A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

03/03/2016 14:02

Ford Caminhões lança novos modelos e inédita transmissão automatizada

A marca aproveitou o evento para apresentar seis novos caminhões

Márcio Martins - De Farroupilha (RS)
Caminhões Ford utilizados para o teste da imprensa, todos com câmbio automatizado. (Foto Márcio Martins)Caminhões Ford utilizados para o teste da imprensa, todos com câmbio automatizado. (Foto Márcio Martins)

Nesta quarta-feira 02, a Ford Caminhões lançou a nova linha Cargo TorqShift, os modelos foram apresentados durante um evento em Caxias do Sul – RS, com direito a teste drive na pista de testes da Randon em Farroupilha no mesmo estado.

Veja Mais
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa
Volkswagen apresenta a picape Amarok 2017

Ao todo foram seis novos modelos, e a principal novidade ficou por conta da inédita transmissão automatizada de 10 e 16 marchas, incluindo a opção de trocas manuais e os modos Economia e Performance.

Com este lançamento, a Ford pretende avançar ainda mais no mercado brasileiro onde foi a marca de caminhões que mais cresceu no ano passado.

Foto divulgação Ford.Foto divulgação Ford.
Foto do interior, com bastante espaço e para o conforto tem suspensão a ar.Foto do interior, com bastante espaço e para o conforto tem suspensão a ar.
Ford Caminhões lança novos modelos e inédita transmissão automatizada
Ford Caminhões lança novos modelos e inédita transmissão automatizada

 

Outro trunfo da montadora é suspensão pneumática “full air”, essencial para o transporte de produtos frágeis, melhorando também o conforto para o motorista e a dirigibilidade, além disso foram apresentados a nova cabine leito com uma cama na parte traseira, segundo a Ford é uma das maiores camas do mercado.

No total a linha 2017 da Ford cresce de 26 para 34 modelos. Foram incluídos no portfólio o Cargo 1723 Torqshift, Cargo 1723 KolectorTorqshift, Cargo 1729R Torqshift, Cargo 2429 Torqshift, Cargo 1729T Torqshift e Cargo 1933T Torqshift.

O Cargo 1723 Torqshift é um modelo médio com peso bruto total de 16.000 kg e capacidade máxima de tração de 32.000 kg, com motor de 230 cv e transmissão de 10 marchas. Na versão Cargo 1723 Kolector Torqshift, chega praticamente pronto para implementação como coletor/compactador, com transmissão reforçada de 10 marchas e peso bruto total de 23.000 kg com terceiro eixo instalado.

O médio Cargo 1729R Torqshift, com peso bruto total de 16.000 kg, tem motor de 290 cv e transmissão de 10 marchas, com as opções de cabine simples e leito. O Cargo 2429 Torqshift, um dos destaques da linha, tem transmissão de 10 marchas, tração 6x2, peso bruto total de 23 toneladas e capacidade máxima de tração de 38.000 kg. Ele chega no mercado em março, com dois anos de garantia e o preço de referência mais competitivo da categoria, de R$220.000 na versão cabine simples e de R$228.000 na versão leito.

Foto Márcio MartinsFoto Márcio Martins
Novo Cambio TorqShift usado nos caminhões Ford, custo adicional de R$ 10 mil reais. (Foto Márcio Martins)Novo Cambio TorqShift usado nos caminhões Ford, custo adicional de R$ 10 mil reais. (Foto Márcio Martins)

O Cargo 1729T Torqshift é um cavalo-mecânico com cabine leito, transmissão de 10 velocidades e capacidade máxima de tração de 38.000 kg. O Cargo 1933T Torqshift com suspensão a ar é um cavalo-mecânico com transmissão de 16 marchas e capacidade máxima de tração de 45.150 kg.

“Os novos modelos Cargo 2017 representam uma grande inovação de engenharia com a transmissão automatizada mais avançada do segmento", afirma João Pimentel, diretor de Operações de Caminhões da Ford. “É um lançamento importante que virá acompanhado de outros modelos para a Ford continuar crescendo no mercado com soluções focadas na rentabilidade do frotista.”

Os caminhões Ford são produzidos em São Bernardo do Campo, SP, e hoje é a única marca no País a contar com um campo de provas para o desenvolvimento de caminhões, localizado em Tatuí, no interior paulista. Atualmente conta com uma rede de 120 concessionários e 60 anos fabricando no Brasil, com um total de 1 milhão de unidades vendidas.

Seis caminhões foram disponibilizados para testes aos jornalistas (Fotos Márcio Martins)Seis caminhões foram disponibilizados para testes aos jornalistas (Fotos Márcio Martins)
Nosso editor Márcio Martins ao volante do Cargo TorqShift, o teste foi feito em pista fechada na cidade de Farroupilha - RSNosso editor Márcio Martins ao volante do Cargo TorqShift, o teste foi feito em pista fechada na cidade de Farroupilha - RS
Interior cabine leitoInterior cabine leito

 

Ao Volante

Em uma área de 87 hectares, fomos até a campo de provas do grupo Randon que tem 15 km de extensão, com trechos de curvas, subidas e descidas, para testar todos os recursos que os novos modelos com a caixa automatizada proporcionam, além disso o assistente de partidas em rampas e de descidas, entre outros.

Desenvolvida pela Eaton em parceria com a Ford e a Cummins, a nova transmissão funcionamento contínuo e suave, sem solavancos. O piloto automático inteligente mantém a velocidade constante em subidas e descidas e a assistência de partida em rampa segura o caminhão por até 3 segundos em rampas com inclinação superior a 3%.

Outro recurso interessante é a função “Low” para descidas (que testamos no trajeto), indicador de marcha no painel e dois modos de direção: Performance e Economia. 

Para não superaquecer o sistema recebeu disco com revestimento sinterizado de cerâmica que aumenta em quatro vezes a vida útil da embreagem.

Ford Cargo 1933Ford Cargo 1933
Ford 1723 Kolector (indicado para coleta de lixo)Ford 1723 Kolector (indicado para coleta de lixo)

 

 

 

 

 

 

 

 

Os principais objetivos de engenharia no seu desenvolvimento foram oferecer o menor consumo de combustível, conforto e dirigibilidade para o motorista e manutenção econômica. “Como base para desenvolver a linha Cargo Torqshift usamos a transmissão manual da Eaton, que tem um desempenho comprovado e robusto, e adicionamos a ela a automatização. Por isso ambas têm custo de reparo similar, compartilhando o mesmo conjunto mecânico”, destaca João Filho, chefe de Engenharia da Ford Caminhões.

Recursos inteligentes

A transmissão automatizada do Ford Cargo Torqshift é equipada com um atuador elétrico que faz a função do pedal da embreagem, abrindo e fechando quando necessário, e dois motores de corrente contínua para o acionamento da alavanca de engate. Uma unidade de controle eletrônico faz a interface com o módulo do veículo.

Na função D (dirigir), ela seleciona a marcha de arranque adequada e faz uma troca otimizada. Na função M (manual), permite assumir o controle e selecionar as marchas pelo botão na manopla em situações como rodagem fora de estrada ou subidas íngremes.

Na função L (“Low”), exclusiva da Ford, as marchas são reduzidas gradativamente de acordo com a velocidade e rotação do veículo. Além de segurar o veículo em declives, também é útil em situações como o acoplamento de colheitadeira, em manobra de ré. Já na função Kickdown o motorista controla o regime de trocas pelo pedal do acelerador. Pisando a até 90% do curso ele funciona no Modo Economia, com trocas a 1.800 rpm. Com o pedal a 100%, as trocas ocorrem a 2.300 rpm, aumentando a aceleração.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.