A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 15 de Outubro de 2019

17/07/2019 16:11

Polícia consegue recuperar cheques e celulares roubados de salão de beleza

Ladrão de empresa que fica no Jardim dos Estados foi preso

Geisy Garnes e Clayton Neves
Suspeito foi preso e R$ 10 mil recuperados pela polícia (Foto: Clayton Neves)Suspeito foi preso e R$ 10 mil recuperados pela polícia (Foto: Clayton Neves)

Preso por roubar R$ 12,4 mil da dona de um salão de beleza, no dia 21 de junho, afirmou a polícia ter gastado parte do dinheiro em drogas. Rafael dos Santos Mota, de 26 anos, foi encontrado por policiais da Derf (Delegacia Especializada de Roubos e Furtos) na Vila Belo Horizonte, em Campo Grande.

No dia do crime a proprietária, de 48 anos, deixava o salão com um funcionário de 33 anos e uma cliente de 41, quando foram abordadas pelo suspeito. Armado, ele rendeu a mulher no momento em que ela entrava no carro e a obrigou a entregar a bolsa. Ele ainda roubou os pertences das outras duas vítimas antes de fugir.

Toda a ação foi filmada por câmeras de segurança da região e entregue a polícia. A partir daí equipes da especializada conseguiram identificar Rafael como autor do crime. Segundo o delegado Matheus Zampieri, o suspeito possui uma longa ficha criminal e com as informações do novo crime a justiça decretou mandado de busca e apreensão e prisão temporária para ele.

Delegado Matheus Zampieri, responsável pelo caso (Foto: Clayton Neves)Delegado Matheus Zampieri, responsável pelo caso (Foto: Clayton Neves)

Na sexta-feira, dia 12 de julho, os policiais foram até a casa do suspeito, onde ele foi preso. No local foram encontrados ainda dois iPhone levados das vítimas no dia do roubo, nove cheques já assinados e dois talões em brancos, além de dois revólveres calibre 38. “Os cheques somavam aproximadamente R$ 10 mil. Descobrimos ainda que ele tentou depositar na própria conta dois cheques, mas não conseguiu receber o dinheiro”, explicou o delegado.

Ainda conforme o delegado, Rafael levou ainda R$ 2,5 mil em notas, que foram usados por ele para comprar de drogas. “Ele ainda usou um Gol branco na fuga, que realmente era dele. Depois do crime, vendeu o carro”, detalhou Zampieri.

Para a polícia, o rapaz estava monitorando o salão e escolheu uma sexta-feira para cometer o crime por ser um dia com bastante movimento. Rafael já teve a prisão preventiva decretada e agora responde a roubo majorado com emprego de arma. Ele já possuía passagens por roubo, tráfico de drogas, furto, lesão corporal e posse de arma de fogo.

Após lançar maconha na Máxima, dupla é perseguida e presa pela polícia
Dois homens, de 27 e 29 anos, foram presos nesta segunda-feira (14) após jogarem tabletes de maconha por cima do muro do presídio de segurança máxima...
Adolescente de 16 anos é apreendido com 95 papelotes de droga no Tiradentes
Um adolescente, de apenas 16 anos, foi preso ao ser flagrado com 95 papelotes de cocaína no Bairro Tiradentes, em Campo Grande. Os policiais civis d...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions