A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Junho de 2019

12/06/2019 10:30

Defesa diz que assassino de diarista não tinha intenção de matar namorada

O criminalista pretende apresentar seu cliente às autoridades nos próximos dias, mas não revelou a data

Viviane Oliveira
Fábio está foragido e polícia faz buscas para encontrá-lo (Foto: reprodução/Facebook) Fábio está foragido e polícia faz buscas para encontrá-lo (Foto: reprodução/Facebook)

O advogado Amilton Ferreira de Almeida, que faz a defesa do pintor Fábio Braga do Amaral, 38 anos, acusado de matar asfixiada a namorada, Érica Aguilar Pereira, 39 anos, disse que pretende apresentar seu cliente às autoridades nos próximos dias. Não revelou quando, apenas afirmou que não tem como fazer a defesa de uma pessoa sem apresentá-la à polícia.

Amilton conversou ontem com Fábio por telefone. “Ele afirmou que não tinha a intenção de matar a vítima. Contou que brigou com a namorada, a imobilizou durante uma discussão e não sabia que a mulher havia morrido”, disse Amilton afirmando que pretende conversar pessoalmente com o acusado ainda nesta quarta-feira (12). 

A Polícia Civil solicitou à Justiça a prisão preventiva de Fábio, que está foragido. Érica foi encontrada morta na cama, com os braços amarrados para trás e com parte da roupa abaixada. Após asfixiar a vítima provavelmente utilizando um lençol, o suspeito ainda tentou esganar a filha dela de 15 anos que dormia em outro quarto com o irmão.

O crime aconteceu na madrugada de ontem (11), no Residencial Reinaldo Busaneli, no Ramez Tebet, na região do Jardim Campo Nobre, em Campo Grande. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions