A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Sábado, 03 de Dezembro de 2016

17/02/2014 22:27

Pneu descalibrado faz carro gastar até 25% mais

Márcio Martins
Pneu descalibrado faz carro gastar até 25% mais

Na maioria das vezes a atenção dos motoristas passa longe quando o assunto é calibragem dos pneus, isso quando a tarefa não é completamente esquecida. Você sabe qual é a pressão ideal dos pneus de seu veículo? Tem ideia se neste momento eles estão precisando ser calibrados?

Veja Mais
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa
Volkswagen apresenta a picape Amarok 2017

Muitos não sabem mas rodar com a calibragem errada do pneu influencia e muito no consumo de combustível do automóvel, com a calibragem baixa o pneu tem a sua resistência ao rolamento com o piso aumentada, o que exige mais esforço do motor elevando o consumo de combustível e a emissão de poluentes, além disso o desgaste prematuro do pneu devido ao superaquecimento da carcaça, desgaste irregular, além de deixá-los mais suscetíveis a avarias.

Dependendo do tipo de percurso, das condições do tráfego e da forma de dirigir, essa resistência ao rolamento extra pode representar de 15% a 25% do consumo de energia do carro.

A perda de pressão pode acontecer por diversos fatores como um pequeno furo, uma válvula defeituosa (ou sem a tampa), uma roda avariada e até mesmo através da porosidade da borracha - o que ocorre naturalmente, ainda que o pneu esteja em perfeitas condições, mas que se agrava com o passar do tempo e o ressecamento do composto.

Calibre corretamente
Para evitar esse ralo no orçamento doméstico e contribuir para um ar mais limpo e respirável, tenha como hábito conferir a calibragem semanalmente, o que pode ser feito, inclusive, enquanto se abastece o tanque. A verificação deve ser feita com os pneus frios, o que significa não rodar mais do que 1 km. Caso tiver de fazê-la com o pneu já aquecido – o que implica no aumento da pressão interna - adicione 4 libras (psi) à indicada pelo fabricante, verificando novamente a calibragem assim que possível, quando o pneu estiver frio.

Pressão errada é sinônimo de menor segurança
Além de doer no bolso, a pressão baixa nos pneus causa maior fadiga aos mesmos, o que gera uma falha prematura. No caso de uma pressão alta, a mesma pode ocasionar uma menor aderência. Em ambos os casos, a segurança dos bens e pessoas fica comprometida.

Pneu descalibrado faz carro gastar até 25% mais

Como saber qual é a pressão correta dos pneus do carro?

A pressão correta varia de acordo com o tipo de pneu e modelo do carro. Todo fabricante deve informar aos consumidores qual é a pressão ideal dos pneus do veículo.

Geralmente há um selo com esta informação no próprio veículo. Na maioria das vezes ela se encontra na parte interna da porta, próximo ao pilar de segurança, que fica visível apenas quando as portas do veículo estão abertas.
Muitos fabricantes também colocam esta informação no para-sol. Caso seu veículo não tenha o selo em nenhum destes locais, basta olhar a informação no manual do proprietário.

Quando é preciso conferir a pressão dos pneus?
No mínimo uma vez a cada 15 dias ou antes de pegar a estrada ou de longas viagens. Porém, o mais indicado é que o proprietário faça a calibragem dos pneus semanalmente.

Além disto, quando o carro está muito carregado – com sobrepeso de bagagens, por exemplo -, é possível que o fabricante determine o aumento da pressão dos pneus. Neste caso, verifique a informação correta no manual do veículo.

 




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.