A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 15 de Junho de 2019

12/06/2019 08:39

Pelo 2º dia, PF faz operação para prender contrabandistas de cigarro

Na 2ª fase da Operação Pepper, agentes da delegacia de Naviraí cumprem mandados em cidade do interior mineiro

Helio de Freitas, de Dourados
Agenda com nomes de marcas de cigarros paraguaios apreendida em cidade mineira (Foto: Divulgação)Agenda com nomes de marcas de cigarros paraguaios apreendida em cidade mineira (Foto: Divulgação)

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (12) a segunda fase da Operação Pepper para desarticular uma quadrilha de contrabando de cigarro paraguaio. O trabalho é coordenado por agentes da delegacia da PF em Naviraí, cidade a 366 km de Campo Grande.

É a segunda operação da PF contra os contrabandistas de cigarro que agem na fronteira nesta semana. Ontem (11), a Operação Contorno Norte, coordenada por agentes do Paraná, prendeu 16 pessoas, duas delas em Mundo Novo (MS).

Conforme a assessoria de comunicação da Superintendência da PF, nesta quarta, agentes de Naviraí, com apoio da Delegacia da Polícia Federal em Divinópolis (MG), cumprem mandados de prisão preventiva e busca e apreensão na cidade de Piumhí (MG).

A ação de hoje é decorrente de dados levantados na primeira fase da operação, deflagrada no dia 24 de abril deste ano. Segundo a PF, as novas provas ratificaram a existência da organização criminosa e permitiram a identificação de outros envolvidos no esquema.

Entre as provas encontradas na segunda fase da operação está uma agenda com nomes de marcas de cigarros paraguaios, apreendida em um dos endereços visitados pela PF no interior de Minas Gerais.

Estão sendo cumpridos três mandados de prisão preventiva e quatro de busca e apreensão em imóveis dos investigados em Piumhí, cidade de 35 mil habitantes a 300 km de Belo Horizonte .

Além das prisões e buscas, o juiz da 1ª Vara Federal em Naviraí determinou o sequestro de bens móveis e imóveis, bem como o bloqueio de contas bancárias dos investigados. As investigações mostram que os suspeitos ostentam patrimônio totalmente incompatível com a renda e atividades declaradas.

Utilitário de luxo apreendido em cidade mineira em operação coordenada pela PF em Naviraí (Foto: Divulgação)Utilitário de luxo apreendido em cidade mineira em operação coordenada pela PF em Naviraí (Foto: Divulgação)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions