ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  05    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Na rede particular, ocupação em leitos de UTI já atinge 73%

Números mudam a todo momento, mas até agora, essa é a ocupação nos hospitais da Cassems e da Unimed

Por Izabela Sanchez | 09/07/2020 13:44
Hospital da Cassems, com estrutura desenvolvida para hospital de campanha (Foto: Divulgação)
Hospital da Cassems, com estrutura desenvolvida para hospital de campanha (Foto: Divulgação)

Até às 10h desta quinta-feira (9), os hospitais das duas maiores redes privadas de saúde de Campo Grande, a Unimed e a Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul) atingiram 73% de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) disponíveis.

Segundo informou a Cassems por meio da assessoria de imprensa, há 30 leitos de UTI e destes, 20 são voltados aos pacientes graves de covid-19. Entre os 20 leitos para covid, a ocupação já alcança 65%.

Os números são atualizados diariamente, mais de uma vez ao dia, pelo que a saúde chama de “giro”, ou seja, as entradas e saídas de pacientes. Ainda assim, a escalada da covid-19 em Mato Grosso do Sul, aliada à falta de quarentena, pressiona a saúde.

Em meio ao cenário, a Cassems comunicou que vai abrir mais sete leitos de UTI a partir desta quinta-feira (9), elevando o número disponível a 37. Até o momento 21 pessoas com quadros de covid estão internadas na Cassems, oito delas na UTI.

Os outros treze ocupam leitos clínicos. Há, ainda, sete pessoas internadas no hospital porque estão com quadro de saúde suspeito de ser covid-19: dois na UTI e cinco em leitos clínicos. Segundo o hospital, sete pacientes de covid ainda são mantidos nas instalações “por precaução”: um na enfermaria e quatro na UTI.

Já no hospital da Unimed, após inaugurar nova ala, há 20 leitos de UTI voltados à covid e no total, são 30 leitos de UTI no hospital. Desses 30 leitos disponíveis, 22 estão ocupados, ou seja, 73%. Há 14 pacientes de covid internados nas alas de UTI onde 20 leitos estão disponíveis.

Na ala geral de UTI com 10 leitos, onde ficam internadas pessoas com outras patologias, oito pessoas estão internadas. Os números referem-se ao último boletim atualizado no final da quarta-feira (8). Entre os leitos clínicos, há 19 pessoas ocupando setor com 28 leitos cirúrgicos.

De acordo com as informações da assessoria de imprensa, há 22 leitos clínicos gerais disponíveis, e desses, 19 estão ocupados. Dos 28 leitos clínicos para covid, 23 estão ocupados.

Avanço da doença – Mato Grosso do Sul tem 608 novos casos de covid-19 atualizados nesta quinta-feira (9), o que eleva o total da doença, desde o início da pandemia, a 11.671 contaminações. Para lutar contra a covid, 227 pessoas estão internadas.  Já há o registro de 136 óbitos, segundo dados da SES (Secretaria Estadual de Saúde).