das treze pessoas que ficaram feridas no acidente receberam alta da Santa Casa. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, as duas pessoas que continuaram internadas estavam conscientes e orientadas, e não corriam risco de morte.

No total, 33 pessoas ficaram feridas na colisão entre os dois veículos. A maioria das vítimas sofreu ferimentos leves e foi encaminhada para postos de saúde da região.

Segundo depoimento de testemunhas, e dos próprios passageiros dos coletivos, o motorista da linha Tarumã foi desviar de um veículo Gol e colidiu de frente com o outro ônibus.

Ainda conforme os relatos, o ônibus da linha Tarumã tinha acabado de passar em um quebra-molas e estava em baixa velocidade. Já o coletivo da linha Caiobá, que trafegava mais rápido, subiu no meio fio e bateu em uma árvore.
Com o impacto, o ônibus do Tarumã foi raspado de ponta a ponta pelo outro coletivo. O motorista do Tarumã está há 6 anos na linha.

Testemunhas alegaram que o motorista do Tarumã deu sinal de luz para o condutor do Caiobá diminuir a velocidade, o que não aconteceu.




eu faço uso do transporte coletivo todos os dias e vos digo temos que orar a deus pelas nossas vidas e de todos os outros passageiros , esta cada dia mais difícil campo grande não esta comportando o fluxo de veículos nem de pessoas, os coletivos só trafegam lotados pessoas penduradas nas portas enquanto não acontecer algo mais grave do que foi do tarumã e caioba nossos governantes não vão se manifestar .sera que teremos que apelar , isso e uma vergonha. e vou dizer mais minha filha estava no ônibus taruma também foi vitima graças a deus não foi nada grave .
 
Roneide VIctor Pòvoa em 12/06/2013 19:39:25
SE FOR VERDADEIRA A INFORMAÇÃO DE QUE O MOTORISTA DO TARUMÃ DEU SINAL DE LUZ PARA O MOTORISTA DO CAIOBÁ, SEM QUEREM ELE PROVOCOU O ASCIDENTE PQ. QUANDO UM MOTORISTA DA SINAL DE LUZ SIGNIFICA QUE ELE ESTA DANDO A PREFERÊNCIA PARA O OUTRO E NÃO PASSANDO SOLICITANDO QUE O OUTRO DIMINUA A VELOCIDADE.
 
VALMIR BATISTA em 10/06/2013 15:29:48
Ontem, eu vi na Missa o motorista que dirigia o Caiobá na hora do acidente. Coitado, deveria estar implorando à Deus que o livre desta imensa culpa.
 
Beatricy Bento em 10/06/2013 13:07:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions