A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

06/08/2010 16:12

Justiça manda reintegrar policias presos por extorsão

Redação

Em decisão publicada nesta sexta-feira, o Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul mandou o Estado reintegrar imediatamente cinco policiais civis afastados sob acusação de extorsão.

O papiloscopista Edson Lísio Lopes e os investigadores Amadeu José Celestino Júnior, Ricardo Alexandre Cotrin de Rezende, Henrique Thomé Baptista e Antonio Marcos Borges conseguiram liminar para a reintegração, sob pena de multa diária ao Estado, caso a ordem não seja cumprida em 48 horas.

Os policias foram exonerados no dia 11 de junho e respondem a processo por extorquir o dono de um chácara de Terenos no ano passado.

Na época, operação montada pela Corregedoria da Polícia Civil flagrou Edson e Júnior, com R$ 11 mil do chacareiro.

Segundo o produtor rural, os agentes exigiam dinheiro porque sabiam que na propriedade havia duas espingardas e um revólver, sem porte regularizado.

Ele conta que os policiais pediram inicialmente R$ 20 mil e baixaram para R$ 13 mil, que seriam pagos na segunda-feira, quando há expediente bancário. O chacareiro relata que pediu o prazo para ganhar tempo e acionar a Polícia, que prendeu os dois agentes já com a maior parte do dinheiro em mãos.

Segundo a assessoria de imprensa da Polícia Civil, os policiais negam a prática do crime O caso foi tipificado como concussão, por ser praticada por agente públicos, cuja pena prevista varia de dois a oito anos de reclusão.

O Estado já recorreu da decisão da Justiça.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions