A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Sexta-feira, 09 de Dezembro de 2016

02/01/2014 18:10

Fiat agora passa a ser proprietária de 100% da Chrysler

O valor da transação é de US$ 3,65 bilhões

Márcio Martins
Reprodução/ChryslerReprodução/Chrysler

A Fiat anunciou hoje (01/) que acaba de fechar a compra de 100% da Chrysler, onde já era proprietária de 60%, o acordo foi fechado entre Fiat e VEBA Trust, Associação Beneficente Voluntária dos Empregados da Chrysler, ligado ao sindicato da categoria, onde adquiriu todos os interesses patrimoniais da sociedade que abrangem os 41,46% do capital restantes do Grupo Chrysler.

Veja Mais
Teste: L200 Triton Sport 2.4 Turbodiesel 2017
Telemetria – das pistas para o seu carro

O total da negociação foi de US$ 3,65 bilhões, além disso a empresa pagara um fundo no valor de US$ 700 milhões, pagos em quatro parcelas anuais. O pagamento inicial será feito no fechamento da transação com a Fiat e os demais pagos em cada um dos próximos três aniversários do pagamento inicial.

Em contrapartida, o sindicato se comprometerá a continuar apoiando as operações industriais no Grupo Chrysler e a implementação da aliança Fiat-Chrysler, incluindo esforços para cooperar na implantação continuada dos programas da empresa.

Sergio Marchionne, CEO da Fiat e presidente e CEO do Grupo Chrysler, disse: “Na vida de todas as organizações e de seus colaboradores existem momentos decisivos que passam à história. Para a Fiat e a Chrysler, o acordo alcançado com a VEBA é claramente um desses momentos".

 

A história da Chrysler

Chrysler Corporation é uma fabricante americana de automóveis independente de 1925 a 1998. O primeiro automóvel da marca norte-americana Chrysler, fundada por Walter Chrysler, foi apresentado a 5 de Janeiro de 1924, com a designação de Six. Tratava-se de um automóvel de gama média que apresentava uma série de novidades pouco comuns nesse tipo de viaturas, como um motor de alta-compressão com pistões de alumínio. Walter Chrysler tinha adquirido experiência no ramo automóvel ao trabalhar em cargos de chefia de empresas como a Buick ou a General Motors.

Dois anos depois, a Chrysler entrou no segmento dos carros de luxo com o modelo Imperial E-80, que na altura alcançava as 80 milhas por hora. Em 1928, a Chrysler, que tinha Walter Chrysler como presidente, comprou a Dodge, uma importante empresa de fabrico de motores. Nesse ano começou a produzir os modelos DeSoto e Plymouth.

Em 1935 Walter Chrysler demitiu-se da presidência da empresa, numa altura em que esta era já das principais marcas de automóveis norte-americanas.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a Chrysler forneceu às forças aliadas cerca de meio milhão de caminhões Dodge, assim como tanques M4 Sherman, os mais utilizados pelas tropas norte-americanas.

Em 1951 a marca apresentou o motor Hemi V-8, o mais potente destinado a carros de passageiros. Quatro anos mais tarde, o Chrysler 300, equipado com este motor, era o carro de passageiros mais potente do mundo.

A Chrysler e suas subsidiárias tornaram-se parte da alemã DaimlerChrysler depois de ser comprada em 1998 por Daimler Benz.

O nome Chrysler LLC foi adotado após a dissolução da DaimlerChrysler AG em 2007: Em 14 de maio de 2007 foi anunciada a venda da Chrysler para o Cerberus Capital Management, tendo em vista a não-realização das sinergias prevista na época da fusão. A Chrysler LLCcontinua existindo sendo proprietária das marcas Dodge, Chrysler e Jeep.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.