A notícia da terra a um clique de você.
News Veículos
Campo Grande, Quarta-feira, 07 de Dezembro de 2016

06/01/2015 14:53

Reunião no Detran discute a utilização de extintores ABC

Márcio Martins

Na manhã desta terça-feira (06) o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MS) reuniu representantes da Agência Municipal de Trânsito (Agetran), Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Militar para discorrer sobre a regulamentação do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) em relação à mudança dos extintores veiculares.

Veja Mais
Telemetria – das pistas para o seu carro
Ford apresenta o Mustang Black Shadow E Blue Edition para A Europa

A resolução que estabelece a obrigatoriedade de extintores com carga ABC a partir de 1º de janeiro de 2015, foi publicada em novembro de 2009, ou seja, há cinco anos. Porém, nesta segunda-feira (05) a fiscalização foi adiada por 90 dias para que os proprietários possam se adequar à norma. O Diretor Presidente do Detran-MS, Gerson Claro Dino, ressaltou que “os veículos fabricados no Brasil a partir de 2005 já saem de fábrica equipados com extintores que atendem a legislação, portanto, antes de ir à procura do equipamento para realizar a troca, é necessário que o proprietário verifique se o tipo da carga já é ABC e se está dentro do prazo de validade, afim de evitar uma substituição desnecessária”.

O Major Espíndola, da Polícia Rodoviária Estadual, lembrou-se do caso que aconteceu recentemente em Campo Grande-MS com um veículo que foi incendiado em decorrência de uma pane elétrica no motor. “É importante deixar claro que a troca dos extintores é para a preservação da vida e do patrimônio, pois o inicio de um incêndio pode ser controlado apenas com o extintor do veículo”.

Ao decorrer da reunião ficou decidido que a utilização e divulgação da importância do extintor serão inclusos nas campanhas educativas do órgão para que as pessoas saibam a forma correta de utilização do extintor, que no caso da carga ABC combate incêndios de líquidos inflamáveis, equipamentos elétricos, madeira e tecidos.

O Detran-MS reforça que algumas informações que circulam nas mídias sociais sobre as novas regras são inverídicas, inclusive a que alega que o extintor envolvido por plástico resulta em multa ao condutor e que o mesmo perderia a validade.




imagem transparente

Compartilhe

Classificados


Copyright © 2016 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.