A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Sábado, 10 de Dezembro de 2016

28/05/2014 21:33

Elétricos e híbridos: São Paulo aprova lei de incentivo

Carros com propulsão alternativa terão devolução de 50% do IPVA

Automotive Business
Divulgação.Divulgação.

Na terça-feira, 27, o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, sancionou a Lei Municipal 15.997, que oferece incentivo tributário ao uso de carros elétricos e híbridos na cidade. Está prevista a devolução de até 50% do valor do IPVA ao proprietário deste tipo de veículo. A medida também autorizada a liberação do rodízio municipal. Depois de aprovada a legislação, a prefeitura tem 30 dias para detalhar como ela será cumprida.

Veja Mais
Teste: L200 Triton Sport 2.4 Turbodiesel 2017
Telemetria – das pistas para o seu carro

O projeto é do vereador Donato (PT) e foi aprovado no início de maio. O parlamentar defendia a medida como ferramenta para diminuir a poluição e melhorar o meio ambiente. Um dos artigos previa bônus de R$ 10 mil para todo cidadão que trocasse um carro com motor a combustão por um elétrico ou híbrido. Este aspecto, no entanto, foi vetado pelo prefeito. Para Haddad, o benefício poderia comprometer a aplicação de recursos públicos em outras ações governamentais.

A legislação de São Paulo pode estimular a adoção de políticas semelhantes em outras cidades brasileiras. Há, no entanto, forte expectativa acerca da definição de uma política do governo federal que incentive carros elétricos e híbridos. Em julho de 2013 a Anfavea, associação dos fabricantes de veículos, entregou proposta para viabilizar a venda e o desenvolvimento destes modelos no Brasil ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

O documento apresentou seis tecnologias de propulsão alternativa e sugeriu prazos distintos para a viabilização de cada uma delas. Entre as opções, estão modelos híbridos com motores bicombustível álcool-gasolina e elétricos, além de elétricos com células de combustível alimentadas com hidrogênio extraído do etanol. Segundo a Anfavea, o assunto tem sido fortemente debatido no governo.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.