A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 08 de Dezembro de 2016

01/07/2013 07:10

Vítimas de acidente são todas da mesma família e seguiam para o RS

Francisco Júnior e Paula Maciulevicius
Bombeiros durante o resgate a uma das vítimas do acidente. (Foto: Marcos Ermínio)Bombeiros durante o resgate a uma das vítimas do acidente. (Foto: Marcos Ermínio)
Voyage ficou destruído. (Foto: Marcos Ermínio)Voyage ficou destruído. (Foto: Marcos Ermínio)

São da mesma família as seis pessoas que ficaram feridas no acidente entre um carro, um ônibus e um caminhão ocorrido por volta das 6h10 de hoje (1), no cruzamento da Travessa Guavira com a Avenida Cônsul Assaf Trad, no bairro Coronel Antonio, em Campo Grande.

Veja Mais
Mototaxistas e taxistas se juntam e percorrem Afonso Pena contra Uber
Homem que morreu atropelado tinha 51 anos e foi identificado pela mãe

A família estava em um Voyage branco. O veículo era conduzido por Jandir dos Santos, de 44 anos, e tinha como passageiros a mulher dele, Andreia Cristina dos Santos, de 39 anos, as filhas do casal, Jessica Thais dos Santos, de 16 anos, e Dalila Lais dos Santos, 13 anos, e os namorados das jovens, Francilei Cigognine, de 23 anos, e Junior Botim, de 24 anos.

Francilei sofreu apenas escoriações e pode contar detalhes do acidente. Segundo ele, a família é de Sinop e estava seguindo para o Rio Grande do Sul, onde iria passar férias. O rapaz afirma que o ônibus estava em alta velocidade. “Ele estava correndo muito, é inacreditável. Paramos perto do ponto para pedir uma informação de como chegar a Dourados. A gente deu seta, mas o ônibus veio com tudo”, relata.

Ônibus ficou com a parte da frente danifica com a colisão. (Foto: Marcos Ermínio)Ônibus ficou com a parte da frente danifica com a colisão. (Foto: Marcos Ermínio)
Caminhão envolvido no acidente. (Foto: Marcos Ermínio)Caminhão envolvido no acidente. (Foto: Marcos Ermínio)

O carro foi atingido pelo coletivo ao deixar a Travessa Guavira para entrar na avenida Cônsul Assaf Trad. Com o impacto, o Voyage foi lança para a outra pista e acabou atingindo um caminhão que carregava um trator.

Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros, De Moraes, duas das vítimas, entre elas o motorista, sofreram politraumatismo.

Os bombeiros tiveram que usar um equipamento especifico para retirar o motorista das ferragens do veículo.
As vítimas mais graves foram encaminhadas para a Santa Casa. As outras levadas para o posto de Saúde do bairro Coronel Antonino.

Nenhum dos passageiros do coletivo sofreu ferimentos. O trânsito não chegou a ficar interrompido naquele trecho da Avenida.




e dai qual o problema da idade delas,e que estavam com seus namorados pelo menos estavam na presença dos pais não são qualquer uma que saem por ai com qualquer um.
fica a dica cada um cuida de sua vida que é melhor. e no caso de estarem em quatro atráz isso sim foi erro. mas quem nunca errou , até você que criticou ai vai dizer que é o melhor dos santos
.
 
graciele de lima em 04/07/2013 11:16:43
coitados forças amigos melhorem rapido...
 
Djordan wesley em 02/07/2013 18:54:45
Fiquem com Deus Dalila e todo o pessoal, e vocs ai que ficam falando mal da idade das meninas, cuidem da vida de vocs, deixem elas namorar em paz, nem conhecem elas direito e tão falando, falem so se forem perfeitos -'- , duvido se vocs nao pegarao alguem mais velho na vida de vocs, duvido se vcs nunca andaram em mais de 5 pessoas nun carro. Apartir de hoje vocês seram perceguidos pela morte u_u , bj e se cuidem ;*
 
Dieli Sandrin em 02/07/2013 13:52:24
FORÇA JÚNIOR, ESTAMOS ORANDO POR VOCÊS.
 
Ana Gomes em 01/07/2013 21:20:00
ao senhor LUCIANO MARQUES
o disco do tacógrafo estala para isso chegado foi requisitado e e averiguado o motorista do ônibus estava na velocidade da via 60 por hora
 
leandro de moura em 01/07/2013 20:25:42
Seis pessoas no carro: erro nº1.
A preferencial é do ônibus, e não do carro que saiu da Travessa Guavira (minha rua): erro nº2.
Logo, a culpa não é do motorista do ônibus, pelo menos não totalmente.
 
Maurílio Oshiro em 01/07/2013 19:10:38
legal né , duas crianças uma de 16 anos e outra de 13 anos com seus namorados de 23 e 24 anos , é cada coisa que agente anda lendo !!!
 
diego barreto em 01/07/2013 15:17:59
Se eu entendi bem os rapazes são namorados das meninas e eles tem 23 e 24 anos e as meninas 16 e 13 anos, é isso mesmo produção?
 
Francielly Coelho em 01/07/2013 13:34:27
Vocês leram mesmo o texto gente, o pessoal parou para pedir informação PERTO DO PONTO DE ÔNIBUS, o mesmo veio e bateu, provavelmente o carro parou em lugar inadequado e não observou o coletivo, é fácil criticar o motorista que anda sob pressão de uma agencia que não tem um pingo de inteligência para fazer a tabela de horários, pra quem não sabe se o motorista atrasar ele paga multa, e a Agetran não tem como eu disse inteligência para fazer os horários de forma adequada aos motoristas andarem em velocidade segura, com esse trânsito sem planejamento todos estamos a mercê da própria sorte, e junta a falta de educação dos condutores que não colaboram.
Vamos cobrar providências da Agetran ou vamos continuar achando que a culpa é sempre do motorista do ônibus?
 
Junior Ferreira em 01/07/2013 11:58:07
Na minha conta também deu quatro no banco de trás!!
 
Katyuce Chermouth em 01/07/2013 10:40:55
ESSES MOTORISTAS DE ÔNIBUS, PRECISAM SER CONTROLADOS DE QUALQUER MANEIRA. COM TANTA TECNOLOGIA QUE EXISTE, É INACREDITÁVEL QUE NÃO HAJA UMA MANEIRA VIA SATÉLITE DE CONTROLAR A VELOCIDADE DELES, QUE CERTEZA, ANDAM ACIMA DOS LIMITES. COM PRESSA DE ATENDER O ROTEIRO E VENDO OS VEÍCULOS PEQUENOS COMO INIMIGOS. ESSE MOTORISTA PRECISA SER PUNIDO-PRESO- EXEMPLARMENTE.
 
LUCIANO MARQUES em 01/07/2013 10:29:37
Só eu que contei 4 pessoas no banco de trás?
 
Etna Gutierres em 01/07/2013 10:18:34
Realmente esses motoristas correm muito mesmo e não respeitam ninguém, não costumam usar seta e quando as usam desrespeitam os veículos, saem sem nem olhar quem vem atrás deles como se a rua fosse só deles. E esse motorista do carro também já estava cometendo uma infração muito grave, como que ele pode levar 6 pessoas sendo que o número de passageiros é só 5 ocupantes? E a polícia por onde ele já havia passado que não parou e multou ele? Estava quase atravessando o país sem ser averiguado por qualquer órgão responsável pelo trânsito. E agora alguém tem razão?
 
Vania Maria em 01/07/2013 09:09:17
Pode isso, Arnaldo?? 6 pessoas no carro!!! De Sinop ao Rio Grande!!! Eita...
 
Filipe Alberto em 01/07/2013 08:23:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions